Ocupantes corporativos e investidores acreditam que os eleitores irão evitar o Brexit, revela inquérito da JLL

LISBOA, 22 junho 2016 –  Num inquérito recente da JLL a ocupantes corporativos de primeira linha e investidores sedeados no Reino Unido sobre a sua visão de negócio face ao referendo de amanhã, dia 23 de junho, a propósito da permanência na União Europeia, 80% dos inquiridos acredita que os eleitores britânicos votarão contra o Brexit.
 
O inquérito realizado pela consultora imobiliária mostra ainda que:
 

  • Os investidores estão menos receosos do que os ocupantes corporativos em relação ao impacto do Brexit nas suas estratégias imobiliárias de longo prazo
  • O mercado de escritórios de Londres é visto como o segmento imobiliário que sofrerá o maior impacto em caso de saída da União Europeia

Em comentário à situação que se vive atualmente no Reino Unido com a realização do referendo e aos eventuais impactos do Brexit, Fernando Ferreira, diretor de Investimento da JLL Portugal,  explica: “Sempre que existe um clima de incerteza na UE isso tem um impacto direto na atividade de investimento em Portugal, porque aumenta a insegurança dos investidores, que tendem a refugiar-se em mercados europeus mais core, como a França ou a Alemanha. A estabilidade é palavra-chave em qualquer estratégia de investimento e Portugal poderá vir a sofrer efeitos colaterais, já que o peso do Reino Unido em tudo o que se passa na UE é muito forte”.
 
Junto se envia press release completo bem como a versão integral do inquérito em PDF.

Tags:

Sobre nós

Empresa de serviços financeiros e profissionais especializada em serviços de imobiliário e gestão de investmento, desenvolvendo a sua atividade nos mercados de escritórios e retalho, nas áreas de agência, investimento, corporate solutions, consultoria e avaliações, gestão de imóveis, arquitectura/obras e research.

Subscrever