Na Casa Fernando Pessoa

Sábado, dia 6 de Fevereiro, às 19h00 (atenção ao horário corrigido), é dia de Sem casas não haveria ruas , o programa que a cada mês nos une à BOCA e à Fundação José Saramago. Desta feita, celebramos a poesia de Nuno Moura. Depois, quinta, dia 11 de Fevereiro, às 18h00, e a propósito do mais recente livro de Mariana Gray de Castro, conversamos sobre Pessoa e Shakespeare. Sábado, dia 13 de Fevereiro, às 15h00, regressa a visita temática Amor+Pessoa .

O ciclo Sem casas não haveria ruas une-nos, a cada mês, à Fundação José Saramago e à editora BOCA. Em Fevereiro, dia 6, sábado, às 19h00 ( atenção ao horário corrigido ), o Sem casas não haveria ruas celebra a poesia de Nuno Moura com Marta Bernardes , Maria do Mar e João Paulo Esteves da Silva .
 
No dia 11 de Fevereiro, quinta às 18h00, um debate alargado: Mariana Gray de Castro apresenta Fernando Pessoa’s Shakespeare: The invention of the Heteronyms e conversa com Richard Zenith, Miguel Tamen e António Feijó sobre a grande paixão literária de Pessoa, William Shakespeare.
 
As visitas temáticas preparadas pela Casa Fernando Pessoa são a oportunidade para, a partir de uma perspectiva escolhida, conhecer facetas mais específicas da vida e obra de Pessoa. A visita temática Amor+ Pessoa , dia 13 de Janeiro, sábado às 15h00, encoraja os visitantes a conhecer Fernando Pessoa e o espaço, lugar e importância do Amor nas suas múltiplas dimensões e vidas.
 
A Casa Fernando Pessoa é a casa habitada pelo autor nos últimos 15 anos de vida e onde é possível visitar o seu quarto, a sala multimédia e consultar a biblioteca temática, especializada em Fernando Pessoa e poesia.

Em documento anexo, enviamos todos os detalhes de programação.

Tags:

Sobre nós

Empresa de gestão de equipamentos e animação cultural.

Subscrever

Media

Media