JLL instruída para vender o icónico JW Marriott Grosvenor House Hotel em Londres

O maior hotel da zona de Mayfair, com 494 quartos, protagonizou em 2010 a maior transação de hotéis alguma vez registada na cidade de Londres. Está arrendado à Marriott International por mais 37 anos.

LISBOA, 21 abril 2015 –  A JLL Hotels & Hospitality Group foi mandatada para proceder à venda, em regime de exclusividade, daquele que é o maior hotel de luxo da cidade de Londres: o JW Marriott Grosvenor House Hotel. Em 2010, o luxuoso cinco estrelas protagonizou aquela que foi a maior transação de venda de sempre de uma unidade hoteleira na cidade de Londres.

Localizado nos números 86-90 de Park Lane, com vista para o Hyde Park, este hotel histórico conta com 494 quartos, dos quais 74 são suítes, e compreende uma área total de 56.700 m². Um dos maiores equipamentos do género em toda a cidade, o seu centro de conferências e reuniões ocupa uma área de 5.660 m² divididos em 31 salas, incluindo o Grande Salão, que é o maior espaço de gala de um cinco estrelas em toda a Europa. Dentro do hotel podem também ser encontrados alguns dos mais famosos bares e restaurantes da capital inglesa, caso dos emblemáticos JW Steakhouse & Terrace, Corrigan’s Mayfair, Park Room & Library, Red Bar, Bourbon Bar e o Park Lane Market. Em 2008 a unidade foi alvo de um avultado investimento na sua renovação, no valor de 135 milhões de libras.

Mark Wynne-Smith, Global CEO, JLL Hotels & Hospitality Group comenta : “ O icónico JW Marriott Grosvenor House é o maior hotel de Mayfair, com 494 quartos e uma área bruta de 56.700 m². A última transação de hotéis registada em Park Lane aconteceu há dois anos e desde então o mercado tem vindo a fortalecer-se, pelo que estamos francamente otimistas em relação ao interesse que este processo irá despertar junto dos investidores. O hotel distingue-se dos seus pares em Park Lane graças não só aos seus diversos equipamentos na área dos eventos, mas também porque está arrendado ao Marriott International, o que, a nosso ver, o torna um ativo muito apelativo para um vasto leque de investidores locais e globais ”.

Projetado pelo conceituado arquiteto Sir Edwin Luytens, de Nova Deli, o hotel foi o primeiro na Grã-Bretanha a integrar suítes com casa-de-banho privada e água corrente em cada quarto, quando abriu portas em 1929. Foi construído no terreno de Grosvenor House, que era a residência londrina dos Duques de Westminster, cujo nome de família é Grosvenor.
 
Em anexo, Press Release em versão word.

Tags:

Sobre nós

Empresa de serviços financeiros e profissionais especializada em serviços de imobiliário e gestão de investmento, desenvolvendo a sua atividade nos mercados de escritórios e retalho, nas áreas de agência, investimento, corporate solutions, consultoria e avaliações, gestão de imóveis, arquitectura/obras e research.

Subscrever