Gremlins Humanos Colocam Pedras na Engrenagem da Mega Fábrica de Valência

  • Há empregados da Ford encarregues de colocar, secretamente, peças erradas e defeituosas na linha de montagem, incluindo volantes incompletos e componentes do motor defeituosos
 
 
  • Os denominados “Gremlin Tests” servem para reforçar o empenho da Ford em matéria de qualidade, bem como para a aplicação, em estreia na indústria automóvel, da tecnologia de fotografia digital que regista, verifica e localiza todas as peças e componentes utilizados na mega fábrica de Valência (Espanha)
 
 
  • O “Vision System” regista mais de mil milhões de fotografias a cada 14 dias, tantas quantas as carregadas no Instagram na Europa
 
 
COLÓNIA, Alemanha, 15 de Novembro de 2016 – Apresentamos Xabier Garciandia, cuja rotina diária consiste, literalmente, em colocar pedras na engrenagem de uma das mais avançadas fábricas de automóveis do mundo, garantindo, assim, que peças erradas e componentes defeituosos sejam secretamente introduzidos na linha de montagem.
 
Mas em vez de estar ao serviço de rivais sem escrúpulos, Xabier é, na verdade, uma peça chave do processo que assegura que todos os veículos novos construídos naquela unidade fabril cumprem os rigorosos padrões de qualidade da Ford.
 
O “Vision System” da Ford, tecnologia que constitui uma estreia mundial na indústria automóvel, fotografa, verifica e localiza todas as peças dos 400.000 automóveis e furgões que ali são montados, bem como as necessárias à produção dos 330.000 motores que anualmente saem de Valência. Os denominados “Gremlin Tests” são uma forma inovadora de garantir que o novo processo está a funcionar correctamente.
 
Nas palavras do próprio Garciandia, Técnico Especializado da Ford Europa do “Vision System” da área de motores de Valência, “o ‘Vision System’ é fundamental para garantir que todas as peças de cada veículo são realmente as peças certas.” Segundo o mesmo, “o ‘Gremlin Test’ permite garantir, com certeza absoluta, de que o sistema está a funcionar na perfeição. É um processo com uma finalidade muito importante. Os membros das equipas ficam muito entusiasmados quando encontram uma das nossas peças e estamos cada vez mais a dificultar a identificação dessas peças.”
 
A mega fábrica de Valência produz mais modelos Ford do que qualquer outra fábrica da Ford na Europa, dali saindo os modelos Kuga e Kuga Vignale, Mondeo e Mondeo Vignale, Galaxy, S-MAX, Transit Connect e Tourneo Connect. Também ali se fabricam os motores Ford EcoBoost de 2,0 e 2,3 litros. O “Vision System” capta mais de 1.000 milhões de fotografias a cada 14 dias, um volume comparável ao número de fotografias carregadas no Instagram em toda a Europa*. Permite-se, assim, gerar uma imagem composta, formada por 3.150 fotografias digitais, capaz de assinalar quaisquer discrepâncias aos engenheiros da fábrica.
 
Em Valência e até à data, foram enviados para a linha de montagem peças de motores defeituosas, volantes errados e mesmo alguns incorrectos, estando os “Gremlin Tests” agora activos em todas as 34 áreas de montagem. A Ford está mesmo a considerar alargar este sistema às suas fábricas de todo o mundo.
 
Como sublinha Garciandia, “o facto de todos usarmos máquinas fotográficas digitais alterou por completo a forma como registamos o nosso dia-a-dia, estando, agora, a transformar a forma como produzimos motores e carros”, para concluir que “também é preciso testar os próprios testes, algo que estamos a fazer de uma forma muito simples, mas que julgamos ser única e totalmente original na indústria automóvel.”
 
Nesta mega fábrica, em que cada linha de montagem constrói um automóvel novo a cada 40 segundos, a Ford introduziu um conjunto de rigorosos e, de certa forma, originais processos de qualidade. Entre eles incluem-se:
 
 
  • Microfones ultra-sensíveis, para registar a instalação das ligações dos motores;
  • Sistemas de Análise do Som de Motores , que asseguram que cada nova unidade do desportivo Ford Focus RS funciona sem qualquer anomalia;
  • Penas de Avestruz , utilizadas para remover as poeiras dos veículos antes da sua entrada no processo de pintura, de modo a melhorar o acabamento da mesma;
  • Um sistema de fotografia digital , em estreia na indústria automóvel, capaz de identificar defeitos na pintura da carroçaria;
  • Um sistema de teste áudio inspirado na forma como os clientes usam o audio streaming através de Bluetooth;
  • Uma pista de testes virtual para avaliar as avançadas tecnologias de condução



# # #


Sugestão de legenda:
Os novos “Gremlin Tests” da Ford incentivam à colocação secreta de peças incorretas e/ou com defeitos na linha de montagem da mega fábrica de Valência (Espanha). Isto permite verificar se o sistema de fotografia digital, o primeiro do género a ser utilizado na indústria automóvel, está a funcionar correctamente
 
* https://searchenginewatch.com/2016/04/20/23-stats-and-facts-about-instagram/
 
 
Sobre a Ford Motor Company
A Ford Motor Company é uma empresa global da indústria automóvel e de mobilidade, com sede em Dearborn, Michigan, EUA. Com aproximadamente 203.000 empregados e 62 fábricas em todo o mundo , o negócio principal da empresa inclui a concepção, produção, marketing, financiamento e assistência a uma gama completa de veículos Ford de passageiros, comerciais, SUV e veículos eléctricos, bem como aos veículos de luxo Lincoln. Ao mesmo tempo, a Ford investe agressivamente em oportunidades emergentes através da ‘Ford Smart Mobility’, o plano da empresa para se tornar líder em conectividade, mobilidade, veículos autónomos, experiência do cliente, dados e análise. Para mais informação sobre a Ford, os seus produtos em todo o mundo, ou sobre a Ford Motor Credit Company, visite a página www.corporate.ford.com . ?
 
A Ford Europa é responsável por produzir, comercializar e assistir os veículos da marca Ford em 50 mercados e emprega aproximadamente 53.000 trabalhadores nas suas instalações e aproximadamente 68.000 incluindo as ‘joint-ventures’. Em conjunto com a Ford Motor Credit Company, as operações da Ford Europa incluem a Divisão de Serviço ao Cliente e 24 instalações fabris (16 detidas integralmente ou instalações em ‘joint-ventures’ consolidadas e 8 em 'joint-ventures' não consolidadas). Foi em 1903 que os primeiros veículos Ford foram transportados para a Europa, no mesmo ano em que a Ford Motor Company foi fundada. A produção europeia iniciou-se em 1911.

Tags:

Sobre nós

Representante da Marca Ford em Portugal.

Subscrever

Media

Media