Volume global de investimento imobiliário deverá ultrapassar 1 trilião de dólares em 2020 impulsionado pelo envelhecimento da população mundial, diz a JLL

  • Investimento internacional será responsável por mais de 50% da atividade transacional anual nos próximos cinco anos
  • À medida que aumenta a escassez na oferta de produtos de investimento tradicionais, classes alternativas de ativos como as M&A ou as joint-ventures são cada vez mais contempladas pelos investidores imobiliários, colocando novos desafios ao setor.

LISBOA|CANNES, 17 MARÇO, 2016 – O envelhecimento global da população irá fazer com que o volume anual de investimento imobiliário ultrapasse a barreira do trilião de dólares até 2020 a nível mundial, um valor superior aos 700 biliões de dólares transacionados em 2015, conclui um novo relatório agora divulgado pela JLL.

O documento prevê também que o investimento institucional aumente a sua quota de mercado, que atualmente ronda os 20%, devido à necessidade de satisfazer os requisitos de investimento da população global em envelhecimento.

Esta tendência deverá ser encabeçada pelos investidores internacionais, que serão os seus principais influenciadores. É de prever que o investimento estrangeiro represente mais de 50% de toda a atividade até 2020, cifrando-se em mais de 500 biliões de dólares anuais, sendo que o maior crescimento deverá acontecer ao nível dos fluxos de capital que se movimentam entre as diferentes regiões do globo.
 
Junto se envia press release completo, divulgado hoje no MIPIM.

Tags:

Sobre nós

Empresa de serviços financeiros e profissionais especializada em serviços de imobiliário e gestão de investmento, desenvolvendo a sua atividade nos mercados de escritórios e retalho, nas áreas de agência, investimento, corporate solutions, consultoria e avaliações, gestão de imóveis, arquitectura/obras e research.

Subscrever