No ‘cair do pano’ todos querem vencer

É este o lema do pelotão do Ford Transit Trophy 2011 à entrada da última jornada do ano, a disputar no próximo fim-de-semana no Circuito Vasco Sameiro, em Braga. Os títulos estão entregues, pelo que o objectivo de todas as formações é alcançar a vitória, sem outra estratégia que não seja ser o primeiro a ver a bandeira de xadrez nas duas corridas que, como habitualmente, compõem o

programa.


Chegará, assim, ao fim aquele que foi o segundo ano do Ford Transit Trophy, a única competição monomarca disputada por veículos comerciais que anima a velocidade nacional. Esta será, também a segunda visita da temporada à região Braga, depois de em Maio a caravana ter subido a Rampa da Falperra. Com os títulos já entregues a José Pedro Leite e à C.A.M., as duas últimas corridas do ano

prometem espectáculo em pista, na luta pelo vice-campeonato.


Com o título no bolso, nem por isso a C.A.M. é menos favorita, até porque Pedro Salvador e José Pedro Leite têm sido muito homgéneos, o que lhes permite, invariavelmente, a vitória de conjunto no somatório das duas corridas. Quem tem brilhado ao longo do ano tem sido João Batista. O piloto da M Coutinho/Ibertal venceu as últimas cinco corridas que disputou, mas ainda não conseguiu ganhar o

fim-de-semana, pois o seu companheiro de equipa, Renato Machado, não tem sido tão consistente em resultados. Em Braga surgem como os maiores adversários dos agora campeões.


A Auto Rabal/Espoauto chega à sua cidade dos arcebispos no segundo lugar do Ford Transit Trophy.


Detentores do título de 2010, e apenas com uma vitória de conjunto ao longo da temporada, conseguida na única ronda realizada fora de Portugal (em Jarama, nos arredores de Madrid), João Lopes e Filipe Martins procuram fechar o ano em beleza e minimizar as perdas, assegurando o vicecampeonato.


Em quebra, depois de um início de época muito forte, a Beta/ENI tem ainda hipóteses matemáticas de chegar ao 2º lugar. Contudo, Valter Cardoso e António Costa não parecem, nesta altura, capazes de fazer frente àquele triunvirato, pelo que a meta deverá ser manter o 4º posto da tabela, tendo de se defender dos ataques da Daro, formação visivelmente em subida de forma, tendo registado um 2º lugar no mês passado, no Estoril.


Resta falar da Stockcar/Megastore, da Maivex e da FIAAL, formações que, por uma razão ou por outra, nunca conseguiram ao longo do ano traduzir em resultados o empenho dos seus pilotos, pelo que, decerto, vão procurar fechar a segunda época de Ford Transit Trophy em bom estilo.


Quanto à Transit 260S 2.2TDCi dos convidados da Ford e da QF vai, desta feita, deixar as mãos dos representantes da imprensa especializada, para ser tripulada por dois elementos oriundos da Rede de Concessionários Ford, em resultado de um concurso lançado pela Ford Lusitana à sua rede oficial tanto ao nível de Vendas como de Pós-Venda. Assim, os dois pilotos da Transit nº 45 em Braga serão Pedro Moreno (Chefe de Serviço da área de Pós-Venda da FIAAL, Algarve) e António Moita (Chefe de Vendas da AMF, Vila Nova de Gaia).


Quanto ao programa, para os pilotos do Ford Transit Trophy o fim-de-semana bracarense de fecho da velocidade nacional começa no Sábado de manhã (19 Novembro) com as duas sessões de treinos livres (10h45 e 11h05) de 15 minutos cada. Durante a tarde realizam-se as duas sessões de qualificação (14h45 e 15h05), com a mesma duração. Para Domingo (dia 20) estão marcadas as

duas corridas de meia hora. A primeira logo a abrir o dia no Vasco Sameiro, às 9h00, a segunda logo após o almoço, com os pilotos em pista a partir das 14h35.

Tags:

Sobre nós

Representante da Marca Ford em Portugal.

Subscrever