Engenheiros da Ford Obtêm Imagens Nunca Vistas dos Componentes dos Veículos

• Utilizando microscópios electrónicos de ‘scanning’ (SEM – Scanning Electron Microscopes), os engenheiros da Ford investigam defeitos nas superficies dos componentes que não podem ser detectados pelo olho humano ou através dos microscópios tradicionais


• O SEM pode revelar detalhes de menos de 1 nanómetro (mil milionésima parte de um metro)


• Um fio de cabelo humano mede entre 0,05 e 0,1 milímetros. Um microscópio electrónico de ‘scanning’ pode olhar para objectos de tamanho inferior a 0.000001 milímetros


• Apenas um olhar tão próximo como este para o desenvolvimento das peças pode proporcionar aos engenheiros o passo extra para garantirem a alta qualidade dos produtos Ford


A superfície de um planeta desconhecido ou uma gota de óleo? Uma peça de arte abstracta ou um olhar mais próximo ao ínfimo detalhe de uma superfície de metal? As imagens extremamente ampliadas produzidas pelo Microscópio Electrónico de Scanning da Ford, no decurso do desenvolvimento de novas peças, podem muitas vezes fazer com que objectos do quotidiano pareçam provenientes de um mundo muito diferente daquele que a olho nú podemos ver.


"Precisamos investigar as possíveis razões pelas quais determinados componentes podem não satisfazer as nossas rigorosas exigências de qualidade", afirmou Roger Davis, Engenharia de Materiais e Testes, Ford Europa. "Em alguns casos, a razão pode ser uma pequena anomalia, algo que apenas pode ser detectado utilizando o SEM. Este aparelho pode ampliar uma parte do componente até 200.000 vezes e fazê-lo parecer bastante surreal, mas para um olhar treinado qualquer defeito torna-se rapidamente visível a este nível de ampliação."


O SEM funciona criando imagens ampliadas utilizando electrons em vez de ondas de luz, o que resulta em representações tridimensionais, altamente detalhadas. Estas representações são obtidas colocando amostras na coluna de vácuo do microscópio, através de uma porta estanque (sendo esta uma condição crucial, uma vez que os electrons não viajam bem através do ar). A parte da amostra é então submetida a um feixe de electrons que faz um varrimento por toda a sua superfície, através de uma série de espirais electromagnéticas.


Esse feixe de electrons reflecte efectivamente a face da amostra resultando em electrons reflectidos que são direccionados para algo semelhante a um écrã de televisão de tubo catódico convencional. É neste écrã que imagens, muitas vezes incríveis, da parte ampliada são criadas.


Enquanto os resultados finais são visualizações impressionantes para a maioria das pessoas, para os engenheiros que as capturaram são apenas um subproduto. Somente examinando as partes dos componentes a este nível ultra-microscópico podem os engenheiros da Ford detectar a mínima anomalia, permitindo-lhes reagir em conformidade.


Esta atenção ao detalhe beneficia naturalmente o cliente que, deste modo, pode ter a certeza que todos os componentes de um veículo Ford, durante a fase de desenvolvimento do design, foram examinadas a um nível que vai muito além do alcance do olho humano. Isto acontece muito antes de alguém se sentar ao volante.


Sobre a Ford Motor Company

A Ford Motor Company, empresa líder da indústria automóvel global, com sede em Dearborn, Michigan (EUA), produz e distribui automóveis em seis continentes. Com aproximadamente 166.000 empregados e cerca de 70 fábricas em todo o mundo, as marcas automóveis da empresa incluem Ford e Lincoln. A companhia presta serviços financeiros através da Ford Motor Credit Company. Para mais informações sobre os produtos Ford, por favor consulte www.fordmotorcompany.com.


A Ford Europa é responsável por produzir, comercializar e assistir os veículos da marca Ford em 51 mercados e emprega aproximadamente 66,000 trabalhadores. Em conjunto com a Ford Motor Credit Company, as operações da Ford Europa incluem a Divisão de Serviço ao Cliente e 22 instalações fabris, incluindo 'joint-ventures'. Foi em 1903 que os primeiros veículos Ford foram transportados para a Europa, no mesmo ano em que a Ford Motor Company foi fundada. A produção europeia iniciou-se em 1911.


Contacto:

Anabela Correia

Ford Lusitana

351 213 122 402

acorrei2@ford.com

Tags:

Sobre nós

Representante da Marca Ford em Portugal.

Subscrever

Media

Media