Galp Energia apresenta plano de investimentos até 2017

"Galp Energia apresenta plano de investimentos até 2017 com reforço da aposta no desenvolvimento dos projetos de exploração e produção de petróleo e gás"Texto e imagens nos ficheiros em anexo.Principais destaques:? Estratégia até 2017 acelera transformação da Galp Energia num operador integrado de energia? Exploração e produção de petróleo e gás deverão representar 70% do Ebitda em 2017? Aumento dos recursos de exploração (mean estimate unrisked) em 14%; dos recursos contingentes 3C em 21%; e das reservas 3P em 10%? Meta de produção de 300 mil barris por dia em 2020 reafirmada? FPSO Cidade de Paraty, com capacidade de produção de 120 mboepd, entra em operação no Lula Nordeste no 2 trimestre? Investimento médio anual de €1,4 mil milhões a €1,6 mil milhões entre 2013 e 2017, prevendo-se para 2013 um investimento de €1,2 mil milhões a €1,4 mil milhões de euros ? Dividendo de €0,24 por ação relativo ao exercício de 2012, em linha com a política de dividendosFotografias em anexo:Créditos: © Manuel Aguiar/Galp EnergiaFotografia 1: A FPSO Cidade de São Vicente opera atualmente no campo Lula, tendo produzido mais de 110 mil barris de petróleo e gás natural por dia no mês de dezembro, segundo a Agência Nacional dos Petróleos (ANP) brasileira. A Galp Energia detém 10% do consórcio que opera o bloco BM-S-11, ao largo do Rio de Janeiro, onde este campo se localiza.Fotografia 2: A FPSO Cidade de Paraty, com uma capacidade de produção de 120 mil barris diários de petróleo e gás, encontra-se em fase final de construção, devendo entrar em operação durante o segundo trimestre deste ano.Para mais informações contactar:Media Relations 351 217 242 680 351 917 596 444 (24 horas)http://press.galpenergia.comgalp.press@galpenergia.com

Tags:

Sobre nós

Empresa de produção e distribuição de combustíveis e energia.

Subscrever

Media

Media