Exploratório promove debate sobre a Neuroquímica da Felicidade

A sessão que abre a edição 2019 do Pontos nos iii - Science Beer Talks – depois do lançamento, em janeiro, do livro a reunir as contribuições dos primeiros três anos do ciclo – realiza-se esta quarta-feira, 6 de fevereiro, às 18h30, no Exploratório. Manuela Grazina, investigadora do Centro de Neurociências e Biologia Celular (CNC) da Universidade de Coimbra, estará a conversar sobre o tema “Happyneurochemistry, Genetics and Energy/Neuroquímica da Felicidade, Genética e Energia”.

Esta quarta-feira, 6 de fevereiro, entre as 18h30 e as 19h30 é dia de pôr os Pontos nos iii – Science Beer Talks. Esta primeira sessão de 2019 de conversas com cientistas dos diversos centros associados ao Instituto de Investigação Interdisciplinar (III) da Universidade de Coimbra (UC), acompanhadas por cerveja artesanal Praxis, decorre no Exploratório - Centro Ciência Viva de Coimbra, com a presença da investigadora Manuela Grazina.

Numa altura em que o funcionamento bioquímico do corpo humano revelado pela ciência nos faz reconhecer a sua complexidade, vamos pôr os pontos nos iii sobre o que está ao nosso alcance fazer no sentido de melhorar a qualidade de vida e a saúde. Manuela Grazina vai esclarecer todos os que quiserem estar à conversa connosco que a felicidade pode explicar-se por fatores biológicos, nomeadamente ligados à Genética e à Neuroquímica cerebral.

A especialista em Genética Bioquímica, Genética Humana, Neurociências, Farmacogenómica e Bigenómica vai explicar que neurotransmissores como a dopamina, a serotonina e endorfinas endógenas, entre outros, são grandes protagonistas neste processo complexo, para o controlo de sensações como o bem-estar, o prazer, a motivação e a recompensa.

Neste sentido, adianta a investigadora, “está ao nosso alcance estimular as vias cerebrais da recompensa, no sentido da melhor qualidade de vida, gestão do stresse e saúde, bem como otimizar a produtividade no contexto de ambiente de trabalho, sempre com motivação acrescida e valorizando as nossas melhores capacidades físicas e cerebrais”.

Com este conhecimento, reforça Manuela Grazina, “podemos ajustar as expectativas e as nossas práticas diárias, no sentido de alcançar a tão almejada felicidade, individual e comum”. Porque, acrescenta a especialista, “a felicidade é um caminho de recompensa. Esse caminho é um conjunto de eventos que se dão no cérebro e que ficam nas memórias”.

Professora na Faculdade de Medicina da UC e investigadora do Centro de Neurociências e Biologia Celular (CNC UC), Manuela Grazina lidera o Grupo de Investigação Translacional Reversa em Doenças Bigenómicas e Medicina Personalizada, com foco no estudo de doenças raras, as citopatias mitocondriais (“avarias da fábrica da energia celular”) e em doenças neuropsiquiátricas, particularmente dor e toxicodependências.

Pontos nos iii - Science Beer Talks é um programa anual de conversas com cientistas dos vários centros de investigação associados ao Instituto de Investigação Interdisciplinar da Universidade de Coimbra, que durante uma hora conversam sobre diversas temáticas científicas com o público. Com entrada gratuita e sem reserva obrigatória, as sessões decorrem sempre na primeira quarta-feira de cada mês, entre as 18h30 e as 19h30.

Ao longo de 2019, o ciclo Pontos nos iii vai ainda contar com a participação dos investigadores Rui Lobo, Helena Freitas, Hermes Costa, Cristina Robalo Cordeiro, Jaime Silva, Paulo Trincão, Carlos Fiolhais, Jorge Paiva, António Pedro Pita e Pedro Proença e Cunha.

Tags:

Sobre nós

Primeiro centro interativo de Ciência em Portugal, constituído em 1995 como associação sem fins lucrativos, tendo a Universidade de Coimbra e a sua Faculdade de Ciências e Tecnologia como principais associados fundadores e a Casa Municipal da Cultura de Coimbra como anfitriã.

Subscrever

Media

Media