CIDADE+ abre com a apresentação de escultura de Bordalo II comissionada pela Lipor

Pelo terceiro ano consecutivo tem lugar nos Jardins do Palácio de Cristal no Porto o evento CIDADE+ , um evento que celebra a Sustentabilidade e o Ambiente, promovendo a COOPERAÇÃO, a INTEGRALIDADE e a RESPONSABILIDADE .

Hoje, na abertura do evento, que contou com a presença de Filipe Araújo (Vereador do Pelouro de Inovação e Ambiente da Câmara Municipal do Porto), de Fernando Leite (Administrador-delegado da Lipor) e de Sara Silva (Organização do CIDADE+), foi possível assistir a uma Performance do Balleteatro e à finalização e inauguração da escultura “Carvalho” de Bordalo II , comissionada pela Lipor e criada especialmente para este evento.

Assistiu-se ainda à peça de teatro “Compostagem Lá em Casa” que se repetirá nos dias do evento durante a tarde em momentos espontâneos.

Serão dias cheios de animação e atividades com Conferências , Oficinas , o Mercado de Produtos Sustentáveis , as Artes e Espetáculos e uma Praça Empresarial .

Venha visitar-nos até ao dia 9 de julho e traga a sua família!

Saiba mais sobre este evento em www.cidademais.pt .
 

Sobre a LIPOR

A LIPOR é a entidade responsável pela gestão, valorização e tratamento dos resíduos urbanos produzidos pelos Municípios associados: Espinho, Gondomar, Maia, Matosinhos, Porto, Póvoa de Varzim, Valongo e Vila do Conde.

A LIPOR trata anualmente cerca de 500 mil toneladas de resíduos urbanos produzidos por 1 milhão de habitantes . Sustentada nos modernos conceitos de gestão de RU, a LIPOR desenvolveu uma estratégia integrada de valorização, tratamento e confinamento dos RU, baseada em três componentes principais: Valorização Multimaterial, Valorização Orgânica e Valorização Energética, complementadas por um Aterro Sanitário para receção dos rejeitados e de resíduos previamente preparados.

Ao assumir de forma clara que a gestão de resíduos é realizada na ótica do recurso, a LIPOR firma todos os esforços na sua valorização mais adequada, abordagem esta que tem por base a projeção de um modelo circular de negócios , e é sustentada por projetos demostrativos das práticas circulares de suporte . A atuação da Organização permite consolidar um posicionamento que se preconiza pela criação de valor no ciclo produtivo, caracterizado pela reintrodução do “resíduo” como “recurso” na cadeia de valor.

A nível nacional, a LIPOR pretende ser impulsionadora da temática da Economia Circular, através da partilha de novas estratégias e procura de soluções mais eficazes.

Sobre o CIDADE+

O CIDADE+ é um evento anual gratuito que celebra a Sustentabilidade e o Ambiente!

Promove o encontro e simplifica a sustentabilidade, tornando-a imediatamente acessível a qualquer pessoa e organização!

Surge para despoletar sinergias entre pessoas, projetos, autarquias, instituições e empresas que inspiram, atuando como evento-laboratório onde todos os participantes ensinam e aprendem a Sustentabilidade à escala glocal na vertente económica, social, cultural e ambiental.

Acontece nos Jardins do Palácio de Cristal e no auditório da Biblioteca Municipal Almeida Garrett. Estes espaços são o local de passagem e de estadia dos visitantes do evento e foco turístico da cidade do Porto. Aqui acontecem a Conferência, as Oficinas, o Mercado, as Artes e Espetáculos e a Praça Empresarial.

O CIDADE+ tem uma programação diversificada e vários estados de espírito para o público heterogéneo que recebe. Coloca a instituição, as empresas, o pedagógico e o cultural, frente a frente em diversas iniciativas.

Sobre a escultura “Carvalho” de Bordalo II

35 Anos de Vida a Construir o Futuro

No Ano de Celebração dos seus 35 anos, a LIPOR com os 8 Municípios Associados, reafirma a sua política de gestão na Nova Agenda de Ação, adotada durante a Cúpula das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável, composta por 17 objetivos e 169 metas a serem atingidos até 2030, revendo-se nas dimensões económica, ambiental, cultural, institucional e social.

Como forma de representação da Celebração dos seus 35 anos , a LIPOR privilegiou a arte como excelência de expressão, elegendo o Carvalho-alvarinho (Quercus robur) como símbolo de grandeza, enquanto árvore endémica de grande porte, de ampla copa e de folha caduca, sendo “robur” o termo utilizado para designação de dureza e solidez.

O carvalho é uma referência enquanto espécie arbórea autóctone, tendo sido o elemento biológico de excelência assumido pela Lipor, para representar a proximidade com a sustentabilidade ambiental . Destacando-se a sua participação ativa no “PROGRAMA HECTARE” ao abrigo do projeto das 100.000 árvores da Área Metropolitana do Porto – FUTURO e na estratégia 3M – menos Resíduos, menos Carbono, mais Clima , um compromisso voluntário no combate às alterações climáticas.

A obra artística, da autoria do artista plástico Bordalo II , reconhece-se por “Carvalho” , uma escultura que assume como matéria-prima os resíduos, na ótica de “resíduo como um recurso”.

Em analogia, a LIPOR revê-se na grandiosidade, solidez, verticalidade e versatilidade da orgânica do “Carvalho” e nas suas representativas 8 bolotas, os seus 8 Municípios: Espinho ; Gondomar ; Maia ; Matosinhos ; Porto ; Póvoa de Varzim ; Valongo e Vila do Conde . Tal como todos os elementos vivos, a LIPOR sustenta as estações do ano, otimizando-se, readaptando-se em equipa, reorganizando-se em estratégia, renovando-se para a construção de novos frutos oriundos do cuidar de novas sementes num futuro que se avizinha , enaltecendo assim a reoxigenação da criatividade e a proximidade de atuação.

Tags:

Sobre nós

Empresa de reciclagem e gestão de resíduos.

Subscrever

Media

Media