Destaques 5º dia IndieLisboa

Ontem Meneo deu um concerto épico para uma casa cheia no Primeiro Andar.

Quem perdeu este momento poderá vê-lo no link http://new.livestream.com/Indielisboa/events/2948605

O público terá ainda muitas oportunidades para se divertir com os convidados e a equipa do IndieLisboa, todas as noites no espaço oficial do festival - o Primeiro Andar. Hoje e amanhã juntam-se a nós em Lisboa os realizadores Chris Gude (Mambo cool), Dominga Sotomayor (La Isla), Heinz Emigholz (The Airstrip - Decampment Of Modernism, Part III), Manuel Abramovich (La Reina), Paula Gaitan (Memória da Memória), Sebastian Mez (Substanz) e Yan Giroux (Mi nina mi vida).

Destaques 5º dia do festival - 28 de Abril

Chegados quase a meio do IndieLisboa, no 5º dia os destaques vão para a Competição Internacional de Curtas 4, a decorrer no Pequeno Auditório da Culturgest, às 16h30. Em Pouco Mais de Um Mês André Novais Oliveira (que também realiza o filme) e a sua namorada retratam o momento em que dois amantes se conhecem; na curta Que je tombe tout le temps? de Eduardo Williams, um jovem parte à procura de uma semente exótica; em Prehistoric Cabaret, de Bertrand Mandico, assistimos a uma colonoscopia de uma mulher em palco; Symphony no. 42 apresenta a interação dos homens com a natureza, através dos escritos de Darwin, uma animação realizada por Reka Bucsi; o último filme da sessão é Working to Beat the Devil, um documentário de Chu-Li Shewring e Adam Gutch sobre Guy Shewring, cientista que tenta descobrir os segredos da criação da vida.

Gilles Deroo e Marianne Pistone realizam Mouton, outro dos destaques de amanhã, em exibição na sala 3 do Cinema São Jorge a partir das 18h45. Nesta longa metragem ficamos a conhecer Mouton, um rapaz emancipado da sua mãe por ordem judicial, que inicia a sua independência como aprendiz de cozinha no restaurante de uma pequena vila costeira da Normandia. De um realismo e uma sensibilidade impressionantes, Mouton certamente conquistará o público atento à Competição Internacional.

Às 19h, na sala 1 do Cinema City Campo Pequeno mostramos Pinta, um filme de Jorge Alencar, uma comédia “erótica pornochanchesca” na qual o realizador prova que não há limites para as experiências com cinema. Na sala 3, às 22h assistimos a outro objecto pouco convencional - L for Leisure, de Lev Kalman e Whitney Horn, é uma comédia carregada de ironia que retrata as férias de vários estudantes no ano lectivo de 1992-1993. Estes dois filmes integram a secção Cinema Emergente.

Destaque ainda para Double Play: James Benning and Richard Linklater, destaque da secção Director’s Cut, um documentário de Gabe Klinger que retrata a amizade entre os dois cineastas americanos e que pode ser visto às 19h na Cinemateca Portuguesa.

Programação http://www.indielisboa.com/downloads/jornal-IndieLisboa2014.pdf
calendário de sessões http://indielisboa.com/indie/wp-content/uploads/CalendarioIndieLisboa2014.pdf
imagens dos filmes www.indielisboa.com/filmstills
excertos de filmes www.indielisboa.com/filmclips

O IndieLisboa'14 é organizado pela IndieLisboa - Associação Cultural, com o apoio financeiro do Secretário de Estado da Cultura/ICA - Instituto do Cinema e do Audiovisual, da CML - Câmara Municipal de Lisboa, do Programa MEDIA, da União Europeia e da Allianz Portugal; em co-produção com a Culturgest e o Cinema São Jorge e em parceria estratégica com a EGEAC - Empresa de Gestão de Equipamentos e Animação Cultural, EEM.

Tags:

Sobre nós

Festival de cinema com a duração de 11 dias, que decorre anualmente em Lisboa.

Subscrever