Apresentação mundial do Classe A L Limousine

Pouco antes do novo Classe A chegar à Europa, uma nova variante da família da classe de compactos - na forma de Classe A L Limousine - celebra a sua apresentação mundial no Salão Automóvel de Pequim (de 25 de abril a 4 de maio de 2018). Este novo modelo é caracterizado por uma distância entre eixos superior em 6 cm (2789 ao invés de 2729 mm) e trata-se de uma variante exclusivamente desenvolvida para o mercado Chinês. Será produzido na Beijing Benz Automotive Co., Ltd (BBAC), uma joint venture entre a Daimler e a sua parceira Chinesa, a BAIC Motor. O lançamento na China está previsto para o segundo semestre de 2018. Uma versão desta limousine criada para os clientes fora da China será igualmente lançada no segundo semestre deste ano.

Apresentação mundial do novo Classe A L Limousine
O idioma de design caracterizado pelas superfícies sensuais, o elevado nível de segurança graças aos inovadores sistemas de assistência à condução derivados do Classe S e o sistema de informação e entretenimento MBUX (Mercedes-Benz User Experience), o Classe A L Limousine ostenta todas as virtudes da família da classe de compactos da Mercedes-Benz. Deste modelo destaca-se, por exemplo, o controlo inteligente por voz do sistema MBUX com reconhecimento de voz.
 
Em 2017, a China foi mais uma vez o mercado com o maior volume de vendas de veículos Mercedes-Benz, cerca de 590,000 veículos num só ano (+25.9%). No total, foram produzidas localmente cerca de 430,000 unidades, correspondendo a mais de dois terços do volume total de vendas na China.
Foram entregues mais de seis milhões de modelos compactos a clientes de cerca de 170 mercados. Só em 2017, a Mercedes-Benz comercializou mais de 620,000 veículos compactos em todo o mundo. Atualmente a Mercedes-Benz vê o alargamento da nova família de modelos compactos para oito membros. O Classe A e a variante do Classe A Limousine são os dois primeiros representantes da nova geração.

Sobre o Classe A L Limousine
O Classe A L Limousine também reflete o design purista, de superfícies acentuadas da filosofia de design da Mercedes-Benz. Esta limousine compacta apresenta projeções extremamente curtas da dianteira e da traseira e, em combinação com as linhas características do perfil lateral, reforça a imagem desportiva. O design da secção dianteira transmite uma aparência extremamente progressiva. A contribuir para esta impressão estão o capot prolongado de baixo perfil, os faróis horizontais com elementos cromados, as luzes diurnas em forma de tocha, a grelha do radiador com padrão diamante, lamela simples e a estrela central.
 
Os farolins traseiros bipartidos realçam a largura do modelo. Os refletores foram deslocados mais para baixo no para-choques para permitir que os farolins beneficiem de um design particularmente horizontal.
O interior do Classe A é uma abordagem completamente nova e revoluciona a classe de compactos com uma nova sensação de espaço. A arquitetura interior, juntamente com os ecrãs e os controlos, é uma USP neste segmento. A estrutura principal do tablier com o seu nível de revestimento estende-se entre as portas dianteiras sem descontinuidade visual.
A bordo encontramos o sistema multimédia MBUX - Mercedes-Benz User Experience - com as suas capacidades únicas de aprendizagem graças à inteligência artificial. O MBUX permite pela primeira vez que, dois ou mais utilizadores se liguem em simultâneo ao sistema. O controlo inteligente por voz com reconhecimento de discurso natural é possível em vários dialetos Chineses. A Mercedes-Benz é assim o primeiro fabricante a nível mundial a fornecer ecrã de navegação com tecnologia de realidade aumentada no mercado Chinês.
No lançamento de mercado, o Classe A L estará disponível na China com um motor de quatro cilindros, com potências de 100 e 120 kW (com sistema de desativação de cilindros); posteriormente seguir-se-á o motor de quatro cilindros de 2 litros de cilindrada.

Sobre a Beijing Benz Automotive Co., Ltd.
A Beijing Benz Automotive Co., Ltd (BBAC), uma parceria entre a Daimler e a BAIC Motor, produz veículos ligeiros de passageiros Mercedes-Benz desde 2005 e motores desde 2013. Em 2017, mais de dois terços dos veículos Mercedes-Benz comercializados na China foram produzidos localmente. A BBAC emprega mais de 11,000 colaboradores. O portfolio atual de produtos compreende o Classe C Limousine com distâncias entre eixos curta e longa, o Classe E Limousine com distância entre eixos longa, o GLA e o GLC.
 
Desde 2015, a fábrica de veículos ligeiros compactos em Beijing complementa as fábricas de veículos compactos Mercedes-Benz em Rastatt e Kecskemet (Hungria), assim como produção pela Valmet Automotive na Finlândia. Desta forma, a fábrica em Beijing é parte integrante da flexível e altamente eficiente rede de produção de veículos compactos da Mercedes-Benz.
No final de fevereiro de 2018, a Daimler e a BAIC anunciaram planos para expandir a produção local dos veículos Mercedes-Benz: com a Daimler e a BAIC a investirem mais de 1.5 mil milhões de euros, a BBAC prepara-se para operar outra unidade de produção de veículos premium de elevada qualidade, além da sua fábrica no Parque Industrial Yizhuang, em Beijing.
Como parte do investimento, uma fábrica de produção da BAIC, localizada no distrito de Shunyi, será transferida para a BBAC e modificada para facilitar as capacidades de produção complementares de veículos Mercedes-Benz. Adicionalmente, ambos os parceiros irão investir numa linha de produção de novos produtos na futura segunda fábrica de produção da Mercedes-Benz em Beijing.

Tags:

Sobre nós

Site oficial da Mercedes-Benz em Portugal.

Subscrever