IKEA ILUMINA PARIS COM A ENERGIA DAS PESSOAS

O Grupo IKEA acaba de transformar os Campos Elísios, em Paris, num centro de produção de energia 100% renovável, com a instalação de uma turbina eólica de 20 metros de altura e 440 painéis fotovoltaicos, em pleno centro da capital francesa. Até 6 de dezembro, o objetivo é desafiar os cidadãos a dar uma pedalada sustentável, nas 25 plataformas interativas, nas quais cada visitante pode gerar energia, através de bicicletas e outros equipamentos, instalados na principal avenida parisiense.
 
"As alterações climáticas são um dos maiores desafios mundiais e precisamos de ter compromissos e desenvolver ações arrojadas para encontrar uma solução. É por isso que na IKEA estamos a apostar tudo em transformar o nosso negócio, para assegurar que se adapta ao futuro e que conseguimos ter um impacto positivo. Isto inclui o foco de usarmos 100% de energia renovável nas nossas operações, ao investirmos em energia solar e eólica, e convertermos toda a nossa gama de iluminação em LED, a preços acessíveis, ajudando muitos milhões de famílias a viver de forma mais sustentável em sua casa ”, comenta Christiane Thomas, retail manager da IKEA Portugal. 
 
Esta ação de rua nos Campos Elísios espelha a atitude ambiciosa da marca sueca na área da sustentabilidade, que no seguimento da sua estratégia ambiental ‘Pessoas Positivas, Planeta Positivo’, reforça a sua missão no alcance da independência energética, ao mesmo tempo que estimula uma intervenção alargada dos cidadãos. A IKEA demonstra uma vez mais que com gestos simples, facilmente ao alcance de todos, é possível poupar energia e assim reduzir significativamente o nosso impacto no ambiente.
 
A iniciativa é levada a cabo no âmbito do COP21, em parceria com a ADEME (a Agência francesa para a gestão do ambiente e energia), a Fundação Nicolas Hulot e o município de Paris. Para obter mais inspiração na adoção de uma vida mais sustentável em casa visite www.IKEA.fr/cop21 .

Tags:

Sobre nós

Comercialização de móveis e artigos de decoração para a casa.

Subscrever

Media

Media