Hospitais CUF de Lisboa são as primeiras unidades privadas de saúde a divulgar dados de sobrevida dos doentes oncológicos

Os hospitais CUF de Lisboa – CUF Descobertas e CUF Infante Santo - acabam de divulgar os resultados clínicos dos doentes oncológicos tratados, avaliando a sua sobrevida a cinco anos. Os resultados agora conhecidos evidenciam taxas de sobrevida ao nível dos melhores resultados nacionais e internacionais.
 
De acordo com a análise efetuada, no Cancro da Mama a sobrevivência global aos cinco anos dos doentes tratados nos Hospitais CUF de Lisboa é de 89%. No caso do Cancro da Próstata a sobrevivência global aos cinco anos é de 92%. Estas e outras taxas de sobrevida alcançadas em outros tumores estão alinhadas com as melhores referências nacionais e internacionais.
 
É a primeira vez que unidades de saúde privada em Portugal apresentam resultados clínicos para os principais tumores. A publicação deste tipo de resultados clínicos por instituições que se dediquem ao tratamento do cancro revela-se de extrema importância não só para médicos, mas principalmente como informação objetiva para doentes e familiares no seu processo de escolha.
 
De acordo com Joaquim Gouveia, Oncologista e responsável pelo Registo Oncológico dos Hospitais CUF Lisboa, “desde sempre que nos comprometemos com o estudo da epidemiologia oncológica no âmbito do Registo Oncológico Regional Sul, disponibilizando informação que permita não só avaliar o desempenho e resultados alcançados pelas nossas equipas clínicas, mas, também, contribuir para o estudo do cancro, aspeto fundamental para o tratamento futuro da doença”.

Os resultados alcançados são fruto de uma qualidade clínica hospitalar e de uma organização multidisciplinar integrada e centrada no doente, bem como da rapidez no acesso a meios de diagnóstico e tratamento altamente diferenciados, suportados em equipas clínicas experientes e em técnicas inovadoras.

Tags:

Sobre nós

Empresa de prestação de cuidados de saúde em Portugal.

Subscrever