Design Democrático chega ao Algarve

A primeira loja da IKEA na região sul de Portugal, abriu a 30 de março e foi com entusiasmo e ansiedade que os primeiros clientes IKEA Loulé conheceram as soluções de mobiliário e decoração, que combinam forma, função, qualidade e sustentabilidade a preços baixos - as vertentes do Design Democrático que faz parte do conceito de negócio da marca sueca.

Para Marta Cunha, responsável de design de interiores IKEA , “conhecer a forma como os algarvios vivem nas suas casas, foi fundamental para planear esta loja no sentido de torná-la ainda mais relevante e inspiradora para as famílias no sul do país.”

Abdelhak Ayadi é o diretor da IKEA Loulé, conta com 25 anos de experiência na IKEA e explica que “Na IKEA dedicamos-nos a estudar os hábitos da vida em casa nas várias regiões. Desta forma, conseguimos ser ainda mais relevantes para os nossos clientes nos diferentes mercados. Foi o que fizemos no Algarve. Sabemos, por exemplo, que aqui as casas são maiores do que em Lisboa ou no Porto e que 42% das famílias são compostas por três ou mais pessoas, o que nos levou a procurar soluções flexíveis para responder a todos os desafios que surgem na gestão familiar. Demos, por exemplo, colocámos em destaque os sofás-cama, que consideramos ser um produto muito relevante no sul do país, em parte pelatendo em conta a expressão do mercado de arrendamento”.

Uma loja IKEA com um novo conceito

Nesta única loja no Algarve, a IKEA apresenta também um novo conceito. Toda a loja foi planeada para que os clientes IKEA possam conseguir fazer uma visita inspiradora completa, ou, em alternativa, fazer uma visita mais breve para compras de conveniência, através de atalhos criados para o efeito. Também os pontos de informação e sistemas de chamada foram também reorganizados para que todos os departamentos contem com a presença imediata de colaboradores no acompanhamento dos clientes IKEA. Mais de um milhão de euros foram também investidos em painéis solares para esta loja, que serão instalados até ao verão

Esta loja surge enquadrada no plano de expansão do Grupo IKEA, que prevê 10 pontos de contacto físico com o cliente em Portugal, até 2025.

Este projeto completo – loja, centro comercial e outlet - envolve um investimento total de 200 milhões de euros do grupo sueco em Portugal e na região algarvia em particular.

Tags:

Sobre nós

Comercialização de móveis e artigos de decoração para a casa.

Subscrever

Media

Media