Ford Vence “International Engine of the Year” Pelo Segundo Ano

• Motor Ford 1.0 litros EcoBoost vence o “International Engine of the Year” pelo segundo ano consecutivo• O motor de três cilindros turbo alcança a mais elevada pontuação nos 15 anos de história dos prémios• A Ford vai duplicar a produção do 1.0 EcoBoost na sua fábrica de motores de Colónia (Alemanha) a partir de meados de Agosto para responder à procura• Na Europa, o 1.0 EcoBoost está disponível no Fiesta, B-MAX, Focus, C-MAX e Grand C-MAX; irá também equipar a Transit Connect, Transit Courier, Tourneo Connect, Tourneo Courier, Mondeo e EcoSport • O motor está a ser lançado em todo o mundo – começou recentemente na Índia e na China com o Ford EcoSport e, mais tarde este ano, no Ford Fiesta na América do NorteESTUGARDA, Alemanha, 5 de Junho 2013 – O motor a gasolina 1.0 EcoBoost da Ford Motor Company, enérgico e ultra-eficiente em termos de consumo de combustível, foi hoje nomeado “International Engine of the Year” 2013, averbando esta distinção pelo segundo ano consecutivo.O 1.0 litros EcoBoost – o qual combina injecção directa de combustível, turbo e abertura de válvulas variável para reduzir o consume de combustível sem sacrificar a potência – recebeu a mais elevada pontuação da história destes prémios. O motor recebeu igualmente o prémio da categoria de “Melhor Motor Abaixo de 1 litro” na gala anual de prémios organizada pela revista ‘Engine Technology International’. A Ford confirmou também os seus planos de duplicar a produção do motor na sua fábrica de Colónia (Alemanha) para mais de 1,000 motores por dia, a partir de meados de Agosto, de forma a poder responder à sua procura. “Com uma tecnologia tão madura como a dos motores de combustão interna, é muito raro alcançar um verdadeiro avanço, mas é exactamente aquilo que a equipa alcançou com este motor,” disse Joe Bakaj, vice-presidente motorizações globais da Ford. “Temos de conduzi-lo para acreditar que um pequeno motor de três cilindros pode proporcionar tamanho desempenho e economia de combustível.”Um painel de 87 jornalistas do sector automóvel de 35 países em todo o mundo avaliaram os prémios em áreas como condução, desempenho, economia, refinamento e na aplicação com sucesso de tecnologia de motores avançada. A Ford é um dos três fabricantes de automóveis a registar vitórias consecutivas nos 15 anos de história destes prémios. O motor Ford 1.0 EcoBoost venceu igualmente o International Paul Pietsch Award 2013 de inovação tecnológica, atribuído pela revista alemã ‘Auto Motor und Sport’, o ‘Best Cars Awards’ e o Dewar Trophy pelo ‘Royal Automobile Club da Grã-Bretanha, a Breakthrough Award da revista ‘Popular Mechanics’ nos Estados Unidos.“Quem é que acreditava? Um motor de 1.0 litros, limpo, de baixo peso e que tem potência e consumos eficientes,” disse Peter Lyon, jurado do Reino Unido e jornalista freelance “É uma obra-prima.”O 1.0 EcoBoost foi concebido nos centros de pesquisa e desenvolvimento da Ford em Aachen e Merkenich, na Alemanha, e em Dunton, no Reino Unido, e é construído em Colónia (Alemanha) e em Craiova, na Roménia.Dean Slavnich, co-chairman da 15ª edição dos prémios ‘International Engine of the Year’ e editor da revista ‘Engine Technology International’, afirmou: “Baby EcoBoost – o primeiro três cilindros da Ford – permanece ainda o motor a bater em toda a indústria. É económico em condições de utilização do dia-a-dia, ao mesmo tempo que o turbo compacto assegura que todo o conjunto tem potência para facilmente mover veículos de maiores dimensões com o Grand C-MAX.”O motor 1.0 EcoBoost está disponível actualmente nos veículos pequenos como o Fiesta e B-MAX, nos compactos como o Focus, C-MAX e Grand C-MAX. A curto prazo irá estar presente em veículos de maior dimensão incluindo o novo Ford Mondeo. Será igualmente uma das opções nos veículos comerciais como a Transit Connect e Transit Courier e nas versões de passageiros Tourneo Connect e Tourneo Courier. O motor encontra-se em fase de lançamento em todo o mundo. Já está disponível para os clientes do novo EcoSport na Índia e na China e mais tarde este ano estará no Fiesta na América do Norte.Este motor, suficientemente pequeno para caber na perfeição no compartimento de bagagem sobre os assentos de um avião, apresenta um consumo de combustível referencial na classe na Europa, em veículos como o Fiesta, Focus, C-MAX e Grand C-MAX.As fábricas de motores da Ford em Colónia e em Craiova foram actualizadas para facilitar a produção do motor 1.0 EcoBoost e introduziram técnicas de fabrico avançadas que reduzem o volume de líquido refrigerante utilizado na maquinação das peças de alumínio do motor, para apenas 5 mililitros por componente, quando anteriormente utilizavam dois litros, contribuindo assim para um reduzido impacto ambiental na produção.Foi igualmente introduzida uma nova tecnologia denominada “cold testing”, a qual permite testar os motores sem os ligar, reduzindo o uso de combustível e as emissões de CO2 do processo em 66 por cento. Toda a restante energia requerida para o funcionamento da fábrica de Colónia provém de fontes renováveis, incluindo três fábricas hidroeléctricas na Noruega e na Suécia.A Ford Europa planeia triplicar a produção anual de veículos equipados com o eficiente motor a gasolina EcoBoost para aproximadamente 480,000 até 2015, comparando com 141,000 em 2011. A companhia projecta que mais de 300,000 desses veículos serão equipados com o motor 1.0 EcoBoost. Na Europa, no primeiro trimestre de 2013, este motor representou 42 por cento de todas as encomendas B-MAX, 30 por cento do Focus e 24 por cento do Fiesta, no conjunto dos 19 mercados europeus tradicionais.*Todos os valores de consumo de combustível e emissões de CO2 em g/km são obtidos a partir de testes aprovados oficialmente e de acordo com a Directiva europeia 93/116/EC. Os valores de consumo de combustível indicados têm por base a Directiva Europeia de Economia de Combustível EU 80/1268/EEC e podem diferir dos resultados de economia de combustível dos ciclos de condução noutras regiões do mundo.Sobre a Ford Motor CompanyA Ford Motor Company, empresa líder da indústria automóvel global, com sede em Dearborn, Michigan (EUA), produz e distribui automóveis em seis continentes. Com aproximadamente 175.000 empregados e 65 fábricas em todo o mundo, as marcas automóveis da empresa incluem Ford e Lincoln. A companhia presta serviços financeiros através da Ford Motor Credit Company. Para mais informações sobre os produtos Ford, por favor consulte www.ford.com.A Ford Europa é responsável por produzir, comercializar e assistir os veículos da marca Ford em 50 mercados e emprega aproximadamente 47,000 trabalhadores nas suas instalações e aproximadamente 69,000 incluindo as ‘joint-ventures’. Em conjunto com a Ford Motor Credit Company, as operações da Ford Europa incluem a Divisão de Serviço ao Cliente e 24 instalações fabris (15 detidas integralmente ou instalações em ‘joint-ventures’ consolidadas e 9 em 'joint-ventures' não consolidadas). Foi em 1903 que os primeiros veículos Ford foram transportados para a Europa, no mesmo ano em que a Ford Motor Company foi fundada. A produção europeia iniciou-se em 1911.Contacto: Anabela CorreiaFord Lusitana 351 213 122 402acorrei2@ford.com

Tags:

Sobre nós

Representante da Marca Ford em Portugal.

Subscrever

Media

Media