Cabo Verde declara apoio à iniciativa da ISWA para fechar as maiores lixeiras do mundo

O primeiro-ministro da República de Cabo Verde, Dr. José Ulisses Correia e Silva, tornou-se o último político de alto nível a declarar o apoio à iniciativa da International Solid Waste Association (ISWA) para fechar as maiores lixeiras do mundo.

Esta assinatura ocorreu a 11 de junho com a participação do primeiro-ministro juntamente com o Embaixador de Portugal em Cabo Verde, Dr. Eurico Monteiro e o Dr. Fernando Leite, Vice-Presidente do Membro Nacional da ISWA em Portugal, APESB e Administrador-Delegado da Lipor.

Mais do que uma declaração, esta é uma clara afirmação da intenção de Cabo Verde, assinalando o desejo de trabalhar com a ISWA e a APESB, para fechar lixeiras na região.

Estas associações deixaram bem claro que darão todo o apoio necessário para o bom termo desta iniciativa.

Já no mês passado, o Dr. Fernando Leite deixou clara a determinação da APESB em trabalhar com a ISWA nesta iniciativa estabelecendo um "Programa de Emergência para a Erradicação de Lixeiras de Resíduos em Países de Língua Portuguesa". Este plano de ação irá mapear e direcionar as maiores e mais perigosas lixeiras da região, apresentando propostas para a eliminação dos passivos ambientais daí resultantes, melhorando estas áreas para as comunidades locais em termos de saúde, empregos e bem-estar geral.

Nas palavras do Dr. Leite “Além das assinaturas, estamos a adotar novas ações, desenvolvendo uma estratégia para apoiar a iniciativa. Em primeiro lugar, estabeleceremos um plano de trabalho que incorpora a Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP) (…) depois de identificados as lixeiras trabalharemos com o governo para assinalar estas zonas como de risco e emergência para intervenção prioritária.”

Esta abordagem está perfeitamente alinhada com o roteiro da ISWA na iniciativa para o encerramento de lixeiras.

Estes signatários de alto nível são um testemunho do impulso crescente da campanha #CloseDumpsites da ISWA e do trabalho desenvolvido pela APESB, reforçando a importância da cooperação da ISWA com seus representantes nacionais.
 

Sobre a LIPOR

 

A LIPOR é a entidade responsável pela gestão, valorização e tratamento dos resíduos urbanos produzidos pelos Municípios associados: Espinho, Gondomar, Maia, Matosinhos, Porto, Póvoa de Varzim, Valongo e Vila do Conde.

A LIPOR trata anualmente cerca de 500 mil toneladas de resíduos urbanos produzidos por 1 milhão de habitantes . Sustentada nos modernos conceitos de gestão de RU, a LIPOR desenvolveu uma estratégia integrada de valorização, tratamento e confinamento dos RU, baseada em três componentes principais: Valorização Multimaterial, Valorização Orgânica e Valorização Energética, complementadas por um Aterro Sanitário para receção dos rejeitados e de resíduos previamente preparados.

Ao assumir de forma clara que a gestão de resíduos é realizada na ótica do recurso, a LIPOR firma todos os esforços na sua valorização mais adequada, abordagem esta que tem por base a projeção de um modelo circular de negócios , e é sustentada por projetos demostrativos das práticas circulares de suporte. A atuação da Organização permite consolidar um posicionamento que se preconiza pela criação de valor no ciclo produtivo, caracterizado pela reintrodução do “resíduo” como “recurso” na cadeia de valor.

A nível nacional, a LIPOR pretende ser impulsionadora da temática da Economia Circular , através da partilha de novas estratégias e procura de soluções mais eficazes.

Sobre a APESB

 

A Associação Portuguesa de Engenharia Sanitária e Ambiental (APESB) é uma entidade não governamental, fundada em 1980, interessada no estudo, desenvolvimento e divulgação de conhecimentos nos sectores ambientais de águas e resíduos.

A APESB assegura a representação nacional em organismos internacionais congéneres, designadamente na IWA (International Water Association), na ISWA (International Solid Waste Association) e na WEF (Water Environmental Federation).

Os objetivos da Associação são (1) ser uma entidade nacional especialmente vocacionada para o estudo, a análise e o debate dos aspetos pluridisciplinares relacionados com o abastecimento de água, a drenagem e o tratamento de águas residuais e os resíduos sólidos no sentido de contribuir para a implementação de soluções integradas, tecnicamente corretas, economicamente viáveis e ambientalmente sustentáveis; (2) estimular o intercâmbio técnico-científico, incluindo a transferência tecnológica e a formação, a nível nacional e nos países de língua oficial portuguesa; e (3) contribuir para o progresso científico e tecnológico.
 

Sobre a ISWA

A ISWA - International Solid Waste Association - é uma associação global, independente e sem fins lucrativos, que trabalha no interesse público, sendo a única associação mundial que promove a Gestão de Resíduos Sustentável de forma profissional.

A ISWA está aberta a indivíduos e organizações da comunidade científica, instituições públicas e empresas públicas e privadas de todo o mundo que trabalham na área ou estão interessados na gestão de resíduos.

A sua Missão é Promover e Desenvolver uma Gestão de Resíduos Sustentáveis e Profissional em todo o mundo.

Tags:

Sobre nós

Empresa de reciclagem e gestão de resíduos.

Subscrever

Media

Media