Novo Ford Mustang é o Desportivo Mais Vendido no Mundo na Primeira Metade de 2015; Fastback V8 Race Red Ocupa o Primeiro Lugar na Lista de Preferências na Europa

  • Novo Mustang é o desportivo mais vendido no mundo em 2015, de acordo com os dados de matriculação global da HIS Automotive referente à primeira metade do ano
     
  • Mais de 8,000 Mustang vendidos na Europa; clientes mostram preferência pela carroçaria ‘fastback’, motor 5.0 litros V8 de 421 cv, e pelas cores Race Red e Magnetic Grey
     
  • O momento global do Mustang continua em crescendo com o início da produção do modelo com volante à direita na fábrica de Flat Rock, Michigan, para outros mercados, entre os quais o Reino Unido
     
  • 2015 marca o primeiro ano de disponibilidade do Mustang para clientes em mais de 100 mercados em todo o mundo e a primeira vez que uma versão de volante à direita estará largamente disponível

Clientes em todo o mundo tornaram o Ford Mustang o veículo desportivo mais vendido em todo globo durante a primeira metade do ano, de acordo com os dados de matriculação global da IHS Automotive.
Os clientes a nível global matricularam 76,124 veículos durante os primeiros seis meses de 2015* – um crescimento de 56 por cento em comparação com o mesmo período do ano passado.
 Os clientes na Europa e os mercados de volante à direita em todo o mundo têm estado há mais de meio século à espera de poder usufruir da experiência oficial Mustang, pelo que não é com surpresa que assistimos à enorme procura do Mustang nessas regiões,” disse Stephen Odell, vice-presidente executivo, Marketing Global, Vendas e Serviço. “Graças ao apoio dos clientes em cada recanto do mundo alcançámos a posição de veículo desportivo mais vendido no mundo.”
 
As vendas iniciais mostram que na Europa as cores Race Red e Magnetic Grey (ambas com 21 por cento das vendas totais) são as cores exteriores mais populares, quer para a carroçaria fastback, quer convertible. Os clientes europeus da versão fastback preferem a cor Race Red (24 por cento) e os clientes convertible a cor Magnetic Grey (32 por cento).
 
As versões fastback representam até à data 3 em cada 4 vendas na Europa (72 por cento) e 2 em cada 3 clientes optaram pelo motor Ford de 5.0 litros V8 debitando 421 cv (64 por cento).
 
Os condutores europeus estão divididos quase em partes iguais entre a transmissão manual de seis velocidades (51 por cento) e automática de seis velocidades (49 por cento). Contudo, a transmissão automática tem provado ser mais popular entre os clientes do motor 5.0 V8 (57 por cento) e a opção manual entre os clientes do 2.3 EcoBoost de 317 cv (65 por cento).
 
Primeiros Mustang com volante à direita
A produção das versões Mustang com volante à direita já se iniciou na fábrica de montagem de Flat Rock, no Michigan, EUA, dando continuidade ao lançamento global do modelo pela primeira vez.
 
O Ford Mustang está agora disponível em mais de 100 mercados em todo o mundo. A introdução de um Mustang de volante à direita na gama global de veículos da Ford irá permitir à exportação para mais 25 mercados adicionais, incluindo o Reino Unido, África do Sul, Austrália, Nova Zelândia e Japão, bem como Chipre, Malta e algumas ilhas das Caraíbas.
Líder global de vendas
As vendas nos Estados Unidos e na Ásia começaram no inverno passado e os primeiros Mustang começaram a chegar aos mercados europeus este verão.
Os novos compradores estão a fazer disparar as vendas nos Estados Unidos, especialmente em regiões como o sul da Califórnia, o maior mercado de carros desportivos no país, de acordo com a IHS, onde as vendas a retalho do Mustang mais que duplicaram este ano.
 
Embora o Mustang seja uma nova entrada no mercado da China, já é um dos carros desportivos mais vendidos no país, particularmente em Pequim, Guangdong e Xangai.
 
Os Mustang estão a começar a chegar aos concessionários na Europa, com mercados como o Reino Unido a aguardar ansiosamente a entrega dos primeiros modelos com volante à direita. Desde Janeiro, quase 2.000 encomendas do Ford Mustang foram efectuadas no Reino Unido. As primeiras entregas a clientes estão previstas para Novembro, com a garantia de fornecimento extra para satisfazer a procura maior do que a esperada.
 
A expectativa gerada pelo Mustang na Europa foi evidente quando no ano passado a Ford abriu a pré-reserva de 500 Mustang durante o jogo da final da UEFA Champions League, tendo ficado completa em poucos minutos. Mais de 8.000 Mustang foram vendidos na Europa até à data.
 
Outro mercado com volante à direita que está a aguardar ansiosamente unidades é a Austrália, onde cerca de 3.000 encomendas já foram recebidas. Na Nova Zelândia, onde as primeiras unidades são esperadas este Outono, o número de encomendas é de 400 unidades.

* O registo global de matrículas da IHS Automotive inclui todas as matrículas do segmento global de desportivos da IHS, entre Janeiro e Junho de 2015.

Sobre a Ford Motor Company
A   Ford Motor Company, empresa líder da indústria automóvel global, com sede em Dearborn, Michigan (EUA), produz e distribui automóveis em seis continentes. Com aproximadamente 195.000 empregados e 66 fábricas em todo o mundo, as marcas automóveis da empresa incluem Ford e Lincoln. A companhia presta serviços financeiros através da Ford Motor Credit Company. Para mais informações sobre a Ford e os seus produtos em todo o mundo, por favor consulte   www.corporate.ford.com .
 
A Ford Europa é responsável por produzir, comercializar e assistir os veículos da marca Ford em 50 mercados e emprega aproximadamente 53,000 trabalhadores nas suas instalações e aproximadamente 67,000 incluindo as ‘joint-ventures’. Em conjunto com a Ford Motor Credit Company, as operações da Ford Europa incluem a Divisão de Serviço ao Cliente e 23 instalações fabris (15 detidas integralmente ou instalações em ‘joint-ventures’ consolidadas e 8 em 'joint-ventures' não consolidadas). Foi em 1903 que os primeiros veículos Ford foram transportados para a Europa, no mesmo ano em que a Ford Motor Company foi fundada. A produção europeia iniciou-se em 1911

Tags:

Sobre nós

Representante da Marca Ford em Portugal.

Subscrever