Ford Expande o Conceito “Ford Smart Mobility” no Mobile World Congress; Ali Desvenda o Novo Kuga, Confirma o SYNC 3 e a Experiência “FordPass” para a Europa

  • A Ford desvendou hoje o novo SUV Kuga e fez saber que a sua tecnologia de conectividade SYNC 3 chegará à Europa este ano
     
  • A Ford também continua a expandir o conceito “Ford Smart Mobility”, a estratégia da empresa rumo à liderança nos domínios da conectividade, mobilidade, veículos autónomos, experiência do cliente e tratamento de dados e análises
     
  • Mark Fields, Presidente e CEO da Ford, anunciou no Mobile World Congress , em Barcelona, que a companhia irá triplicar os investimentos em engenharia, nas tecnologias de assistência à condução, mas também acelerando a implementação dos sistemas semi-automatizados que tornam mais fácil estacionar e conduzir em situações de tráfego intenso
     
  • A “FordPass”, a nova plataforma de experiência de cliente chegará também à Europa. Entre os parceiros da FordPass contam-se a BP, a empresa de pagamentos de estacionamento Mobile City e o Ford Carsharing

BARCELONA, 22 de Fevereiro de 2016 – Mark Fields, CEO da Ford, desvendou hoje o novo SUV Kuga e confirmou a chegada à Europa da tecnologia de conectividade SYNC 3 da Ford, deixando indicação do empenho da Ford em triplicar os investimentos em tecnologias semi-automatizadas a introduzir em veículos, um processo em contínua expansão no âmbito do seu plano denominado “Ford Smart Mobility”.
 
No discurso hoje proferido no Mobile World Congress , em Barcelona, Fields frisou o processo de transição da Ford de uma mera companhia automóvel para uma outra abrangente desta mesma indústria e no domínio da mobilidade, através do plano “Ford Smart Mobility”, com o qual a Ford parte rumo à liderança nos domínios da conectividade, mobilidade, veículos autónomos, experiência do cliente e tratamento de dados e análises
 
Fields também confirma a implementação, ainda este ano e em estreia na Europa, da nova plataforma de experiência do cliente “FordPass”. Entre os novos parceiros incluem-se a BP e a Mobile City, empresa líder no domínio dos pagamentos de estacionamento via telemóveis. A “FordPass” também integrará a Ford Carsharing, explorada em parceria com a empresa alemã Flinkster Carsharing.
 
“Olhando para o futuro, é claro que estamos à beira de uma revolução em termos de mobilidade, dos automóveis partilhados à condução autónoma, até mesmo em termos da experiência do cliente,” disse Fields. “Tecnologia e inovação dão-nos a oportunidade de abordar estas tendências e melhorar a vida das pessoas, alterando o modo como mundo se move.”
 
Novo Kuga
O sofisticado novo Kuga integra tecnologias e outras actualizações para tornar a condução mais simples, mais segura, mais agradável e mais acessível. Neles incluem-se o novo sistema de comunicações e entretenimento SYNC 3 da Ford, tecnologias inovadoras em termos de sistemas de assistência ao condutor, um interior confortável e ergonómico e um novo bloco diesel TDCi de 120 CV, com 1,5 litros de cilindrada.
 
O arrojado e desportivo novo Kuga apresentado em estreia no Mobile World Congress irá também contar com a tecnologia de Estacionamento Perpendicular da Ford, que assiste os condutores no estacionamento em modo mãos livres em espaços laterais a outros carros, uma versão melhorada do sistema anti-colisão Travagem Activa em Cidade e o Sistema de Iluminação Dianteira Adaptativa da Ford, garante de uma visibilidade optimizada em situações de fraca luminosidade. Outras tecnologias sofisticadas são a Abertura da Bagageira em Modo Mãos Livres e o sistema All Wheel Drive Inteligente da Ford.
 
A Ford está a triplicar os investimentos em engenharia, nas tecnologias de assistência à condução, tornando mais fácil estacionar e conduzir veículos em situações de tráfego intenso, ao mesmo tempo que acelera a implementação dos sistemas semi-automatizados rumo ao futuro. O aumento significativo no investimento, anunciado hoje, permitirá à Ford pesquisar e desenvolver tecnologias de apoio à condução que transfira mais tarefas de condução para o veículo, proporcionando maior conforto e segurança ao condutor.
 
Nelas incluem-se os sistemas de Assistência nos Engarrafamentos e de Assistência Integral de Estacionamento Activo , soluções que Fields anunciou como estando na calha para lançamento ao longo dos próximos três anos.
 
Veículos autónomos
A Ford está a seguir duas vias distintas no domínio da automação dos veículos. Por um lado, a companhia conta com uma equipa dedicada no desenvolvimento de tecnologia de apoio do condutor, a qual está focalizada num aumento dos níveis de automação propostos.
 
O sistema de Assistência nos Engarrafamentos ajuda o condutor actuando na direcção, travagem e aceleração em situações de tráfego deveras congestionado em auto-estradas. Facilmente activado pela pressão de um botão, o sistema ajuda a manter o veículo centrado na faixa, travando e acelerando de modo a manter o ritmo para com o veículo da frente.
 
O sistema de Assistência Integral de Estacionamento Activo ajuda os condutores assumindo o controlo do volante, da transmissão, do acelerador e do travão, de modo a colocar na perfeição o veículo numa vaga de estacionamento, com o simples toque de um botão.
 
Outras tecnologias semiautónomas já introduzidas pela Ford incluem a Assistência de Pré-Colisão com Detecção de Peões , sistema baseado num radar e câmara que detecta veículos e pessoas na estrada, ou o Limitador Inteligente de Velocidade , que pode ajudar os condutores, impedindo-os de ultrapassar os limites de velocidade definidos, situações que de outro modo os poderão fazer incorrer em caras multas de excesso de velocidade.
 
“A utilização de funções semi-autónomas como a Assistência nos Engarrafamentos e a Assistência Integral de Estacionamento Activo tornam a condução mais fácil e mais agradável para os nossos clientes,” disse Ken Washington, Vice-Presidente, Pesquisa e Engenharia Avançada da Ford.
 
Quanto ao futuro, a Ford tem também implementado um programa de veículos totalmente autónomos, em Aachen (Alemanha) e também nos EUA, dividido por Palo Alto (Califórnia) e Dearborn (Michigan), contando com mais de uma década de experiência.
 
A Ford pretende disponibilizar a capacidade autónoma que não requer intervenções do condutor, conforme descrito pela SAE International, como o Nível 4 da automação. A este nível, a oferta de veículos autónomos acontecerá, em primeiro lugar, em zonas climáticas que garantam uma operação ideal dos sensores e em áreas mapeadas em 3D, com elevada resolução.
 
Neste momento, a Ford é o primeiro construtor automóvel a testar veículos 100% autónomos em condições puras de inverno , incluindo neve, tendo anunciado recentemente o plano de triplicar a sua frota de veículos autónomos em processo de desenvolvimento , passando a ter a maior frota de veículos com estas características entre todos os construtores da indústria.
 
“Estamos empenhados em disponibilizar veículos autónomos a milhões de pessoas,” acrescentou Washington. “Em áreas bem definidas e com condições ambientais favoráveis, podemos prever que a condução totalmente autónoma será possível dentro de quatro anos, e que os veículos autónomos irão desempenhar um papel significativo, tornando as viagens mais seguras, mais agradáveis e mais acessíveis.”
 
Uma nova experiência para o cliente
A plataforma “FordPass” integra quatro elementos-chave: um Mercado que permite o acesso a serviços de mobilidade e parceirias; os denominados FordGuides conhecedores e experientes, sempre presentes ajudar os membros a resolver os desafios de mobilidade; um processo de Reconhecimento dos membros pela sua lealdade; e os FordHubs, espaços onde os consumidores podem experimentar as mais recentes inovações*.
 
Através do “FordPass”, os proprietários poderão gerir o seu veículo, incluindo o agendamento de serviços de manutenção. As parcerias anunciadas hoje trarão benefícios significativos para os membros da plataforma FordPass nos seguintes moldes:
 
  • A parceria com a BP irá premiar os membros com ofertas exclusivas e serviços de geolocalização, juntando-se aos parceiros leais como a McDonalds e a 7-Eleven. No futuro, a “FordPass” poderá permitir que os membros procurem infra-estruturas locais da BP nas proximidades. A Ford e a BP consideram ajudar os membros a abastecer à hora e locais certos. Tal pode, por exemplo, fazer com que os membros se mantenham confortáveis no interior do seu veículo, não tendo de ficar fora do mesmo ao frio ou ao calor, enquanto um robot procede ao reabastecimento da viatura
  • Através da actual parceria com a Flinkster, uma das maiores entidades de partilha de viaturas ( carsharing ) na Alemanha, incorporada em concessionários, a plataforma “FordPass” permitirá o acesso, 24 horas por dia, a mais de 4.000 viaturas em todo o país. Neste volume inclui-se a actual frota de 190 veículos da Ford Carsharing, abrangendo modelos tão diversos como a Transit ou o Fiesta, bem como da própria frota da Flinkster, na sua grande maioria composta por modelos Ford
  • A Parkopedia, uma base de dados global de espaços de estacionamento, permite que todos os membros “FordPass” pesquisem um lugar de estacionamento, processo baseado em localização, custos, disponibilidade e avaliações dos utilizadores. Além disso, como fornecedor de serviços online de pagamento de estacionamento, o Mobile City irá ajudar a fornecer uma experiência de estacionamento mais integrada, permitindo que os condutores paguem as mensalidades através do “FordPass”. Isso pode significar a dispensa de ter moedas suficientes ou quantias certas, para além de que poderão contribuir para um futuro em que os veículos dos membros fiquem estacionados em instalações interiores, fora das estradas.

“Esta nova plataforma que iremos lançar na Europa no decurso do presente ano é uma resposta real às necessidades das pessoas, desenvolvendo formas de os ajudar a moverem-se melhor. É, também, um processo de conveniência e de ligação entre os consumidores com o mundo, tornando tudo incrivelmente fácil,” comentou Fields.
 
Mobilidade: novos modos de a conseguir
Como parte do plano Ford Smart Mobility, a companhia está a trabalhar na expansão da sua gama de serviços de carsharing e de estacionamento propostos em várias vilas e cidades europeias.
 
Em Londres, por exemplo, com o seu novo projecto-piloto GoPark , a Ford está a construir um sistema de estacionamento preditivo, capaz de orientar os condutores através de ruas onde será mais provável encontrarem um espaço vago. Um grupo de moradores do bairro de Islington voluntariou-se para participar no mesmo com os seus próprios veículos, sendo estes entretanto equipados com dispositivos plug-in , para fornecer dados em tempo real de tráfego e condições de estacionamento. O projecto-piloto inclui modelos Ford e de outras marcas.
 
Ainda em Londres, o projecto-piloto de carsharing a pedido GoDrive da Ford está a realizar testes de estacionamento em determinadas ruas. Desde o seu lançamento no ano passado, o serviço expandiu-se para 25 hubs de toda a cidade, cada um deles com estacionamento garantido, em locais que abrangem a estação ferroviária de London Waterloo ou o Aeroporto London City.
 
Na Alemanha, as reservas para o Ford Carsharing , serviço projectado para cidades pequenas e de médio, bem como as grandes urbes, atingiram os 76 por cento em 2015, com os clientes a cobrirem, em conjunto, mais de 1 milhão de quilómetros na totalidade do ano. O serviço é oferecido pela Ford Alemanha e pelos seus Concessionários, existindo 170 estações Ford Carsharing em toda a Alemanha.
 
Conectividade, dados e análises
A Ford também apresentou hoje, no Mobile World Congress e pela primeira vez na Europa, o seu novo sistema de comunicações e entretenimento SYNC 3, integrado no novo Kuga. O SYNC 3 permite aos condutores controlar as funções de áudio, navegação e climatização, para além dos smartphones conectados, usando comandos de voz simples e conversacionais.
 
A companhia está a lançar novas apps para o sistema que podem ser activadas por voz, com recurso ao SYNC AppLink, permitindo a condutores seleccionados ganhar dinheiro com serviços de transporte de encomendas. A app MyBoxMan permite aos condutores fazer entregas de encomenda a terceiros e ganhar entre €5 e €8 numa típica viagem de cinco quilómetros**.
 
No dia 24 de Fevereiro e ainda no Mobile World Congress , a Ford irá anunciar o nome dos vencedores do ”Ford Smart Mobility Game Challenge” . Desenvolvido em conjunto com o Cologne Game Lab e lançado na edição do ano passado da Gamescom , a maior feira de jogos interactivos da Europa, o “Ford Smart Mobility Game Challenge” convidou os responsáveis pelo desenvolvimento dos mesmos a criarem protótipos de jogos que pudessem resolver os problemas da vida real no domínio da mobilidade urbana.

* Abertura dos FordHubs em Nova Iorque (EUA), Londres (Inglaterra), Xangai (China) e São Francisco (EUA). O primeiro hub irá ser inaugurado mais tarde no presente ano no Westfield World Trade Center, em Nova Iorque.
 
** Preços e lucros baseados em quilómetros, dimensões e peso do item considerado. A app MyBoxMan permite aos condutores ganhar algum dinheiro extra, mas não se destina a substituir uma actividade existente ou tornar-se num trabalho permanente. Se os rendimentos atingirem um patamar tributável, tal deverá ser declarado. Disponível inicialmente para Android em França (em francês e inglês), a app será lançada na Alemanha, Espanha, Itália, Países Baixos e Reino Unido ao longo de 2016, nos idiomas correspondentes.

Sobre a Ford Motor Company
A Ford Motor Company é uma empresa global da indústria automóvel e de mobilidade, com sede em Dearborn, Michigan, EUA. Com aproximadamente 199.000 empregados e 67 fábricas em todo o mundo , o negócio principal da empresa inclui a concepção, produção, marketing, financiamento e assistência a uma gama completa de veículos Ford de passageiros, comerciais, SUV e veículos eléctricos, bem como aos veículos de luxo Lincoln. Ao mesmo tempo, a Ford investe agressivamente em oportunidades emergentes através da ‘Ford Smart Mobility’, o plano da empresa para se tornar líder em conectividade, mobilidade, veículos autónomos, experiência do cliente, dados e análise. Para mais informação sobre a Ford, os seus produtos em todo o mundo, ou sobre a Ford Motor Credit Company, visite a página www.corporate.ford.com . ?
 
A Ford Europa é responsável por produzir, comercializar e assistir os veículos da marca Ford em 50 mercados e emprega aproximadamente 53.000 trabalhadores nas suas instalações e aproximadamente 68.000 incluindo as ‘joint-ventures’. Em conjunto com a Ford Motor Credit Company, as operações da Ford Europa incluem a Divisão de Serviço ao Cliente e 24 instalações fabris (16 detidas integralmente ou instalações em ‘joint-ventures’ consolidadas e 8 em 'joint-ventures' não consolidadas). Foi em 1903 que os primeiros veículos Ford foram transportados para a Europa, no mesmo ano em que a Ford Motor Company foi fundada. A produção europeia iniciou-se em 1911.

Tags:

Sobre nós

Representante da Marca Ford em Portugal.

Subscrever

Media

Media