O que sabem os portugueses sobre a Hepatite C

72% dos portugueses considera a hepatite C uma doença muito grave
44% dos portugueses não consegue referir qualquer forma de transmissão da doença
52% não consegue referir qualquer forma de prevenção
42% afirma não estar nada informado sobre a doença
32% conhece alguém afetado pela hepatite C
51% sabe que existe uma cura para a hepatite C
 
Portugal tornou-se um exemplo em todo o mundo, ao ser o primeiro país a comprometer-se com a eliminação da Hepatite C. Segundo informação do INFARMED existem atualmente 1300 doentes curados ao abrigo desta estratégia. O compromisso com a eliminação da doença tem ainda importantes passos a dar, sendo a literacia em saúde um dos mais relevantes.

Para perceber o que sabem os portugueses sobre a Hepatite C, a GfK, em parceira com a Gilead Sciences, desenvolveu um estudo junto da população, com o intuito de compreender o seu conhecimento relativamente a esta doença - desde a prevenção ao diagnóstico, atitudes e comportamentos, bem como perceber até que ponto são prevalentes certos mitos e perceções incorretas sobre a Hepatite C.
Entre inúmeras conclusões, o estudo revela que, embora quase metade dos portugueses identifique a Hepatite C como a principal doença que afeta o fígado, mais de dois terços desconhece e é incapaz de referir aspetos específicos sobre a doença, desde características, a sintomas ou formas de transmissão.

Mesmo assim, aproximadamente metade dos inquiridos sabe que há cura para o VHC, e 58% sabe da existência de um teste de rastreio/diagnóstico.

O estudo teve como parceiros a Associação Portuguesa para o Estudo do Fígado, a Sociedade Portuguesa de Gastrenterologia, a Associação SOS Hepatites e o Grupo GAT, que garantiram a pertinência das questões abordadas junto da população e a sua exatidão científica.

Tags:

Sobre nós

Empresa farmacêutica.

Contactos

Subscrever