MSC Cruzeiros cria experiência exclusiva em reserva marinha numa ilha privada das Bahamas para passageiros nas Caraíbas

Perry Christie, Primeiro Ministro Bahamense e Pierfrancesco Vago, Presidente Executivo da MSC Cruises assinaram acordo ontem em Nassau
 
Lisboa, 17 de Dezembro 2015 - A MSC Cruzeiros , maior companhia de cruzeiros mundial com sede em Genebra, na Suíça e número um na Europa, incluindo Portugal, na América do Sul e Sul de África, revelou hoje planos ambiciosos para criar uma experiência exclusiva em reserva marinha numa ilha das Bahamas. 
O projecto visionário foi oficialmente anunciado ontem à tarde – 16 Dezembro – em Nassau, capital das Bahamas, onde o primeiro ministro Perry Christie e o Presidente Executivo da MSC Cruises, Pierfrancesco Vago assinaram um contrato de aluguer de 100 anos que permitirá à MSC Cruzeiros ocupar e desenvolver a ilha, que será chamada de Ocean Cay MSC Marine Reserve.
Ao longo dos próximos dois anos, a MSC Cruzeiros vai trabalhar em conjunto com o Governo e ecologistas das Bahamas para desenvolver o Cay, um estação de extracção de areia, que pela primeira vez, estará dentro de uma próspera reserva marinha e irá coexistir em harmonia com o ecossistema local. Este é um projecto que vai transformar a base da economia local, desde a exploração de recursos à conservação dos mesmos.
Dando continuidade ao compromisso da companhia em proporcionar férias de cruzeiro absolutamente autênticas, a ilha irá oferecer aos passageiros algumas das melhores praias no mundo, entre um variado conjunto de experiências inspiradas nas Caraíbas.
Na MSC Cruzeiros orgulhamo-nos de oferecer viagens únicas de descoberta, continuando uma tradição familiar marítima com mais de 300 anos, o que gerou um profundo respeito pelo oceano que se encontra subjacente às operações da companhia hoje em dia. A MSC Cruzeiros está empenhada em proteger as águas nas quais navega e, como uma das companhias de cruzeiro no mundo com mais consciência ecológica, vai investir cerca de 200 Milhões de dólares (USD) na criação de um paraíso natural numa ilha deserta.
 
Pierfrancesco Vago, Presidente Executivo da MSC Cruises, afirmou que: “Este é um progresso natural para a nossa companhia, que está a crescer muito rapidamente, e estamos muito entusiasmados por podermos proporcionar esta experiência totalmente nova nas Caraíbas aos nossos passageiros.”
 
“A Ocean Cay MSC Marine Reserve e as suas ofertas exclusivas serão uma grandiosa extensão das nossas experiências a bordo. Estamos conscientes que teremos de assegurar que todas as decisões que tomamos mantêm cada um dos nossos navios fiéis à promessa da nossa marca, oferecendo a autenticidade e qualidade que os nossos passageiros esperam de nós. Foi isto que nos tornou líderes em muitos dos mercados em que operamos, incluindo por toda a Europa, América do Sul e Sul de África. Vamos utilizar o mesmo raciocínio e atenção aos pormenores na nossa oferta nas Caraíbas, na qual esta reserva marinha exclusiva se tornará um marco, porque sabemos que os nossos clientes vão ficar fascinados com esta experiência ímpar na indústria.”
Para além de ser a única experiência de reserva marinha numa ilha privada, com 38,5 hectares, e com 3,5 quilómetros de praia preservada, distribuídos por seis praias distintas, a Ocean Cay MSC Marine Reserve será – por uma grande margem – o maior desenvolvimento numa ilha por uma companhia de cruzeiros nas Caraíbas. Além disso, permitirá disponibilizar uma infinidade de outras características distintivas fundamentais.
 
Por exemplo, um cais e terminal construído propositadamente em frente ao mar significa que os passageiros da MSC Cruzeiros terão a possibilidade de desembarcar do navio directamente para a ilha. Esta característica única permitirá aos passageiros movimentar-se à vontade entre o navio e a ilha, o que será particularmente útil na medida em que uma parte importante da sua visita será à vida nocturna da ilha, em particular o entretenimento e a música ao vivo no anfiteatro, com capacidade para 2.000 lugares, e em muitos restaurantes e bares. Para além disso, o navio e todos os serviços de bordo – incluindo o casino – estarão abertos durante a escala em Ocean Cay MSC Marine Reserve.
 
Todas as instalações e experiências na ilha, que está situada a 32 quilómetros a sul de Bimini e apenas a 104,5 quilómetros a leste de Miami, Florida, serão totalmente solidárias com a cultura e tradições das Bahamas. Um plano paisagístico abrangente pretende plantar por toda a ilha mais de 80 árvores indígenas das Caraíbas, relva, flores e arbustos como a Dogwood Jamaicana, mangais encarnados, pretos e brancos, e Glória da Manhã da Praia. Haverá também uma aldeia arquitetonicamente fiel à das Bahamas, vários restaurantes e bares oferecendo especialidades locais, uma grande variedade de lojas e um centro de chegada para convidados com um gazebo com música temática da ilha.
 
Para os passageiros do MSC Yacht Club, o ponto noroeste da ilha está destinado a um spa exclusivo e a um santuário de bem-estar, com bungalows e cabanas privadas para massagens. 
 
Andar à volta da ilha será bastante acessível, graças a uma rede de trilhos para caminhadas e corridas, aluguer de bicicletas e outras opções de transportes para passeio. 
 
Para além de todos os desportos aquáticos e jogos de praia obrigatórios, outros destaques incluem também:
 

  •          Uma praia para famílias com restaurante para crianças, espaços de brincadeira para os mais pequenos e muitas outras instalações úteis
  •          Uma encantadora lagoa interior para uma tranquilidade absoluta
  •          Cabo de slide que cruza a ilha
  •          Um pavilhão para casamentos e cerimónias
 A MSC Cruzeiros prevê iniciar os desenvolvimentos na ilha em Março de 2016 e a Ocean Cay MSC Marine Reserve será aberta aos passageiros em Dezembro de 2017.
 
O projecto Ocean Cay MSC Marine Reserve proporcionará uma presença permanente da MSC Cruzeiros nas Bahamas, para a qual a companhia está a planear contratar 240 bahamenses para vários postos ao longo de 2016 e 2017. O Cay será ideal para todos os navios da MSC Cruzeiros que estiverem a realizar itinerários nas Caraíbas, nomeadamente o MSC Divina e o MSC Seaside, o navio de próxima geração que se encontra ainda em construção (entregue em Dezembro de 2017), ambos com partidas de Miami, e ainda o MSC Opera e o MSC Armonia, que navegarão a partir de Havana, Cuba. Para além disso, a companhia irá também abrir uma escola de treino em Nassau para providenciar recursos humanos locais devido ao crescente número de navios da MSC Cruzeiros a navegar pelas Caraíbas.
 
Entretanto, no passado dia 15 de Dezembro a MSC Cruzeiros anunciou também a abertura das reservas para os cruzeiros inaugurais do MSC Seaside, em Dezembro de 2017. Os passageiros a bordo do MSC Seaside na sua viagem inaugural desde Miami serão os primeiros a visitar a ilha e a desfrutarem das variadíssimas ofertas locais. Para mais informações sobre o novo MSC Seaside clique AQUI .

Tags:

Sobre nós

Empresa de cruzeiros.

Subscrever

Media

Media