Hovione investe 5 milhões de euros em investigação científica

  • Hovione investe cinco milhões de euros em parcerias com universidades e estabelecimentos de ensino;
  • A comunicação dos projectos do Programa 9ºW começou hoje, o processo de inscrição para o procedimento de selecção está aberto por 15 dias.  Os 3 projectos são desafios de I&D e de formação cuja solução tem aplicação industrial imediata e encontram-se descritos no website www.hovione.pt ;
  • O Programa 9ºW foi apresentado, esta tarde, por Guy Villax, Administrador-Delegado da Hovione, em Conferência de Imprensa que teve lugar no Teatro Thalia, em Lisboa;
 
Lisboa, 28 de Setembro de 2016 : Foi hoje apresentado, em Lisboa, pela portuguesa Hovione o Programa 9ºW. Trata-se de uma iniciativa em que ao longo de três anos uma empresa portuguesa se propõe trabalhar em parceria com Instituições Académicas para desenvolver projectos inovadores, relevantes, que respondam às actuais e futuras necessidades da Hovione e da indústria farmacêutica em geral.
 
Na apresentação de hoje, dirigida por Guy Villax, Administrador-Delegado da Hovione, foram apresentados os três primeiros projectos que marcam o arranque desta iniciativa já em 2016:
 

 
  • Produção Contínua de Produtos Farmacêuticos : Projecto que pretende dar resposta aos desafios emergentes na indústria farmacêutica, relacionados com o novo paradigma de produção em contínuo. Neste âmbito, a Hovione anunciou recentemente uma parceria com uma empresa americana para a instalação de uma unidade de produção de medicamentos em contínuo na sua fábrica de New Jersey. Clique aqui para ler a Comunicação à Imprensa e a noticia no Chemical & Engineering News .
  • Laboratórios Analíticos Inteligentes: A área de química analítica tem tido um crescimento acentuado, não apenas na Hovione, mas na indústria farmacêutica em geral. Mercê do aumento do negócio e número de projectos e também do aumento da complexidade das moléculas que são desenvolvidas, este projecto irá envolver a utilização de sistemas inteligentes, automação e robótica nos laboratórios analíticos, para obter uma melhor utilização dos recursos existentes e dar respostas mais eficazes aos requisitos da indústria e dos seus reguladores.
  • Curso de Formação de Analistas Químicos: A área da química analítica regista um crescimento acentuado e, por outro lado, a indústria enfrenta uma escassez de recursos humanos formados. A Hovione pretende trabalhar em conjunto com o sistema de ensino para encontrar uma solução que permita formar os nossos jovens em áreas que têm uma elevada empregabilidade. A Hovione prevê instalar um laboratório de química analítica completamente dotado do mais moderno equipamento na própria instituição de ensino, para criar o ambiente de trabalho que permita desenvolver o saber fazer e os comportamentos certos.

Estiveram presentes nesta sessão de apresentação do programa 9ºW alguns parceiros da Hovione identificados pelas competências necessárias para o sucesso dos projectos. Durante a apresentação foram divulgados detalhes do programa, como o regulamento, seguido de um período de esclarecimento de dúvidas e discussão aberta relativamente a cada um dos projectos.
 
O processo de selecção ao programa 9ºW encontra-se descrito no website www.hovione.pt e está aberto por um período de quatro semanas. Não se trata de um processo público, mas a Hovione acolhe inscrições de investigadores que consideram reunir as valências necessárias. 
 
«Estamos muito empenhados neste programa, é a primeira vez que a Hovione monta um processo que procura mobilizar o conhecimento das instituições académicas para resolver problemas concretos que enfrentamos na nossa actividade industrial.  Queremos construir parcerias invulgares para vencer desafios ambiciosos.  Uma boa parte do sucesso da Hovione é devido à qualidade dos diplomados que saem das nossas faculdades; o passo que estamos a dar é mais outra forma de transformar em valor e emprego a grande diversidade e profundidade de saber que encontramos nas nossas instituições de ensino.  Não vai ser um processo fácil.  Ao criar parcerias com as universidades, com os politécnicos ou com as escolas profissionais com intuitos ambiciosos ou estruturantes estamos a inovar e é provável
 que tudo não saia certo à primeira.  Vamos aprender com os nossos erros e persistir pois duas cabeças pensam sempre melhor que uma só.», sublinhou Guy Villax.
 
E acrescentou, «A Inovação na Hovione não se limita apenas em apoiar programas de doutoramento e investigação em áreas de ciência e tecnologia de ponta. A inovação tem de estar presente em todo o lado e a todos os níveis da Empresa. A gama de projectos é vasta, alguns precisam de automação, robótica e computação.  Outros, tais como a criação de ambientes de trabalho para qualificar técnicos de laboratório que saem das escolas profissionais, podem parecer menos sofisticados mas são igualmente cruciais para sustentar o crescimento da Hovione. Ficamos muito satisfeitos em incluir no 9ºW um mecanismo para qualificar jovens  e aumentar a sua empregabilidade na Hovione mas também na indústria farmacêutica portuguesa e não só pois há grande escassez de técnicos de química analítica pelo mundo fora. O impacto da mão-de-obra altamente qualificada irá reforçar, de forma significativa, a competitividade da  Empresa a nível global», refere o Administrador-Delegado da Hovione.
 
A Hovione investiga e desenvolve novos processos químicos e produz princípios ativos para a indústria farmacêutica mundial. Emprega mundialmente  cerca de 1500 pessoas, das quais 815 em Portugal. A Hovione é o maior empregador privado de doutorados em Portugal (44) e  tem presentemente cinco programas de doutoramento na Empresa. A sua atividade de investigação e desenvolvimento em Portugal emprega 220 técnicos e cientistas. Para mais informação visite www.hovione.com

Tags:

Subscrever