20.º Portugal de Lés-a-Lés

Festa em grande no maior Portugal de Lés-a-Lés de sempre

Grande aventura já tem mapa definido

Evento único a nível mundial, a travessia de Portugal de Lés-a-Lés cumpre duas décadas de existência com promessas de festa grandiosa, confirmando sucesso crescente do passeio mototurístico organizado pela Federação de Motociclismo de Portugal. Depois da recordista aventura entre Vila Pouca de Aguiar e Faro, a Comissão de Mototurismo da FMP revelou traços gerais da edição de 2018, agendada para 30 de maio a 2 de junho, dando a conhecer as cidades-etapa. Assim, a ligação entre Faro e Felgueiras terá paragens em Portalegre e Lamego, ao longo de quatro dias para cumprir figurino estreado, com enorme sucesso!, em 2017. E que, como no ano passado, terá o primeiro dia destinado às Verificações Técnicas e Documentais, no Largo de S. Francisco, e ao Passeio de Abertura, pelo concelho farense, com partida do Jardim Manuel Bívar, junto à Marina, local onde será também servido o Jantar de Boas-Vindas. Dia que é de preparação para as 3 etapas que ligarão a capital algarvia a Felgueiras, através de paisagens marcantes, visitando importantes monumentos, com recurso exclusivo a estradas nacionais, municipais e regionais, revivendo a forma de viajar dos nossos antepassados. Trajeto que levará a grande caravana de Faro a Portalegre no último dia de maio para, no arranque de junho, rumar a Lamego antes da 3.ª e última etapa, no dia 2, até à localidade do distrito do Porto, elevada a cidade em 13 de julho de 1990.

Calendário que, como tradicionalmente, aproveitará o feriado móvel do Corpo de Deus (em 2018 acontece a 31 de maio) para inédita maratona com final na estreante Felgueiras, recebendo pela primeira vez a enorme e heterogénea caravana que, pela 2.ª vez, arranca de Faro. Palco da chegada em quatro ocasiões, a cidade algarvia foi ponto de arranque para a edição de 2010 do ‘Lés-a-Lés’, na ligação ao Porto com passagem por Sintra, que marcou o 20.º aniversário da Federação de Motociclismo de Portugal. Data histórica em bom prenúncio para edição que se antevê recordista, depois da maior caravana de sempre em 2017, com 1800 participantes em 1650 motos, que cumpriu a mais longa maratona de sempre, com total de 1164 quilómetros na travessia à moda antiga (sem autoestradas, IP’s ou IC’s) entre os dois extremos do mapa nacional.

Aventura que se quer entusiasmante mas também prática e confortável para máximo usufruto das belezas paisagísticas e que levou a organização a retomar colaboração com a Agência Abreu, no sentido de garantir a qualidade e proximidade das dormidas com os locais de partida e chegada do evento. Assim, os participantes do ‘Lés-a-Lés’ podem contar com a maior agência de viagens de Portugal que, com os seus 177 anos de experiência, criou já uma linha exclusiva de reservas para os mototuristas do ‘Lés-a-Lés’ através do e-mail: turismoativo@abreu.pt ou do telemóvel 967235933 (Salvador Dagnino).

Tags:

Sobre nós

Portal da Federação de Motociclismo de Portugal.

Subscrever

Media

Media