Aprovada fase de desenvolvimento do campo Lianzi no offshore de Angola e da República do Congo

A Galp Energia, parceira do consórcio para exploração do campo Lianzi (Bloco 14-K), informa que irá prosseguir o desenvolvimento deste campo, localizado no offshore entre a República do Congo e a República de Angola.


Localizado em profundidades de água de 900 metros e a 105 km de distância da costa, o campo Lianzi será desenvolvido com recurso a uma ligação à plataforma do campo Benguela-Belize-Lobito-Tomboco (BBLT) no Bloco 14 em Angola.


O desenvolvimento do campo Lianzi, cujo investimento total se estima em US$2 mil milhões, inclui um sistema de produção submarino e um sistema de pipelines submarinos com 43 km de cumprimento, aquecido eletricamente, para transporte de petróleo a partir deste campo para a plataforma BBLT, o primeiro deste tipo usado a esta profundidade. As expectativas do consórcio apontam para o início de produção em 2015, que atingirá uma produção máxima de 46.000 barris de petróleo equivalente por dia.


A Galp Energia detém uma participação de 4,5% no consórcio que explora o campo Lianzi, cabendo 15,75% à Chevron Overseas (Congo) Limited (operador), 15,5% à Cabinda Gulf Oil Company Limited, 26,75% à Total EP Congo, 10% à Total EP Angola, 10% à ENI, 10% à Sonangol PP e 7,5% à SNPC (Société Nationale du Pétrole du Congo).


O portefólio de exploração e produção da Galp Energia em Angola inclui ainda uma participação de 9% no Bloco 14, 5% no Bloco 32, 5,33% no Bloco 33 e 10% no Angola LNG II.


Para mais informações contactar:

Media Relations

351 217 242 680

351 917 596 444 (24 horas)

http://press.galpenergia.com

galp.press@galpenergia.com

Tags:

Subscrever