Ocidenave faz várias estreias num só negócio

A pedido de um cliente libanês, a agência de navegação Ocidenave (Grupo Garland) fretou e embarcou dois transformadores pesados de 127 tons cada – mais os respetivos acessórios -, com destino à Argélia e esse negócio acabou por ser uma estreia em vários fatores. “Foi o primeiro fretamento efetuado pela Ocidenave com um novo armador de ‘Heavy Lifts’ - Ocean7 Projects -, naquela que foi também a viagem inaugural do navio ‘Abis Dusavik’, que saiu do estaleiro no último mês de março. Para além de a Ocidenave ser a primeira agência de navegação a atender comercialmente o navio, esta foi também a sua carga de estreia e o primeiro porto comercial, Leixões, a ser escalado pelo ‘Abis Dusavik’”, afirmou Carlos Fortuna, Manager Operations, Chartering and Project Cargo da Ocidenave.

Este navio é uma unidade criada especificamente para transporte de grandes volumes e peças pesadas, estando equipado com duas gruas de 150 toneladas cada, combináveis para levantar pesos até 300 toneladas. Possui um sistema de lastragem totalmente automático que vai compensando a inclinação do navio à medida que levanta os volumes com as suas gruas, de modo a mantê-los sempre em posição vertical e estável. Utiliza também uns “contrapesos” que são colocados na água de modo a estabilizar a oscilação lateral do navio quando tem as cargas suspensas das suas gruas. A Ocidenave contou também com a colaboração da tripulação do navio no planeamento da carga a bordo e na assistência ao serviço de carga.

A Ocidenave, originalmente chamada Agência Marítima Ocidente, foi fundada a 13 de fevereiro de 1951 e pertence ao Grupo Garland. Teve o seu início como agência de navegação e evoluiu para um leque integrado de serviços relacionados com a atividade portuária a nível nacional. Desde o seu início, é também agente de linhas regulares.

Tags:

Sobre nós

Empresa portuguesa de transporte internacional e logística, proporcionando soluções completas de transporte e logística.

Subscrever