JLL volta a ser escolhida para comercializar um grande projeto comercial do Grupo IKEA em Portugal

Consultora dinamizou ocupação do recém-inaugurado MAR Shopping Algarve e tinha já comercializado MAR Shopping Matosinhos
 
LISBOA, 31 de outubro 2017 – Repetindo o sucesso registado aquando da estreia dos centros comerciais do Grupo IKEA no nosso país, a JLL voltou a ser escolhida pelo promotor (IKEA Centres) para assegurar o processo de comercialização[1] do seu segundo grande projeto em Portugal: o MAR Shopping Algarve. A JLL já tinha sido responsável pela comercialização do MAR Shopping Matosinhos, inaugurado em 2008. Em ambos os centros, a consultora garantiu uma taxa de comercialização perto de 100% à data da abertura, com um mix de lojas inovador, diversificado e que introduziu muitas novidades para os consumidores das respetivas regiões, incluindo a estreia de diversas marcas e a aposta em lojas diferenciadas, quer pela dimensão quer pelo conceito.
 
“A qualidade do projeto, o seu posicionamento para o consumidor do século XXI e o facto de ter o cunho de um dos maiores especialistas mundiais no retalho e uma marca bem conhecida do grande público, o grupo IKEA, fizeram com que a comercialização das 110 lojas do MAR Shopping Algarve fosse um verdadeiro sucesso. O centro criou mesmo condições para que o Algarve voltasse ao mapa de expansão dos grandes retalhistas, sendo o palco escolhido por alguns para introduzir novas marcas na região”, comenta Patrícia Araújo, Head of Retail da JLL. “A nossa equipa de Retail Leasing deu o seu melhor na comercialização deste shopping, como aliás tínhamos já feito em Matosinhos, e conseguimos reunir um mix de marcas que não deixa dúvidas quanto à grande capacidade de atração de consumidores que o projeto terá e ao seu impacto na região”.
 
O centro comercial situado em Loulé integra-se num empreendimento complementado por uma loja IKEA com 24.000 m2 e um outlet de 17.000 m2. No total, o conjunto comercial aumenta o stock nacional de retalho em 82.000 m2, aos quais se devem juntar, ainda este ano, os cerca de 16.500 m2 do Évora Shopping, na cidade alentejana. Para 2018, está prevista a expansão do Norte Shopping, em Matosinhos, com 21.000 m2, e posteriormente apenas se conhece o projeto de expansão do Colombo, ainda sem data concreta, o que demonstra bem a maturidade do mercado. O mercado de centros comerciais em Portugal conta atualmente com um stock de 3,7 milhões de m2, traduzindo um total de 279 m2 de ABL por 1.000 habitantes, acima da média europeia de 212 m2/1.000 habitantes. Com um percurso de mais de 30 anos, esta indústria registou uma forte expansão entre o final dos anos 90 e a primeira década de 2000, com cerca de 1.03 milhões de m2 a inaugurarem entre 2007 e 2011. Nos últimos seis anos, o mercado travou a fundo e, neste período, contabilizam-se apenas 183.002 m2 ([2]) , dos quais a quase totalidade (97%) abre portas este ano (98.419 m2) e no ano passado (78.583 m2).
 
A JLL é líder no setor dos centros comerciais em Portugal, tendo um papel ativo na evolução desta indústria ao longo das duas últimas décadas. A consultora esteve envolvida na comercialização de alguns dos mais importantes empreendimentos comerciais a abrir portas no país ao longo destes anos, incluindo os dois projetos da IKEA Centres – MAR Shopping Matosinhos e, agora, o Algarve; os projetos do Grupo Auchan, Alegro Alfragide e Setúbal; o Palácio do Gelo Shopping (Viseu); o Braga Parque; o Glicínias (Aveiro); o Foz Plaza (Porto); o Campo Pequeno (Lisboa); o Albufeira Retail Park ou o Portimão Retail Center, ambos no Algarve; os Vivaci Guarda e Caldas da Rainha; entre outros.
 
PRESS RELEASE versão word em anexo
 


[1]O processo de comercialização do centro comecrial exclui a restauração.

[2]Inclui a oferta prevista inaugurar até final do corrente ano.

Tags:

Sobre nós

Empresa de serviços financeiros e profissionais especializada em serviços de imobiliário e gestão de investmento, desenvolvendo a sua atividade nos mercados de escritórios e retalho, nas áreas de agência, investimento, corporate solutions, consultoria e avaliações, gestão de imóveis, arquitectura/obras e research.

Subscrever