54% dos proprietários de negócios próprios em Portugal teme não ter clientes suficientes no dia de abertura

Þ     59% dos portugueses refere que reduzir e simplificar a carga fiscal é, de longe, o fator mais importante para os ajudar na abertura de um negócio próprio

Þ     Em Portugal, 37% dos consumidores consideram os negócios independentes importantes para a diversidade na sua área de residência

Þ     Em Portugal, cerca de 79% dos consumidores refere ter dificuldades em encontrar informação sobre negócios próprios, o valor mais alto de todos os países que participaram neste estudo.

Þ     Os negócios independentes são valorizados entre os consumidores a nível global: 42% dos inquiridos referiram que os negócios independentes contribuem de forma efetiva para a economia local.

Þ     Contudo, o estudo demonstra que os negócios independentes tem pouca visibilidade entre os consumidores – tanto online como offline. O Dia do Negócio Próprio da Metro oferece uma plataforma para fazer face a este desafio.

Þ     Existe uma grande expectativa entre os donos de negócios próprios a nível global no sentido de serem apoiados pelos seus governos: 61% de todos os donos de negócios próprios inquiridos refere que reduzir e simplificar a carga fiscal ajudaria o negócio a prosperar.

Þ     No próximo dia 9 de outubro, dia em que se celebra o Dia do Negócio Próprio, a Makro Portugal vai oferecer a melhor inauguração de sempre a um cliente Makro

Tendo em conta os resultados de 2017, o International Own Business Study, realizado pela METRO a nível internacional, dá-nos um insight sobre o que os consumidores a nível global pensam dos negócios independentes, a experiência dos donos de negócios, como os governos podem apoiar negócios independentes e o que pode ser feito para ajudá-los. Para o estudo deste ano, a Metro inquiriu 10.000 pessoas em 10 países, incluindo Portugal, entre eles 1.500 donos de negócios próprios. “O propósito da Metro é ser “champion for independent business”. Por esse motivo, procuramos constantemente ter em atenção as necessidades dos donos dos negócios e apoiá-los. O seu sucesso é vital para a diversidade e bem-estar das nossas comunidades. O nosso estudo destaca formas de como apoiá-los nos seus desafios diários”, refere David Antunes, Diretor Geral da Makro Portugal.

As conclusões do estudo estão a ser apresentadas uma semana antes da celebração do Dia do Negócio Próprio, que este ano se celebra a 9 de Outubro. O white paper Supporting independent businesses is everyone’s business encontra-se disponível em https://www.makro.pt/dnp. São apresentadas de seguida as conclusões mais importantes do estudo:

Os donos de negócios próprios enfrentam muitos desafios – e têm uma ideia clara daquilo que os pode ajudar

Os donos de negócios próprios enfrentam muitas vezes, desafios económicos e burocráticos, demonstrando grande preocupação acerca da quantidade de impostos (33%), da segurança de rendimentos (31%), e da situação económica em geral nos seus respetivos países (31%). Muitos donos de negócios próprios conhecem formas de atacar estas condicionantes, nomeadamente, através de apoio do governo local. Cerca de 61% referiu que reduzir e simplificar a carga fiscal é, de longe, o fator mais importante para os ajudar diretamente.

Portugal

Em Portugal, 36% dos donos de negócios próprios consideram ter demasiados impostos para pagar, demonstrando também preocupação acerca da segurança dos seus rendimentos (37%) e da situação económica em geral no nosso país (36%). Relativamente à carga fiscal, mais de metade dos proprietários portugueses (59%) referiu que reduzir e simplificar a carga fiscal é, de longe, o fator mais importante para os ajudar diretamente.

Para os consumidores é bastante óbvio que os negócios são a espinha dorsal das nossas economias e dos nossos bairros 

A Metro revelou que os negócios próprios são tidos em elevada consideração em todo o mundo. De acordo com 42% de todos os consumidores inquiridos, os negócios independentes dão um grande contributo para a economia local. Em comparação, apenas 12% refere o mesmo relativamente a negócios não-independentes. Da mesma forma, 39% dos consumidores consideram os negócios independentes importantes para a diversidade na sua área de residência. Apenas 12% refere que esta questão se aplica também a negócios não independentes.

O estudo revela ainda que os consumidores valorizam os negócios independentes e não menos os seus comportamentos de compra: 33% de todos os consumidores prefere fazer compras em negócios independentes – quase 3 vezes mais do que os que preferem negócios não-independentes (12%). Estes consumidores fazem-no por diferentes razões: para demonstrar o seu apoio à comunidade local (37%), porque apreciam a qualidade superior dos negócios independentes (36%), ou porque gostam de comprar a pessoas que conhecem pessoalmente (32%).

Portugal

Em Portugal, 37% dos consumidores consideram os negócios independentes importantes para a diversidade na sua área de residência, sendo que 28% prefere fazer compras em negócios independentes por 3 razões principais: considerarem que estes negócios dão um contributo importante à economia local (46%); porque apreciam a qualidade superior dos negócios independentes (31%); ou porque gostam de fazer compras a pessoas que conhecem pessoalmente (40%).

Falta visibilidade dos negócios independentes – menos de metade tem website  

O International Own Business Study revela o apoio e o apreço por negócios independentes. Contudo, uns impressionantes 63% dos consumidores tem dificuldades em encontrar negócios independentes, sugerindo que pode ser difícil expressar realmente este apoio. Este fator deve-se em parte à falta de visibilidade: 75% dos consumidores referiram não ver muitos anúncios de negócios independentes e dois terços dos consumidores referiu que os negócios independentes não têm presença online. Este fator reflete-se no facto de menos de metade dos donos dos negócios próprios inquiridos estarem presentes nas redes sociais (46%), e apenas 42% terem o seu próprio website.

Em Portugal

Em Portugal, cerca de 79% dos consumidores refere ter dificuldades em encontrar informação sobre negócios próprios, o valor mais alto de todos os países que participaram neste estudo. 86% diz não ver muitos anúncios de negócios independentes, apesar de vários donos de negócios (58%) estarem presentes online. No entanto, apenas 37% dizem ter website próprio.

Esta falta de visibilidade faz com que mais de metade (54%) dos proprietários de negócios em Portugal temam não ter clientes suficientes no seu primeiro dia de abertura. De forma a colmatar esta preocupação, no próximo dia 9 de outubro, dia do Negócio Próprio, a Makro Portugal oferece a melhor inauguração de sempre a um negócio próprio.

“É incrível ver o elevado nível de apreço por negócios independentes em todo o mundo. O estudo confirma o seu papel essencial para as pessoas, bairros e para as nossas economias locais. As pessoas confiam na qualidade dos produtos e serviços dos empresários que conhecem. No entanto, o estudo também mostra que há uma grande necessidade dos negócios próprios terem uma maior visibilidade, podendo perder oportunidades para atingir o seu potencial. Tem de ser mais fácil encontrar informação acerca dos negócios próprios.” refere David Antunes, Diretor Geral da Makro.

A Metro oferece aos seus clientes diversas ferramentas e serviços para realçar a sua visibilidade e para os ajudar a atrair clientes. Em 2016 a Metro iniciou o primeiro Dia do Negócio Próprio, que é celebrado todos os anos na segunda 3ª feira de outubro. É um dia dedicado aos donos de negócios próprios e às suas conquistas, de forma a conceder-lhes reconhecimento. Todos os negócios e as exclusividades especiais oferecidas em Portugal e mais informação acerca do Dia do Negócio Próprio deste ano, a 9 de outubro de 2018, podem ser encontrados em https://www.makro.pt/dnp

Nota aos editores: Para o estudo deste ano, a Metro inquiriu 10.000 pessoas, entre elas 1.500 donos de negócios próprios, em 10 países: Republica Checa, França, Alemanha, Índia, Itália, Portugal, Roménia, Rússia, Espanha e Turquia.

Junto enviamos comunicado de imprensa completo.

Tags:

Sobre nós

A Makro Portugal, filial portuguesa do grupo alemão METRO, é uma das principais empresas nacionais de distribuição grossista no que se refere à comercialização de produtos alimentares e não alimentares. Presta um serviço global, adaptando-se totalmente às necessidades de abastecimento dos profissionais do Canal HoReCa (hotelaria, restauração e similares), bem como a profissionais liberais e por conta própria, de uma forma personalizada.

Subscrever