LIPOR entregou o resultado da 11ª Fase da Operação Tampinhas

A LIPOR promoveu hoje, dia 12 de dezembro, o Evento de entrega dos Donativos resultantes da 11ª fase da Operação Tampinhas.

Nesta fase da Operação Tampinhas LIPOR que decorreu entre janeiro e dezembro de 2015, acumulou-se um total de cerca de 39 toneladas , que dá um total de cerca de 28 .000,00 de receita, tendo sido contempladas 37 entidades (individuais/coletivas). O produto da venda das tampinhas reverte integralmente a favor da compra de material/equipamento ortopédico e similar para doação a Instituições e particulares.

Esta iniciativa iniciou-se em abril de 2006 e no total das 11 fases já apoiamos 428 Entidades e/ou pessoas em nome individual.

Com a Operação Tampinhas, a LIPOR e os seus Municípios associados incentivaram a Sociedade Civil a separar tampas em plástico de embalagens, entregá-las separadamente na LIPOR, ou nas Instalações das Câmaras Municipais associadas, bem como em Instituições Públicas e Privadas da Região.

As Instituições e as pessoas em nome individual foram selecionadas com base numa análise dos pedidos que foram chegando durante o período em que decorreu a 11.ª fase, e tendo por base os critérios definidos nas Normas de Aplicação da Operação Tampinhas, disponível em http://www.lipor.pt/pt/sustentabilidade-e-responsabilidade-social/projetos-de-responsabilidade-social/operacao-tampinhas/

Este é o resultado de uma vontade comum de Escolas , Municípios , Cidadãos anónimos , Sociedade Ponto Verde e empresas retomadoras , entre muitos outros, que através de um pequeno gesto, defendem duas causas: o ambiente e a solidariedade.
 

Sobre a LIPOR

 

A LIPOR é a entidade responsável pela gestão, valorização e tratamento dos resíduos urbanos produzidos pelos Municípios associados: Espinho, Gondomar, Maia, Matosinhos, Porto, Póvoa de Varzim, Valongo e Vila do Conde.

A LIPOR trata anualmente cerca de 500 mil toneladas de resíduos urbanos produzidos por 1 milhão de habitantes . Sustentada nos modernos conceitos de gestão de RU, a LIPOR desenvolveu uma estratégia integrada de valorização, tratamento e confinamento dos RU, baseada em três componentes principais: Valorização Multimaterial, Valorização Orgânica e Valorização Energética, complementadas por um Aterro Sanitário para receção dos rejeitados e de resíduos previamente preparados.

Ao assumir de forma clara que a gestão de resíduos é realizada na ótica do recurso, a LIPOR firma todos os esforços na sua valorização mais adequada, abordagem esta que tem por base a projeção de um modelo circular de negócios , e é sustentada por projetos demostrativos das práticas circulares de suporte . A atuação da Organização permite consolidar um posicionamento que se preconiza pela criação de valor no ciclo produtivo, caracterizado pela reintrodução do “resíduo” como “recurso” na cadeia de valor.

A nível nacional, a LIPOR pretende ser impulsionadora da temática da Economia Circular, através da partilha de novas estratégias e procura de soluções mais eficazes.

Tags:

Sobre nós

Empresa de reciclagem e gestão de resíduos.

Subscrever