IBSA European Judo Championship 2015

Campeonato Europeu de Judo para Cegos e Baixa Visão 2015

27 a 29 de novembro

Pavilhão Multiusos de Odivelas

Os Atletas do Azerbaijão, Rússia e Ucrânia
são os Vencedores do último dia do Campeonato Europeu de Judo para Cegos e Baixa Visão, que decorreu no Pavilhão Multiusos de Odivelas, de 27 a 29 de novembro.
O Azerbaijão foi o grande vencedor da prova masculina por equipas, derrotando, numa final bastante discutida, a equipa russa.
Na categoria B1 masculino, foi a Rússia que se sagrou campeã, ao derrotar a França no único combate do quadro.
No feminino, a Ucrânia derrotou a Rússia e a Turquia e conquistou o ouro.
O prémio Fair Play oferecido pelo IPDJ foi ganho pela Atleta Victoria Potapova da Rússia.
A Federação Portuguesa de Judo e a Federação Portuguesa de Desporto para pessoas com Deficiência, receberam os maiores  elogios por parte das Instituições Internacionais  e das várias  Delegações  presentes na competição.
Miguel Vieira e Henrique Sousa foram os dois atletas portugueses que conquistaram dois sétimos lugares :
Miguel Vieira (-66kg/B1)  venceu o seu primeiro combate, mas não se conseguiu superiorizar ao atual campeão do Mundo e Olímpico na ronda seguinte. Nas repescagens Miguel lesionou-se terminando em 7º lugar.
Henrique Sousa (-66kg/B2)  começou por derrotar o croata Mirsad Becirovic. Nos quartos-de-final cedeu perante Viktor Rudenko. Nas repescagens, o atleta luso não conseguiu vencer o espanhol Luis Lorenzo, alcançando a 7ª posição.
Djibrilo Iafa (-73kg/B1)  teve pela frente o italiano Simone Cannizzaro (B3). Apesar do esforço, o judoca do Clube Judo Total não conseguiu superar o seu adversário (um experimentado judoca com muitos desafios internacionais no seu currículo), terminando assim a sua prestação.
 
Declarações:
Mestre Fernando Seabra – Diretor do  IBSA European Judo Championship 2015
“ Foi um longo trabalho de parceria entre a FPJ e a FPDD além das instâncias internacionais, penso que correu tudo muito bem. Os responsáveis europeus têm feito os maiores elogios à organização e à forma como tudo foi preparado. Temos neste europeu os atletas de topo que vão marcar presença nos Jogos Paralímpicos do Rio o que deu grande qualidade à competição. Não posso deixar de dar uma palavra a todos quantos trabalharam connosco neste projeto que envolveu muitas horas e desafios que nem tínhamos a noção que iríamos conseguir ultrapassar. Deixo aqui o meu muito obrigado a todos”
 
IBSA Judo Sports Director - János Tardos
“Estou na IBSA desde 2002 e considero que esta foi a melhor organização em que estive presente. Trabalhámos em conjunto com a FPJ e com a FPDD e fizemos todos uma boa aprendizagem. Portugal está de parabéns pela sua capacidade de organizar este tipo de eventos e pela boa resposta que deu a todos os desafios. Também em termos de atletas estiveram em Odivelas os melhores europeus o que permitiu assistir a judo de alta qualidade. Após os Jogos Paralímpicos começa um novo ciclo, a IBSA e eu próprio vamos, com certeza, fazer um novo desafio a Portugal, assim a FPJ esteja disponível para o aceitar.”
 
Hugo Silva – Diretor Técnico da FPDD
“O balanço é muito positivo, temos uma organização profissional que demonstrou estar ao nível das competições regulares de judo. Acredito que este será um fator motivador para a prática da modalidade, além de mostrar aos nossos parceiros internacionais, a competência de Portugal a organizar este tipo de eventos internacionais.
Espero que este campeonato abra portas para novos participantes, sendo esse o principal objetivo da Federação Portuguesa de Judo e da FPDD”. 

Esta foi a primeira competição internacional da modalidade paralímpica a ser realizada em Portugal e a última oportunidade para os atletas ganharem pontos para o ranking antes dos Jogos Paralímpicos no Rio de Janeiro em 2016.
Em Odivelas estiveram 99 atletas em representação de 20 países.
Neste último dia de competição, a Federação Portuguesa de Judo homenageou a judoca surda Joana Santos, que recentemente conquistou duas medalhas de bronze no 1º Campeonato da Europa de Surdos. O Presidente da FPJ – José Manuel A. Costa e Oliveira entregou presencialmente à atleta uma distinção pelos seus desempenhos no desporto. “Sonho, um dia, vencer uma competição internacional de surdos aqui em Portugal” , revelou a atleta do Judo Clube do Algarve.

JUDO TRAINING CAMP
A Federação Portuguesa de Judo e a Associação Distrital de Setúbal organizam durante três dias, a partir desta segunda-feira, um Judo Training Camp no Hotel Melia – Aldeia dos Capuchos, com o objetivo de melhorar as suas prestações para próximas competições internacionais.  Esta ação é um Estágio de Judo com características diferentes uma vez que é dedicado a atletas cegos ou de baixa visão. Presentes estão 80 atletas acompanhados dos respetivos treinadores que irão melhorar os seus conhecimentos desta prática desportiva. Nuno Delgado, Chefe da Equipa Técnica e medalhado olímpico é o responsável por esta ação em que participam atletas de muitos países europeus bem como do Japão, China, Coreia, Canadá, Marrocos e Brasil. Das 10h00 às 12h00 e das 15h00 às 17h00 os atletas irão fazer a sua aprendizagem   
 
Mais informação:
Site Oficial da Competição: www.ibsajudo2015.com
Resultados Completos: www.randori.pt/Live
Link do Vídeo de Apresentação da Competição: youtu.be/KyiTO88VhL0

Tags:

Sobre nós

Pessoa colectiva de direito privado sem fins lucrativos dotada de Utilidade Pública Desportiva que visa dirigir, promover e regulamentar a prática do Judo Kodokan em Portugal.

Subscrever

Media

Media