Enfermeiros de cuidados geriátricos, enfermeiros, obstetras: A Alemanha está à procura de profissionais qualificados em todo o mundo

Hamburgo – A procura por pessoal de enfermagem aumentou quase 50% desde 2015 na Alemanha([i]). Atualmente faltam 35 000 profissionais no setor da enfermagem e dos cuidados geriátricos. Em relação aos obstetras, o cenário é semelhante: o número de anúncios de emprego duplicou desde 2017([ii]). Até 2030 a falta de pessoal no setor da saúde irá aumentar para um milhão – para além de 165 000 médicos, faltam 800 000 profissionais não médicos([iii]). Sem a imigração nestas profissões os setores da saúde e da enfermagem estão num problema sem solução.  

A Alemanha tem falta de pessoal de cuidados geriátricos. Atualmente demora cerca de meio ano para conseguir uma vaga nos cuidados geriátricos. E não há melhorias à vista – graças ao desenvolvimento demográfico, cada vez mais pessoas precisarão de cuidados na Alemanha, que cada vez mais tem falta de profissionais da área. Esta tendência não afeta apenas os enfermeiros e os enfermeiros de cuidados geriátricos, mas obstetras e parteiros também são um recurso escasso. A iniciativa «Mother Hood», dirigida aos pais, em 2017 emitiu um aviso às grávidas: em diversas partes da Alemanha não podia ser garantido um parto seguro devido ao fecho de maternidades e à falta de médicos obstetras([iv]). 

Apenas uma forte imigração nestas áreas pode resolver o problema. Mas como é que as pessoas interessadas provenientes de outros países podem encontrar o trabalho ideal na Alemanha? Como unir o que deve estar junto: profissionais qualificados e empregadores atrativos? Como proceder em relação aos regulamentos de reconhecimento de qualificações e vistos de residência? Que condições devem ser cumpridas para trabalhar na Alemanha?  

Conhecimentos de alemão do nível B 

Conhecimentos de alemão do nível B2 são um requisito para trabalhar na área da saúde e da enfermagem. Também se pode candidatar com conhecimentos de nível A2. Com cursos de línguas adequados e o apoio da futura entidade patronal, estes conhecimentos podem ser aprofundados na Alemanha e melhorados para o nível B2 necessário. 

Os empregadores alemães contactam os profissionais qualificados 

Se for de outro país, procurar um trabalho na Alemanha pode ser dispendioso. Como alternativa, os profissionais qualificados de todo o mundo podem registar-se na nossa plataforma de mediação www.employland.de e criar um perfil pessoal. Os empregadores alemães procuram na plataforma novos colaboradores e, contactam-nos. O candidato não tem quaisquer encargos com a mediação. Além da mediação, a Employland trata dos pedidos e das formalidades legais como, por exemplo, o visto de residência ou a obtenção do reconhecimento da qualificação, que são requisitos para o exercício de profissões do setor médico. Os custos dos serviços legais são geralmente suportados pela empresa que recrutou um novo colaborador com sucesso. 

Governo federal planeia um acesso mais fácil ao mercado de trabalho alemão 

A crise dos profissionais qualificados não afeta só os setores da saúde e enfermagem, mas é também bastante evidente em muitas outras áreas. Para contrariar esta tendência, o governo federal planeia facilitar o acesso ao mercado de trabalho alemão com uma lei de imigração para profissionais qualificados. 

Sem uma taxa de imigração correspondente, até 2030 faltarão cinco milhões de trabalhadores na Alemanha, com uma perda de lucros superior a 500 mil milhões de euros, de acordo com o prognóstico da empresa de consultoria Korn Ferry([v]). Neste contexto, uma lei de imigração para profissionais qualificados está mais do que atrasada. Nos setores da saúde e enfermagem já existem boas condições de acesso, mas sem qualquer tipo de apoio ainda é difícil encontrar o caminho no mercado de trabalho alemão.  


[i] https://www.hiringlab.org/de/blog/2018/04/10/der-arbeitsmarkt-fuer-auslaendische-pflegekraefte-in-deutschland/ 

[ii] https://www.hiringlab.org/de/blog/2018/05/07/hebammenmangel-arbeitsmarkt-kommt-in-bewegung/ 

[iii] http://www.pwc.de/de/gesundheitswesen-und-pharma/assets/fachkraeftemangel.pdf 

[iv] http://www.spiegel.de/karriere/geburtshilfe-warum-es-in-deutschland-nicht-genug-hebammen-gibt-a-1194402-druck.html 

[v] https://www.welt.de/wirtschaft/article176120863/Korn-Ferry-Fachkraeftemangel-kostet-Deutschland-mehr-als-eine-halbe-Billion.html 

_________________________________________

CONTACT:

Sabine Drechsel

Presse & PR

Employland GmbH

Saseler Chaussee 109

22393 Hamburg

Germany

https://www.employland.de

Tel.: +49 (0)40 632 99 550

Fax: +49 (0)40 632 99 559

Geschäftsführer: Hans-Christian Bartholatus

Amtsgericht Hamburg, HRB 132545

Employland - Professionals and skilled workers for Germany

Tags:

Sobre nós

Employland provides companies in Germany and professionals from around the world with a platform to initiate contact. We accompany you throughout the entire process, right up until receipt of the residence and employment permit. Participants can use our website to run through the entire application process, right up until the conclusion of an employment contract. Employland GmbH was founded in Hamburg in 2014. “The demographic change in Germany has an impact on the labor market; this affects all of us. Founding Employland was the logical response to this development: There is a lack of qualified professionals domestically, which means that we have to look abroad. And: If companies shudder at the thought of the bureaucratic effort that accompanies legislation on immigration and residence, then we must provide assistance here,” explains Hans-Christian Bartholatus, main shareholder and managing director. Bartholatus is no stranger to the start-up scene in Hamburg. His greatest coup occurred in 2004 when, as a partner in mobile.de GmbH, the company was sold to eBay. mobile.de continues to be one of (if not the) leading online automobile markets. Trust is the basis of our work. The Employland team thus comprises long-standing employees and consultants of the experienced entrepreneur, bringing expertise to the table from various sectors. In order to provide the extensive range of Employland services professionally, we work closely with a law firm that specializes in migration law.