Fraunhofer AICOS: Alunos de Mestrado apresentam tecnologia inovadora

Sexta-feira, dia 4 de julho, a partir das 15h30, no átrio do UPTEC

Uma aplicação para android que analisa em tempo real o risco de exposição solar, combinando dados como localização GPS, níveis de radiação ultravioleta e tempo de exposição ao sol, e uma aplicação móvel direcionada para os mais idosos que auxilia na gestão financeira. Estas são apenas duas das 13 soluções tecnológicas criadas por alunos de Mestrado no centro de investigação Fraunhofer AICOS. Estes projetos vão estar em exibição na próxima sexta-feira, dia 4 de julho, a partir das 15h30, no átrio do UPTEC. A entrada é livre.

 

Os projetos são diversificados mas com um objetivo comum que se prende com a própria missão do centro de investigação Fraunhofer AICOS: criar soluções tecnológicas inovadoras, de fácil utilização e com utilidade prática, ou seja, sempre com o intuito de contribuir para a melhoria da qualidade de vida da população. Para além das aplicações de gestão financeira para idosos (PersonalFinancesApp) e de monitorização do risco de exposição solar (SunPet), outros projetos vão estar em exibição como, por exemplo, uma solução que permite realizar testes diagnósticos à visão e audição através do telemóvel ou computador (GSenses), evitando visitas ao médico, e um sistema de sensores de baixo consumo de energia para portadores da doença de Alzheimer (AlzSense). Estes entre muitos outros exemplos.

O centro de investigação Fraunhofer AICOS recebe anualmente vários alunos de Mestrado, permitindo-lhes desenvolver o seu trabalho de investigação em ambiente profissional e incentivando a criação de soluções tecnológicas de utilidade prática. Os projetos desenvolvidos são apresentados publicamente no final do ano letivo. Este ano, a apresentação dos trabalhos referentes ao ano letivo 2013/2014 vai decorrer numa sessão aberta ao público, no UPTEC, onde a associação Fraunhofer Portugal tem a sua sede.

A Fraunhofer Portugal é uma associação sem fins lucrativos, reconhecida pelo Estado Português como Pessoa Coletiva de Utilidade Pública. Com sede no Porto, foi criada em 2008 pela Fraunhofer-Gesellschaft, a maior organização de investigação aplicada da Europa, e pela Câmara de Comércio e Indústria Luso-Alemã. A missão da Associação Fraunhofer Portugal é promover a investigação aplicada com o intuito de fomentar o desenvolvimento económico e, simultaneamente dar resposta a um conjunto de necessidades das empresas e da população.

Também criado em 2008, o Fraunhofer AICOS (Research Center for Assistive Information and Communication Solutions) é o primeiro centro de investigação da Fraunhofer em Portugal e resulta de uma parceria entre a Fraunhofer-Gesellschaft e a Universidade do Porto. O Fraunhofer AICOS atua em duas grandes áreas: “Ambient Assisted Living” (AAL) e Tecnologias de Informação e Comunicação para o Desenvolvimento (ICT4D). Com o intuito de criar soluções tecnológicas inovadoras e intuitivas e facilitar o acesso às Tecnologias de Informação e Comunicação, o Fraunhofer AICOS tem competências científicas em três áreas primordiais: Interação Pessoa-Computador, Processamento de Informação e Computação Autónoma. A importância atribuída a estas temáticas levou o Fraunhofer AICOS a criar, em 2013, dois Centros de Competências: o Fall Competence Center (FCC) e o Information and Communication Technologies for Development Competence Center (ICT4DCC). A investigação do Fraunhofer AICOS é direcionada para dois grupos prioritários: os idosos e as populações de países em desenvolvimento .

 

Tags:

Sobre nós

A Associação Fraunhofer Portugal Research (Fraunhofer Portugal) promove e coordena a cooperação entre os seus centros de investigação, outras instituições de investigação e parceiros industriais, com o objectivo de levar a cabo investigação aplicada com utilidade directa para empresas privadas e públicas, originando benefícios para a sociedade como um todo.

Subscrever