Galp alinha posição acionista na área de Grande Carcará, no pré-sal brasileiro

Principais destaques:

  • Após estas transações, a Petrogal Brasil passará a deter participação de 20% nas duas licenças, enquanto a Equinor e a ExxonMobil assumem 40% cada
  • O montante da aquisição desta participação adicional de 3% é de c.$114 milhões
  • Galp prossegue expansão em áreas core, como o pré-sal brasileiro, através do desenvolvimento seletivo de ativos de alta qualidade através de parcerias sólidas

Imagem em anexo: A unidade P66, última FPSO a entrar em produção no pré-sal (© Petrobras)

Comunicado disponível em anexo e no site da Galp.

Tags:

Sobre nós

Empresa de produção e distribuição de combustíveis e energia.

Subscrever

Media

Media