Galp coloca em produção 9ª plataforma no pré-sal brasileiro

P-67 eleva capacidade de processamento instalada dos projetos Lula/Iracema para 1,3 milhões de barris diários de petróleo e 56 milhões m3 de gás natural
• Nova FPSO será ligada a nove poços produtores e seis poços injetores

A Galp passou esta manhã a contar com uma unidade de produção adicional em operação nos campos Lula/Iracema, a nona “plataforma” instalada em pouco mais de oito anos numa das regiões produtoras de petróleo e gás natural mais ricas e competitivas do planeta.
A nova unidade, designada P-67, encontra-se colocada na área de Lula Norte, no pré-sal da bacia de Santos e dispõe de capacidade para processar diariamente 150 mil barris de petróleo e 6 milhões de metros cúbicos de gás natural. Esta FPSO (da sigla inglesa Floating, Production, Storage and Offloading) deverá ser ligada a um total de nove poços produtores e seis poços injetores.
O início de produção da P-67 marca a conclusão do investimento inicial de desenvolvimento de grandes infraestruturas pelo consórcio do BM-S-11 em Lula/Iracema, que, além da Galp, com uma participação de 10%, integra ainda a Petrobras, operadora do projeto, com 65%, e a Shell Brasil Petróleo Ltda., com os restantes 25%.
As nove unidades instaladas desde o início da década dispõem de uma capacidade combinada para processar diariamente 1,3 milhões de barris de petróleo e 56 milhões de metros cúbicos de gás natural.

Sobre a Galp
A Galp é uma empresa de energia de base portuguesa, de capital aberto com presença internacional. As nossas atividades abrangem todas as fases da cadeia de valor do setor energético, da prospeção e extração de petróleo e gás natural, a partir de reservatórios situados quilómetros abaixo da superfície marítima, até ao desenvolvimento de soluções energéticas eficientes e ambientalmente sustentáveis para os nossos clientes – sejam grandes indústrias que procuram aumentar a sua competitividade, ou consumidores individuais que buscam as soluções mais flexíveis para as suas casas e necessidades de mobilidade. Contribuímos ainda para o desenvolvimento económico dos 11 países em que operamos e para o progresso social das comunidades que nos acolhem. A Galp emprega 6.389 pessoas. Mais informações em www.galp.com.

Tags:

Sobre nós

Empresa de produção e distribuição de combustíveis e energia.

Subscrever

Media

Media