12º Dia do Doente, Familiar e Dador

O 12º Dia do Doente, Familiar e Dador vai ter lugar no próximo dia 17 de março, sábado, no Centro de Congressos de Lisboa. Este dia é dedicado às pessoas que tiveram ou aguardam por um transplantes de medula óssea ou de células estaminais, familiares, cuidadores e dadores.

Lisboa, 12 de março de 2018 – A 44ª Reunião Anual do EBMT - European Society for Blood and Marrow Transplantation – vai ter lugar de 18 a 21 de março em Lisboa. Em associação com este evento comemora-se o 12º Dia do Doente Familiar e Dador, que terá lugar no sábado, 17 de março, no Centro de Congressos de Lisboa. Este dia é dedicado às pessoas que tiveram ou aguardam por um transplante de medula óssea ou de células estaminais, seus familiares, cuidadores e dadores.

Manuel Abecasis, Presidente da 44ª Reunião Anual do EBMT e Diretor do Departamento de Hematologia e do Programa de Transplantação de Medula Óssea do Instituto Português de Oncologia de Lisboa, sublinha: "O objetivo deste fórum é permitir que todas as partes envolvidas num processo de transplante troquem experiências e aprendam umas com as outras. Esta é uma ótima oportunidade para ouvir sobre os mais recentes resultados da pesquisa no campo do transplante de sangue e medula de um painel de especialistas. Acredito que esta será uma experiência única e memorável para todos os que consigam estar presentes".

Historicamente, este dia teve como objetivo alcançar doentes e famílias, no entanto, nos últimos anos, os temas relacionados com o dador foram integrados no programa e continuarão a ser integrados nos próximos anos. Mais de 26 milhões de pessoas em todo o mundo estão atualmente listadas como potenciais dadores voluntários de medula na esperança de salvar a vida daqueles que estão a lutar contra o cancro e doenças do sangue que ameaçam a vida.

Portugal tem atualmente 400 mil dadores voluntários, 61% mulheres e 39% homens – em número somos o 3º país da Europa – e 6 centros que fazem transplantes (3 em Lisboa, 2 no Porto e 1 em Coimbra). Em 2017 foram realizadas 89 colheitas em dadores voluntários nacionais das quais 40 foram destinadas a recetores nacionais e as restantes para 14 países, nomeadamente EUA (12), Alemanha (7), Espanha (7), Inglaterra (5), França (3), entre outros.

Durante o dia serão partilhadas experiências na primeira pessoa de doentes transplantados e de dadores, familiares e não relacionados. O 12º Dia do Doente Familiar e Dador foi cuidadosamente organizado por uma equipa do Departamento de Hematologia e do Programa de Transplantação de Medula Óssea do Instituto Português de Oncologia de Lisboa, o EBMT e associações de pacientes. O programa inclui sessões que abordarão tópicos como: "O que é um transplante hematopoiético"; "Escolha do produto hematopoiético para transplante"; "Diferentes fases na progressão do processo do transplante hematopoiético"; "Cuidados de enfermagem ao doente na unidade de isolamento"; "Cuidados de enfermagem ao doente no hospital de dia", o “Papel das Associações”, o Papel do registo de dadores de diferentes países, entre outros temas.

Nota: programa do dia em http://ebmt2018.org/pfdd/ 

Tags:

Sobre nós

Empresa farmacêutica.

Contactos

Subscrever