Inovador Bloco Diesel Ford EcoBlue é Estrela em Hannover; Transit Estreia Nova Transmissão Automática e Novos Sistemas AWD e SYNC 3

  • A Ford apresenta a mais recente gama Ford Transit e Transit Custom equipadas com o inovador motor diesel Ford EcoBlue na edição de 2016 do Salão de Veículos Comerciais de Hannover (IAA)
 
 
  • O novo motor diesel EcoBlue proporciona uma significativa redução de custos de utilização e um incremento de performance, com uma eficiência de consumos melhorada até 13 por cento, bem como um acréscimo de 20 por cento em termos de binário a baixa rotação
 
 
  • Estreia no salão da nova caixa automática de seis velocidades na Transit e Transit Custom; Ford desvenda sistema de tracção integral melhorado e a avançada conectividade SYNC 3 para a Transit
 
 
  • A Ford reforça a posição de marca com mais rápido crescimento e nº 1 em termos de vendas de comerciais na Europa, estas a crescerem 18 por cento, de acordo com as estatísticas acumuladas a Agosto último
 
 
hannover , Alemanha, 22 de Setembro de 2016 – O novo e avançado motor diesel Ford EcoBlue irá concentrar as atenções no “IAA 2016”, o Salão de Veículos Comerciais de Hannover, proposta que, uma vez aplicada nos mais recentes modelos Transit e Transit Custom da Ford, garante melhorias significativas em termos de custos de utilização e de performance.
 
O motor Ford EcoBlue equipa todos os modelos expostos no stand da Ford em Hannover, um bloco que permite aos operadores de veículos comerciais uma melhorada eficiência de combustível até aos 13 por cento, em comparação com o motor de 2,2 TDCi que substitui, com emissões de CO 2 de 157 g/km *. Em simultâneo, proporciona melhorias significativas de binário a baixa rotação, para uma condução aprimorada.
 
Hannover também marca a estreia em salões da nova caixa automática de seis velocidades aplicada nos modelos Transit e Transit Custom, ao mesmo tempo que a Ford revela a introdução de um reforçado sistema de tracção integral (AWD) e do novo sistema de comunicações SYNC 3 no modelo Transit.
 
Dois anos após completar a renovação da sua gama Transit, no Salão de Hannover de 2014, a Ford está firmemente estabelecida como a marca de veículos comerciais com o mais rápido crescimento na Europa. Nos últimos 24 meses, a Ford viu a sua quota de mercado crescer de 10,8 para 12,9 por cento, resultado que lhe permitiu subir da 4ª posição no mercado, para se tornar na marca o n º 1 em termos de vendas.**
 
O crescimento de vendas de veículos comerciais da Ford está a ter continuidade em 2016, com a procura para a expandida gama de quatro modelos da família Transit e da pick-up Ranger, a aumentar em 18 por cento no acumulado a Agosto último, em comparação com o mesmo período do ano passado, representando 208.000 veículos vendidos.
 
“O motor EcoBlue da Ford apresenta-se como uma pedrada no charco no domínio diesel, combinando reduzidos custos de utilização com excelentes desempenhos e emissões mais limpas,” refere Bernhard Mattes, Chairman da Ford Alemanha. “Como demonstra o nosso crescimento de vendas, a Ford já disponibiliza a mais avançada gama de veículos comerciais na Europa, com o completamente novo motor Ford EcoBlue a elevá-la a um novo nível.”
 
Novo bloco diesel Ford EcoBlue: mais barato na utilização, melhor na condução
O novo motor diesel de 2.0 litros Ford EcoBlue recorre a uma arquitectura completamente nova, tendo sido projectada para servir de base à próxima geração de motores limpos, eficientes e refinados dos futuros automóveis e veículos comerciais Ford.
 
Este motor de 2.0 litros foi desenvolvido com recurso às mais recentes soluções em termos de turboalimentação, injecção de combustível, sistema de combustão, tecnologias de baixa fricção e design estrutural, de modo a garantir melhorias significativas no domínio da eficiência de combustível, performance e refinamento de operação, para além de assegurar a habitual excelente durabilidade e baixos custos de utilização que se exigem a um bloco que equipe uma unidade Transit.
 
Disponível a partir de agora nos mais recentes modelos Transit e Transit Custom, o motor Ford 2.0 EcoBlue é proposto com 105, 130 e 170 CV, todos eles oferecendo maiores níveis de potência e binário em comparação com o motor de 2,2 litros que substitui. Com mais binário a baixa rotação – 20 por cento mais às 1.250 rpm – garante uma performance mais flexível e ágil na condução diária.
 
Os mais reduzidos custos de utilização são suportados pela significativamente melhor eficiência de combustível. As variantes Transit equipadas com o sistema opcional Auto-Start-Stop alcançam emissões de CO 2 de 174 g/km e um consumo de combustível médio de 6,6 l/100 km, numa redução de 10 por cento sobre a variante equivalente que substitui.
 
As Transit Custom equipadas com o opcional Auto-Start-Stop alcançam emissões de CO 2 de 157 g/km, com um consumo médio de 6,1 l/100 km, 13 por cento menos do que a variante equivalente que substitui.
 
A Ford antecipa uma economia nos custos de combustível até aos 1.600 €, cobrindo mais de 130.000 km, para um operador de uma nova van Transit Custom de 105 CV, comparativamente à versão de 100 CV do modelo anterior.***
 
Os custos de manutenção programada também se vêem reduzidos, com intervalos de manutenção variável estendidos até aos 2 anos/60.000 km, oferecendo essa quilometragem adicional de 10.000 km entre serviços, quer para o modelo Transit, quer para a Transit Custom, intervalos que não são batidos por qualquer seu concorrente.
 
O motor diesel Ford EcoBlue foi projectado para ir ao encontro dos rigorosos padrões de durabilidade inerentes a um veículo comercial Ford, equipando modelos Transit num percurso equivalente a 5,5 milhões de km de exigentes testes de durabilidade, incluindo 400.000 km de testes nas mãos de clientes Transit em utilização real.
 
O stand da Ford em Hannover reflecte a enorme variedade de modelos Transit e Transit Custom equipadas com o motor EcoBlue, por forma a atender a todos os tipos de negócios, incluindo uma oferta abrangente de opções de carroçaria e transformações, desde versões cabina a veículos refrigerados, furgões fechados, mini-autocarros e veículos de intervenção de emergência.
 
Caixa automática de seis velocidades com engrenagens suaves, especialmente concebidas para a Transit
Os clientes Transit, de modelos de tracção às rodas dianteiras, que procuram níveis melhorados de conforto e comodidade na condução urbana, podem agora escolher uma transmissão automática SelectShift de seis velocidades, em vez da tradicional caixa de velocidades manual, que estarão disponíveis para entrega no início de 2017. A nova transmissão pode ser especificada em combinação com as versões de 130 e 170 CV do motor Ford EcoBlue, sendo o sistema Auto-Start-Stop de série.
 
A transmissão foi projectada especialmente para uma aplicação na Transit, incluindo um novo conversor de binário e uma nova estrutura externa que optimizam o refinamento, solução baseada num projecto altamente durável que comprovou a sua real valência integrado em modelos potentes de tracção às rodas dianteiras comercializados na América do Norte, com capacidades de binário acima dos 415 Nm.
 
A sua calibração específica garante que a transmissão está perfeitamente apta a entregar o binário do motor diesel Ford EcoBlue, proporcionando um desempenho ágil, juntamente com níveis excelentes de economia de combustível e emissões de CO 2 tão baixas quanto os 174 g/km alcançados numa Transit Custom. A transmissão pode detectar quando um veículo esteja numa estrada com um elevado grau de inclinação, ou a transportar uma carga pesada, ajustando a estratégia das relações de caixa para uma eficiência optimizada.
 
Controlada electronicamente, a transmissão proporciona mudanças de relações suaves e rápidas – com tempos típicos abaixo dos 0,5 segundos – e a SelectShift fornece a opção de mudanças manuais para um controlo aprimorado, recorrendo-se a um interruptor montado na lateral da alavanca de velocidades. O sistema Auto-Start-Stop foi cuidadosamente ajustado para ir ao encontro das necessidades dos clientes de veículos comerciais, adoptando uma bomba eléctrica que, consoante a necessidade, mantem a pressão de transmissão, de modo a que o condutor possa iniciar viagem rapidamente, logo que o motor reinicie a sua marcha.
 
O AWD inteligente da Transit: mais leve e com maior capacidade
O sistema inteligente AWD da Ford para o modelo Transit foi redesenhado para garantir capacidades melhoradas em combinação com o novo motor diesel Ford EcoBlue.
 
A nova quarta geração do sistema AWD da Transit apresenta uma linha propulsora reforçada em termos de concepção, que combina o diferencial dianteiro e o acoplamento AWD numa única unidade compacta. Este desenho revisto e mais compacto reduz o peso do conjunto em 10 kg, garantindo uma maior eficiência em torno do conjunto do motor EcoBlue.
 
Os engenheiros da Ford optimizaram a calibração dos sistemas de gestão do Controlo de Electrónico de Estabilidade e do AWD, por forma a proporcionar melhor tracção e melhor estabilidade em todas as condições de condução.
 
Em combinação com o maior binário a baixa rotação do motor EcoBlue, esta geração mais recente permite aos condutores alcançar melhores resultados, com maior suavidade e confiante, em superfícies mais desafiantes, aumentando os níveis já líderes da sua classe em termos de tracção e de condução dinâmica proporcionada pelo sistema.
 
O sistema AWD da Trânsito distribui automaticamente o binário disponível do motor para as rodas da frente e traseiras recorrendo a um acoplamento AWD controlado electronicamente, especialmente desenvolvido para o efeito, podendo fazer variar a sua distribuição à frente/atrás entre 0/100 e 50/50. Estão disponíveis dois modos: AWD Auto (de série) apropriado para a maioria das situações de condução; e AWD Lock que melhora a tracção em situações mais extremas de condução, como em pisos profundos de neve ou areia.
 
As Transit AWD podem ser especificadas com as variantes de 130 e 170 CV do motor Ford EcoBlue, potências que garantem uma melhor eficiência em termos de emissões de CO 2 , a partir de 224 g/km, e um consumo de combustível médio de 8,6 l/100 km, uma melhoria de 11 por cento em comparação com o modelo de saída.
 
A propulsão AWD está disponível para uma ampla gama de propostas Transit – van, kombi e chassis – cativando clientes que enfrentam frequentemente superfícies de estrada escorregadias no inverno e em situações de fora de estrada menos exigentes, abrangendo veículos de serviço em estâncias de esqui, companhias de serviços públicos em áreas rurais e empresas de manutenção, operando sob todas as condições meteorológicas. As novas Transit AWD podem ser encomendadas a partir de agora, para entregas a realizar no início de2017.
 
“Preciso de combustível”: Sistema de comunicações SYNC 3 responde a simples comandos vocais
As gerações mais recentes da Transit, Transit Connect e Ranger da Ford podem ser, a partir de agora, encomendados com o novo sistema de comunicações SYNC 3, o qual permite aos condutores controlar os seu smartphones conectados, bem como as funções de áudio, navegação e climatização (nos casos em que as mesmas tiverem sido especificadas) com comandos de voz mais conversacionais.
 
Através da simples pressão de um botão e dizendo “preciso de combustível”, “preciso de um café”, ou “localizar um endereço”, os condutores podem localizar, nas suas proximidades, postos de combustíveis, cafés ou a localização de seu próximo destino. O sistema orienta, então, o condutor para esse destino, seleccionado através da navegação.
 
O sistema SYNC 3 conta com um ecrã táctil redesenhado que integra botões maiores e mais fáceis de operar, podendo ser usado como um smartphone com os habituais gestos de toque, deslize para o lado ou até mesmo fazer um zoom . Com um processador mais poderoso, o sistema também garante uma operação mais rápida e mais ágil.
 
Desenhado para complementar os mais modernos smartphones , o SYNC 3 fornece um poderoso conjunto de recursos para os clientes que utilizam os seus veículos como escritórios móveis, incluindo realizar telefonemas usando comandos de voz simples, ouvir mensagens de texto, numa total compatibilidade com as funções Apple CarPlay e Android Auto™.
 
Recorrendo a um sistema AppLink integrado, os clientes podem, através da voz ou pelo toque, controlar uma ampla gama de apps populares num smartphone Android ou iOS, permitindo-lhes o acesso às mais recentes previsões meteorológicas, serviços de música ou informações de locais de estacionamento. O AppLink também garante oportunidades para se desenvolverem aplicativos específicos, impulsionados pelos dados do próprio veículo, tais como a logística ou ferramentas de optimização de frotas, as quais podem trazer benefícios valiosos para clientes de negócios de grande dimensão.
 
Inédita suspensão traseira a ar OEM e novas tecnologias de assistência ao condutor
Os derivativos Ford Transit Custom Kombi M1 e Tourneo Custom estão agora disponíveis para encomenda equipados com uma inédita suspensão traseira a ar, cuja entrega aos clientes está agendada para o final do presente ano.
 
O sistema foi desenvolvido especialmente para as variantes de transporte de passageiros da Transit Custom, solução que atende às exigentes normas de durabilidade de veículos comerciais Ford. Entre as características de design desta suspensão integra-se uma mola a ar montada num braço oscilante em ambos os lados do veículo, cabendo a um compressor de ar de controlo eletrónico gerir a taxa de mola necessária para as duas molas.
 
Os sensores de altura integrados nos braços oscilantes detectam as alterações de carga do veículo, nomeadamente quando os passageiros entram ou saem do veículo, sendo as taxas de pressão da mola de ar automaticamente ajustadas para atender às novas condições de carga., mantendo o nível de altura em circulação. Essas molas, incluindo o perfil do seu núcleo interno, são personalizadas de acordo com o veículo, tendo o extenso trabalho de afinação sido feito por especialistas em dinâmica da Ford, procurando atingir as características desejadas em estrada.
 
O sistema de suspensão a ar é ideal para aplicações em shuttles e viagens de executivos, onde a carga na parte traseira do veículo pode variar em mais de 1 tonelada, dependendo do número de passageiros e da bagagem a bordo. O sistema permite que o veículo garanta variações de altura em andamento suaves e controladas, de acordo com um amplo leque de condições de carga, proporcionando um melhor conforto aos passageiros e em termos da dinâmica do veículo.
 
Equipadas com o motor Ford EcoBlue, as novas Transit e Transit Custom também beneficiam das avançadas tecnologias de assistência ao condutor e dos próprios veículos, que aumentam a confiança e o conforto ao volante. Entre elas incluem-se o sistema de travagem de emergência Assistência à Pré-Colisão, aquele que é o primeiro no segmento a integrar a tecnologia de Detecção de Peões – a qual que reduz a severidade de algumas colisões frontais envolvendo veículos e pessoas, ajudando ainda os condutores a evitar alguns impactos na sua totalidade.
 
Ambos os novos modelos integram um melhorado sistema de Controlo Electrónico de Estabilidade como equipamento de série, para além de fornecerem um avançado conjunto de funções que melhoram a estabilidade do veículo em situações extremas de condução, incluindo a Estabilização aos Ventos Laterais – um novo sistema que se aplica os travões num lado do veículo para reduzir o efeito provocado por uma rajada de vento lateral repentina.
 
* Os Consumos de Combustível, as Emissões de CO 2 e as Autonomias Eléctricas declaradas são medidas de acordo com os requisitos técnicos e especificações da Regulamentação Europeia (CE) 715/2007 e (CE) 692/2008, nas suas mais recentes redacções. Os consumos de combustível e as emissões de CO 2 referem-se a uma determinada variante de veículo e não para uma unidade automóvel única. O procedimento do teste padrão aplicado permite a comparação entre diferentes tipos de veículos e fabricantes. Para além da eficiência de consumos de um automóvel, o comportamento ao volante, bem como outros factores não-técnicos desempenham um papel na determinação das emissões de CO 2 e dos consumos de combustível de um automóvel. O CO 2 é o principal gás responsável pelo aquecimento global.
 
** Volumes de vendas para os 20 principais mercados da Ford na Europa, com representação oficial através de companhias nacionais de vendas Os mercados Euro 20 são: Alemanha, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Espanha, Finlândia, França, Grã-Bretanha, Grécia, Holanda, Hungria, Irlanda, Itália, Noruega, Polónia, Portugal, República Checa, Roménia, Suécia e Suíça.
 
*** Baseado num custo de combustível aproximado de €1.36 por litro
 
Android e Android Auto são marcas registadas da Google Inc.

Sobre a Ford Motor Company
A Ford Motor Company é uma empresa global da indústria automóvel e de mobilidade, com sede em Dearborn, Michigan, EUA. Com aproximadamente 203.000 empregados e 67 fábricas em todo o mundo , o negócio principal da empresa inclui a concepção, produção, marketing e serviços a uma gama completa de veículos Ford de passageiros, comerciais, SUV, bem como aos veículos de luxo Lincoln. Para expandir o seu negócio, a Ford persegue agressivamente oportunidades emergentes através de investimentos em electrificação, autonomia e mobilidade. A Ford fornece serviços financeiros através da Ford Mortor Credit. Para mais informação sobre a Ford e os seus produtos e serviços, visite a página www.corporate.ford.com . ?
 
A Ford Europa é responsável por produzir, comercializar e assistir os veículos da marca Ford em 50 mercados e emprega aproximadamente 53.000 trabalhadores nas suas instalações e aproximadamente 68.000 incluindo as ‘joint-ventures’. Em conjunto com a Ford Motor Credit Company, as operações da Ford Europa incluem a Divisão de Serviço ao Cliente e 24 instalações fabris (16 detidas integralmente ou instalações em ‘joint-ventures’ consolidadas e 8 em 'joint-ventures' não consolidadas). Foi em 1903 que os primeiros veículos Ford foram transportados para a Europa, no mesmo ano em que a Ford Motor Company foi fundada. A produção europeia iniciou-se em 1911.

Tags:

Sobre nós

Representante da Marca Ford em Portugal.

Subscrever

Media

Media