Investimento imobiliário em Portugal cresce 130% para os 715 milhões de euros

O investimento em imobiliário comercial em Portugal terá atingido os €715 milhões em 2014, de acordo com as previsões apontadas pela consultora imobiliária JLL no seu mais recente Market Pulse, relatório que apresenta os dados preliminares da performance do mercado imobiliário português no 4º trimestre de 2014. Este volume representa um crescimento de 130% face ao investimento concretizado em 2013 (€312 milhões) e equipara-se aos níveis registados em 2008 e 2010, de respetivamente €704 milhões e €760 milhões.

Nos mercados de ocupação o ano foi também de acentuada retoma de acordo com a JLL, que estima um crescimento da absorção de escritórios entre os 30% e os 40% e a entrada de um total de mais de 30 novas lojas nas principais zonas de comércio de rua em Lisboa.

Para Pedro Lancastre, diretor geral da JLL Portugal , “ o volume de investimento no total de 2014 de €715 milhões confirma uma retoma plena do mercado imobiliário nacional e da sua projeção internacional, já que a quase totalidade deste volume foi transacionado por investidores estrangeiros. 2015 terá tudo para dar sequência a este crescimento e poderá ser mesmo um ano recorde em termos de investimento, tendo em conta algumas operações de grande dimensão que estão a ser negociadas e que não foram concretizadas em 2014. Os preços competitivos aliados a rentabilidades elevadas e às perspetivas de melhoria das condições económicas vão continuar a estar na base da aposta que os investidores fazem em Portugal. Contudo, já começa a assistir-se a alguma escassez do lado da oferta em termos de adequação aos requisitos da procura, pelo que a “pequena” dimensão do nosso mercado poderá limitar uma retoma que poderia ser ainda mais expressiva”.

Quanto aos mercados de ocupação, Pedro Lancastre comenta que “o ano de 2014 foi a confirmação da inversão do ciclo de queda nos escritórios e consolidou o percurso de crescimento do comércio de rua, com muita procura por parte de lojistas e consumidores. Quer para os escritórios quer para o retalho, as expectativas são otimistas, prevendo-se que a tendência de crescimento tenha vindo para ficar ”.

Junto se envia press release completo com a análise da performance do mercado imobiliário português nos segmentos de investimento, escritórios e retalho.

Tags:

Sobre nós

Empresa de serviços financeiros e profissionais especializada em serviços de imobiliário e gestão de investmento, desenvolvendo a sua atividade nos mercados de escritórios e retalho, nas áreas de agência, investimento, corporate solutions, consultoria e avaliações, gestão de imóveis, arquitectura/obras e research.

Subscrever