Patrícia Sampaio conquista Ouro

Felipe Cruz e João Fernando de Bronze

Taça da Europa de Juniores - Gdynia 2017

8 e 9 de Julho de 2017 – Gdynia, Polónia

Portugal fechou a participação na Taça da Europa de Juniores – Gdynia 2017 no 6º lugar (entre 18 países) ao conquistar uma Medalha de Ouro ( Patrícia Sampaio ) e duas de Bronze ( Felipe Cruz e João Fernando ). A prova decorreu este fim-de-semana (8 e 9 de julho) no Gdynia Arena , fazendo parte da “ IJF World Junior Tour ” e contando para o Ranking Mundial de Juniores, da Federação Internacional de Judo.

Nos tapetes estiveram 335 Atletas (206 masculinos e 129 femininos), em representação de 18 Países .

A Seleção Portuguesa esteve presente com 12 atletas : Patrícia Matias (-48 kg), Wilsa Gomes (-57 kg) e Patrícia Sampaio (-78 kg) no feminino e Lucas Catarino (-55 kg), Felipe Cruz (-55 kg), Francisco Mendes (-60 kg), Miguel Pisco (-60 kg), Henrique Lopes (-73 kg), João Almeida (-73 kg), João Fernando (-73 kg), Miguel Alves (-81 kg) e Jaime Santos (-90 kg) no masculino, que foram acompanhados pelo Treinador – Marco Morais.

No primeiro dia de competição entraram 9 judocas lusos nos tatamis polacos. Na categoria masculina mais leve (-55 kg), Felipe Cruz alcançou a Medalha de Bronze depois de 3 vitórias. Nos -73 kg, João Fernando repetiu o feito do seu compatriota e subiu ao Pódio após 5 triunfos. Francisco Mendes , Patrícia Matias e Wilsa Gomes também se destacaram ao chegar à 5ª posição.

O segundo dia de prova contou apenas com 3 portugueses , mas todos atingiram posições de relevo. Miguel Alves (-81 kg) não começou da melhor forma, mas somou 2 vitórias nas repescagens que lhe valeram o 7º lugar . Jaime Santos (-90 kg) começou a vencer, mas foi afastado na ronda seguinte. Nas repescagens somou mais duas vitórias, acabando por ceder no combate pelo Bronze, terminando numa honrosa 5ª posição .

O maior destaque luso na prova foi Patricia Sampaio . A judoca portuguesa da categoria -78 kg teve um primeiro combate bastante equilibrado, apenas decidido em ‘ponto de ouro’ com um ‘shido’ (penalização) para a sua adversária. Na semifinal venceu a atleta da casa, Paulina Dziopa por ippon, o mesmo resultado que viria a obter na final contra a canadiana Allayah Copeland em apenas 1 minuto e 12 segundos. Patricia Sampaio subiu assim ao lugar mais alto do pódio , fazendo soar o hino nacional e terminando a participação portuguesa com ‘chave de ouro’.

Tags:

Sobre nós

Pessoa colectiva de direito privado sem fins lucrativos dotada de Utilidade Pública Desportiva que visa dirigir, promover e regulamentar a prática do Judo Kodokan em Portugal.

Subscrever

Media

Media