Mercado imobiliário de Angola está mais maduro

Relatório do Mercado Imobiliário de Angola 2014, produzido pela Abacus Angola em associação com a JLL evidencia um mercado que continua a caminhar para um estado de maior maturidade

O mercado imobiliário de Angola continua a registar um bom ritmo de desenvolvimento, caminhando para uma fase de maior maturidade e consolidação, refere o estudo “Mercado Imobiliário de Angola 2014”, produzido pela Abacus Angola em conjunto com a JLL, no âmbito da recém anunciada associação das duas consultoras para o mercado angolano.

É esperado crescimento em todos os segmentos de mercado, uma tendência impulsionada pelo desenvolvimento económico do país, que tem gerado novas necessidades imobiliárias. Luanda continua a concentrar os principais pólos imobiliários de Angola, embora outras províncias como Lobito/Benguela, Soyo e Cabinda - ainda que numa escala diferente - possam também vir a desenvolver-se em termos imobiliários. Nestes casos, esse desenvolvimento deverá ser fortemente alicerçado no investimento empresarial, refere o estudo.

Paulo Trindade, Diretor Geral e Partner da Abacus Angola, sublinha: “O crescimento económico do país, e o consequente crescimento das empresas, o aumento do número de negócios e do número de expatriados,a par com a melhoria do poder de compra dos angolanos, têm criado necessidades crescentes de espaços para trabalhar e residir, assim como para fazer compras.

Podemos afirmar que o mercado imobiliário de Angola continua num bom ritmo para a maturidade, atestado pela exigência dos clientes e utilizadores dos ativos imobiliários”.

Junto se envia press release completo, com informação detalhada sobre o mercado imobiliário Angolano.

Enviamos ainda link para download de duas imagens de Luanda. As mesmas imagens em baixa resolução estão também em anexo.

Tags:

Sobre nós

Empresa de serviços financeiros e profissionais especializada em serviços de imobiliário e gestão de investmento, desenvolvendo a sua atividade nos mercados de escritórios e retalho, nas áreas de agência, investimento, corporate solutions, consultoria e avaliações, gestão de imóveis, arquitectura/obras e research.

Subscrever

Media

Media