JLL e WORX instalam InnoWave no Edifício Europa

A JLL e a Worx acabam de fechar a operação de arrendamento dos novos escritórios em Lisboa da empresa tecnológica de origem portuguesa InnoWave no Edifício Europa. Nesta transação, que envolveu a ocupação de 607 m² de escritórios e de sete lugares de estacionamento, o proprietário do edifício, a Sogiurbe – Sociedade de Gestão Imobiliária, foi representado pela JLL. A Worx assessorou o inquilino.

O facto de uma empresa especializada em tecnologia ter escolhido este imóvel para instalar o seu escritório é a prova de que o mercado reconhece a qualidade e as soluções tecnológicas avançadas do Edifício Europa, que beneficia ainda de uma relação preço-qualidade muito competitiva tendo em conta as suas características e as excelentes acessibilidades ”, observa Tiago Trezentos, Consultor Senior de Office Agency da JLL.

 “ As empresas de IT estão a crescer e, nesse sentido, a Innowave necessitou de encontrar um espaço onde conseguissem crescer e desenvolver o seu negócio. O edifício Europa foi escolhido por cumprir todos os requisitos e permitir um futuro aumento de área ”, afirma Afonso Almeida Fernandes, Agency Consultant da Worx.

De origem portuguesa e sediada em Lisboa, a InnoWave é uma empresa de soluções tecnológicas, especializada em sistemas BSS, OSS e Multimédia. Com uma forte vocação internacional, a empresa tem clientes e projetos em Portugal, Bélgica – país onde tem também escritório - Espanha, Reino Unido, Dinamarca, Holanda, Noruega, Itália, Japão, Brasil e Estados Unidos.

O Edifício Europa localiza-se na confluência da avenida José Malhoa com a rua Basílio Teles, beneficiando da proximidade à Praça de Espanha e a Sete Rios e aos terminais intermodais de transportes aí existentes. Comercializado em exclusivo pela JLL, conta com 14.435 m² de Área Bruta Locável distribuídos por 9 pisos acima do solo e um intermédio, complementados por quatro pisos em cave para estacionamento e arrecadação. Entre os seus inquilinos incluem-se empresas como a Atos, Coface, Repsol, Motorola ou a GCI, entre outras.

O imóvel é detido pela Sogiurbe – Sociedade de Gestão Imobiliária, uma das empresas através da qual a espanhola IOSA Inmuebles atua em Portugal, e está neste momento com uma taxa de ocupação de cerca de 85%.

Tags:

Sobre nós

Empresa de serviços financeiros e profissionais especializada em serviços de imobiliário e gestão de investmento, desenvolvendo a sua atividade nos mercados de escritórios e retalho, nas áreas de agência, investimento, corporate solutions, consultoria e avaliações, gestão de imóveis, arquitectura/obras e research.

Subscrever

Media

Media