RECOLHA GRATUITA DE RESÍDUOS VERDES NA FREGUESIA DE SILVALDE – ESPINHO

A LIPOR -  Serviço Intermunicipalizado de Gestão de Resíduos do Grande Porto, numa iniciativa conjunta com a Câmara Municipal de Espinho e a Junta de Freguesia de Silvalde , está a promover um projeto piloto de recolha gratuita de resíduos verdes na freguesia de Silvalde .

A partir do dia 6 de junho, os Silvaldenses poderão colocar, gratuitamente, os resíduos verdes que produzem nos seus jardins (restos de jardinagem, tais como ramos, podas, relvas, folhas ou flores, sem terras ou outros contaminantes e aparas de madeira sem tratamento) ao lado dos contentores de resíduos indiferenciados, para serem recolhidos à 3ª feira (exceto feriados à 3ª feira em que não há recolha). A deposição, em feixe ou saco de plástico, deve ser feita entre as 21h de 2ª feira e as 9h de 3ª feira.

Este projeto piloto teve início na freguesia de Paramos em janeiro de 2017, em parceria com a Junta de Freguesia de Paramos, e tendo em conta os benefícios ambientais o Município de Espinho e a LIPOR trabalharam em conjunto para permitir o alargamento à freguesia de Silvalde.

Com este projeto pretende-se aumentar a quantidade de resíduos verdes recolhidos pelo Município de Espinho e que são encaminhados para valorização orgânica, reduzindo o potencial de recicláveis presentes na fração indiferenciada dos resíduos urbanos. Além disso, contribui para a produção de um adubo natural de alta qualidade - Nutrimais.

Sobre a LIPOR

A LIPOR é a entidade responsável pela gestão, valorização e tratamento dos resíduos urbanos produzidos pelos Municípios associados: Espinho, Gondomar, Maia, Matosinhos, Porto, Póvoa de Varzim, Valongo e Vila do Conde.

A LIPOR trata anualmente cerca de 500 mil toneladas de resíduos urbanos produzidos por 1 milhão de habitantes . Sustentada nos modernos conceitos de gestão de RU, a LIPOR desenvolveu uma estratégia integrada de valorização, tratamento e confinamento dos RU, baseada em três componentes principais: Valorização Multimaterial, Valorização Orgânica e Valorização Energética, complementadas por um Aterro Sanitário para receção dos rejeitados e de resíduos previamente preparados.

Ao assumir de forma clara que a gestão de resíduos é realizada na ótica do recurso, a LIPOR firma todos os esforços na sua valorização mais adequada, abordagem esta que tem por base a projeção de um modelo circular de negócios , e é sustentada por projetos demostrativos das práticas circulares de suporte . A atuação da Organização permite consolidar um posicionamento que se preconiza pela criação de valor no ciclo produtivo, caracterizado pela reintrodução do “resíduo” como “recurso” na cadeia de valor.

A nível nacional, a LIPOR pretende ser impulsionadora da temática da Economia Circular, através da partilha de novas estratégias e procura de soluções mais eficazes.

Apoiado por fundos da União Europeia

O PO SEUR constitui um instrumento fundamental para Portugal enfrentar os desafios identificados na Estratégia Europa 2020, tendo em consideração a dimensão nacional que cada um deles assume. Neste sentido, este PO assume-se como tributário de parte da Agenda Valorização do Território, prosseguida no período 2007-2013 e a qual foi em parte financiada pelos Fundos Estruturais e de Coesão, ganhando uma maior abrangência com a integração da dimensão energética, nas vertentes eficiência, renováveis e segurança de abastecimento, enquanto mecanismo privilegiado para o cumprimento das políticas públicas do setor.

Tags:

Sobre nós

Empresa de reciclagem e gestão de resíduos.

Subscrever

Media

Media