Casa das Letras – 24 Maio 2017

Informação de Agenda

O lançamento do livro “Só Duas Coisas Que, Entre Tantas, Me Afligiram”, de Alice Vieira é hoje (24 de maio), às 18h30, na Livraria LeYa na Buchholz, em Lisboa. O livro será presentado por Júlio Isidro.

Nas memórias que marcaram o meu mundo e nas nossas memórias colectivas, do nosso mundo português, só duas coisas que, entre tantas, me afligiram…, mas mesmo apenas uma ou duas, porque as lembranças de lugares marcantes como o bar do Rick, em Casablanca ; o teatro Capitólio; o Santini, em Cascais; o irrequieto mar do Guincho; a redacção do Diário de Lisboa ; a tertúlia do café Monte Carlo; o pequenino mundo que começava e acabava no boulevard Richard Lenoir, em Paris, não me afligiram. De todo. Entraram na minha vida e insistiram, teimosamente, em aí ficar a morar, acompanhando-me dia a dia, como fiéis e indefectíveis companheiras de viagem.

Relevantes e nunca aflitivos são igualmente os relatos das minhas viagens quase diárias pelo mundo dos livros e das palavras, onde me cruzei com o Astérix e a Alice (a do País das Maravilhas ); onde falo sobre contendas como a dos postais de viagens versus SMS; calcorreio frequentemente bibliotecas e feiras do livro. E passo em revista alguns dos dias que comemoramos como se fossem nossos - Dia dos Avós, Dia da Mulher, o 5 de Outubro, Dia dos Namorados -, bem como aquelas coisas que são muito nossas (portuguesas) - o chá levado para Inglaterra, a crise, os ilustres que nos deixam e nos marcaram.

Só duas coisas que, entre tantas, me afligiram… são breves estórias, do meu e nosso dia a dia, muitas delas publicadas no Jornal de Mafra on-line , que nos reconduzem às memórias e nos fazem reflectir sobre o mundo de hoje.

Ficha do livro:  ISBN: 978-989-74-1715-3 l 248 páginas l PVP C/ IVA 15,90€

Alice Vieira nasceu em 1943, em Lisboa. É licenciada em Filologia Germânica pela Faculdade de Letras de Lisboa. Iniciou a sua carreira de jornalista aos 18 anos, no Diário de Lisboa . Trabalhou em vários jornais, entre os quais o Diário de Notícias , a cuja redacção pertenceu até 1990, data em que deixou o jornalismo diário, para ficar como free-lancer, sendo durante muitos anos colaboradora do Jornal de Notícias e da revista Activa. Atualmente está reformada do jornalismo, mas trabalha no Jornal de Mafra e na revista juvenil Audácia .

Em 1979 publicou o seu primeiro romance juvenil - Rosa, Minha Irmã Rosa - que nesse ano ganhou o Prémio de Literatura do Ano Internacional da Criança. Desde então tem publicado regularmente romances juvenis, poesia, teatro, recolhas de histórias tradicionais, livros infantis, que lhe têm valido inúmeros prémios nacionais e internacionais.

Tem-se igualmente dedicado à literatura para adultos, com três volumes de crónicas, o romance histórico Os Profetas , uma biografia da escritora inglesa Enid Blyton, o livro autobiográfico Histórias da Avó Alice , e o livro TEJO , juntamente com o fotógrafo brasileiro Neni Glock. Participou ainda, com mais seis autores, em romances colectivos como Novos Mistérios de Sintra , O Código de Avintes , Eça Agora , 13 Gotas ao Deitar e A Misteriosa Mulher da Ópera .

Desloca-se quase diariamente a escolas e bibliotecas de todo o país – e também de países onde os seus livros estão traduzidos (Espanha, Alemanha, Holanda, Itália, Suécia, Sérvia, etc.).

Tags:

Sobre nós

Grupo editorial de toda a área da língua portuguesa.

Subscrever

Media

Media