Balanço do IV Congresso Nacional do Judo

28 e 29 de outubro de 2017

Universidade de Coimbra

O IV Congresso Nacional do Judo, após dois dias de trabalhos sobre a modalidade, contou com várias Palestras e Debates sobre diversas temáticas que visam o desenvolvimento do Judo Nacional. Um evento que decorreu no Auditório da Reitoria da Universidade de Coimbra.

O último dia arrancou com uma vertente cultural, uma comunicação sobre “Coimbra e Conímbriga” do Dr. Vitor Silva. Seguiu-se a intervenção do Dr. Fausto Martins de Carvalho (Agraciado na noite anterior, na Gala de Aniversário da FPJ, com a graduação de 8º Dan) sobre “A Ética do Judo e a simbologia que lhe está associada: As Graduações”. De seguida, foi abordada a temática do “Judo is More Than Sport” (slogan utilizado pela União Europeia de Judo) por parte do Eng.º Pedro Gonçalves, discutindo os valores do Judo para além da componente desportiva.

Após uma breve pausa, o Dr. Nuno Martins de Carvalho (membro da Comissão de Arbitragem da UEJ) discutiu “O Processo Evolutivo da Arbitragem”. A última comunicação deste Congresso ficou a cargo do Prof. Dr. Rui Veloso, que falou “Acerca do processo de formação do Judoca…”.

Recordamos que no 1º dia, o IV Congresso Nacional do Judo começou com as intervenções do Prof. Dr. Luís Monteiro, que perspetivou “O Judo nas Olimpíadas de Tóquio 2020” e do Jornalista Miguel Candeias com o tema: “Papel dos Media e do Marketing no crescimento do Judo”, na primeira parte da manhã. Após um pequeno intervalo o Prof. Dr. Michel Brousse falou sobre “Os valores do Judo no Século XXI” e o Prof. Hugo Filipe Ângelo abordou a “Formação do Judoca para o Futuro – Introdução e Aperfeiçoamento Técnico/Tático do Judo”.

Ao inicio da tarde, a Câmara Municipal de Coimbra recebeu as Instituições presentes no Congresso, numa pequena Cerimónia Protocolar, assinalando a escolha da cidade para receber este evento.

As intervenções foram retomadas, com as palestras do Dr. Fernando Seabra sobre o “Judo Adaptado”, do Dr. Vitor Pataco, que abordou o “Financiamento e Afirmação Internacional do Desporto” e do Dr. Marcos Carvalho, que fechou a sessão com o tema “Lesões Desportivas em jovens atletas de Judo de alto nível competitivo”.

Esta “ Festa do Judo ” contou com a presença de algumas das maiores entidades do Judo Internacional, como o Presidente do Kodokan Judo Institute - Haruki Uemura (em representação do Presidente da Federação Internacional de Judo – Marius Vizer ) e o Presidente da Associação Britânica de Judo – George Kerr , que conta com a maior graduação do judo – 10º Dan.

Todas as comunicações do Congresso podem ser ouvidas na sua totalidade:

Dia 28 (sessão da manhã) - https://youtu.be/eoCkm2-T8Ew

Dia 28 (sessão da tarde) - https://youtu.be/hBMfrSvGEJ4

Dia 29 - https://youtu.be/VO8E0nt7zc0
 

Discurso de Encerramento do IV Congresso Nacional do Judo - Presidente da Federação Portuguesa de Judo – Dr. Jorge Fernandes:

“Chegámos ao final dos trabalhos deste 4º Congresso Nacional do Judo que, estou certo, constitui pela positiva mais um marco na história dos congressos da nossa federação.

Nada disto, é óbvio, teria sido possível sem a preciosa colaboração, disponibilidade e profissionalismo dos elementos da comissão organizadora, cujo rigor e disciplina são, sem dúvida, bons exemplos a reter desta experiência de organização.

Reitero, por isso, em meu nome pessoal e da direção a que tenho a honra de presidir, os nossos mais sinceros agradecimentos.

Uma palavra de especial apreço às muitas entidades e empresas que, através do seu patrocínio e apoios, nos permitiram oferecer este nível de organização e logística a todos os congressistas.

A todos, organização e congressistas, o meu muito obrigado.

As comunicações lidas, confiadas a especialistas de renome, tanto estrangeiros, como nacionais, tiveram todas elevado nível e incontestável interesse e deram lugar a profícuas discussões.

Os contributos e a abrangência dos temas abordados neste congresso servirão de referência ao trabalho a desenvolver a longo deste ciclo:

- desde a ética e os valores que norteiam a nossa modalidade e que lhe atribuem um carisma de elevador valor educativo aos aspectos do judo nas diversas vertentes;

- à importância das nossas seleções e dos resultados desportivos, à excelência de alguns atletas servindo modelo de referência para as gerações mais jovens, à qualidade do trabalho desenvolvido passando pela prevenção de lesões e pelo controlo e avaliação do treino;

- ao acompanhamento das tendências internacionais ao nível da equidade e igualdade dos géneros e da inclusão, fomentando o número de atletas federados femininos, veteranos, katas e judo adaptado;

- ao financiamento do desporto e, em particular, do judo em Portugal;

- ao esforço que a federação terá que desenvolver para melhorar, nas várias vertentes, a relação com os media e promover o potencial da modalidade em pleno;

- ao empenho da federação na melhoria do processo evolutivo da arbitragem nacional e à base do judo em Portugal, referindo-me em particular à camadas jovens, melhorando os aspectos da formação, num trabalho sustentado, promovendo a deteção de talentos, como garante de judocas de sucesso e do futuro do judo português.  

Neste contexto, reservo as minhas últimas palavras para transmitir uma palavra de grande confiança no futuro do judo português.

Despeço-me com um sentimento de enorme satisfação, compensador de todo o esforço despendido, por os senhores congressistas e os convidados portugueses e personalidades estrangeiras terem aceite o desafio para discutir, mais do que isso, para ajudar a construir o futuro do judo nacional. A todos, muito obrigado!”

Tags:

Sobre nós

Pessoa colectiva de direito privado sem fins lucrativos dotada de Utilidade Pública Desportiva que visa dirigir, promover e regulamentar a prática do Judo Kodokan em Portugal.

Subscrever

Media

Media