Hospital CUF Viseu avalia Glaucoma em doentes de risco

Dia 10 de março, sexta-feira, das 9h30 às 17h30
O Glaucoma afeta, atualmente, 100 mil portugueses e é principal causa de cegueira irreversível em Portugal e no Mundo. Perante esta realidade e associando-se às iniciativas da Semana Mundial do Glaucoma, a equipa de Oftalmologia da CUF Viseu disponibiliza à população com mais de 50 anos uma avaliação do risco de Glaucoma. Pretende-se alertar a população para os factores de risco e diagnosticar  precocemente uma doença que não apresenta sintomas iniciais.
No dia 10 de março, das 9h30 às 17h30 , no piso 0 do Hospital CUF Viseu, estará disponível gratuitamente um técnico de Ortóptica e um médico especialista em Oftalmologia para medição da pressão ocular e avaliação do nervo óptico. Não é necessária marcação prévia e está destinada a pessoas que se enquadrem nos seguintes fatores de risco: mais de 50 anos ou com historial de Glaucoma em familiares diretos, alta miopia, uso continuado de corticóides, inflamação e história de traumatismo ocular.
O Glaucoma engloba a um grupo de doenças oculares que provoca danos irreparáveis no nervo óptico - o nervo que carrega as informações visuais recebidas pelo olho até ao cérebro. Trata-se de uma doença crónica, que pode provocar cegueira, mas que tem tratamento. O prognóstico é tanto melhor quanto mais cedo for diagnosticado o problema.

Tags:

Sobre nós

Empresa de prestação de cuidados de saúde em Portugal.

Subscrever