Crescimento de 106% no 2º trimestre impulsiona volume de investimento imobiliário no semestre para mais de €1.000 milhões

·         JLL assessorou negócios no valor de €288 milhões, equivalente a 29% do capital investido em imobiliário comercial nos primeiros seis meses de 2017.
·         Retalho é o setor dominante, com 40% do investimento do semestre e logística aumenta o seu peso 10 vezes, crescendo para os 30%.
·         Investidores estrangeiros investiram €902 milhões em imobiliário no 1º semestre, 90% do total.
·         JLL identifica pelo menos mais €1.500 milhões de negócios potenciais, considerando os mandatos que tem atribuídos para a venda de ativos.
 
LISBOA,21 de julho 2017 – O investimento em imobiliário comercial em Portugal disparou para os €651 milhões no 2º trimestre deste ano, mais que duplicando (+106%) os €315 milhões transacionados em igual período do ano passado e crescendo 83% face ao trimestre anterior, quando foram investidos €356 milhões. Depois de um recuo de 37,5% na atividade durante o 1º trimestre, a performance excecional do 2º trimestre impulsionou para mais de €1.000 milhões o volume de investimento no 1º semestre do ano, apurou a JLL.
 
A consultora imobiliária teve um importante contributo para esta dinâmica, sendo responsável pela realização de negócios no valor de €288 milhões, ou seja, 29% do volume transacionado no semestre. Este volume quase duplica o valor dos negócios assessorados pelo Departamento de Capital Markets da consultora no total do ano 2016.
 
Em comentário, Pedro Lancastre, Managing Director da JLL, sublinha que “tem sido mais um grande ano para o mercado de investimento em Portugal e, da nossa parte, estamos muito orgulhosos por contribuir para esta atividade e participar nas principais operações. O mercado teve um volume de investimento recorde no primeiro semestre e, mesmo assim, tudo indica que o melhor do ano ainda está para vir”.
 
Só a JLL tem em mãos mandatos para a venda de mais de €1.500 milhões de ativos imobiliários. Tendo em conta as negociações e diligências que temos em curso no âmbito destes mandatos, tudo nos leva a crer que grande parte deste volume de investimento se vá concretizar ainda no decurso do ano. Por isso, 2017 tem tudo para ser um ano histórico para o imobiliário português, superando a barreira máxima dos € 1.764 milhões atingidos em 2015”, diz o Managing Director da consultora.
 
ENCONTREM EM ANEXO PRESS RELEASE COMPLETO
 


[1] Imobiliário comercial inclui a transação de imóveis de escritórios, retalho, industrial e logística, bem como de hotelaria. Na análise da JLL estão excluídas as aquisições de imóveis habitacionais e de edifícios para reabilitação.

[2] Variação homóloga face ao 1º trimestre de 2016. Neste período tinham sido investidos €570 milhões.

Tags:

Sobre nós

Empresa de serviços financeiros e profissionais especializada em serviços de imobiliário e gestão de investmento, desenvolvendo a sua atividade nos mercados de escritórios e retalho, nas áreas de agência, investimento, corporate solutions, consultoria e avaliações, gestão de imóveis, arquitectura/obras e research.

Subscrever