MSC Cruzeiros e a STX France assinam carta de intenções para protótipo de dois navios de cruzeiro

PARIS, 20 de Março 2014 – A MSC Cruzeiros assinou hoje com a STX France uma carta de intenções para a construção de dois novos navios de cruzeiro, com opção de mais dois. Os dois navios virão juntar-se à frota da MSC Cruzeiros, que conta actualmente com 12 navios, todos construídos nos estaleiros de Saint-Nazaire. A assinatura teve lugar no Hôtel de L’Industrie, em Paris e contou com a presença de Gianluigi Aponte, Presidente do grupo MSC, Laurent Castaing, Director Geral da STX France e Pierre Moscovici, Ministro Francês das Finanças e Economia. Pierfrancesco Vago, Presidente Executivo da MSC Cruises e Gianni Onorato, CEO da companhia, também compareceram.

"Crescimento e desenvolvimento sempre foram as características que têm definido a MSC desde o início da nossa jornada no mundo dos cruzeiros. O lançamento deste protótipo e a construção dos dois novos navios vêm confirmar o nosso compromisso com o crescimento e para um maior desenvolvimento. A MSC Cruzeiros irá expandir sua capacidade em 31%: vamos enriquecer incrivelmente a nossa oferta a bordo e vamos ampliar os nossos horizontes para garantir que conseguimos satisfazer a crescente procura mundial, em todas as regiões", afirmou o Presidente Executivo da MSC Cruises, Pierfrancesco Vago. "Uma vez mais, a nossa parceria de longa data com o estaleiro STX provou ser a chave para estes planos."

“Estamos verdadeiramente orgulhosos por construir esta nova geração de navios para a MSC Cruzeiros, um parceiro de longa data muito estimado por nós. Investimos imenso em R & D e design para nos certificarmos que o novo navio bandeira da MSC Cruzeiros será verdadeiramente incomparável. A última negociação comercial foi particularmente desafiante, à luz do contexto competitivo global de hoje em dia, na indústria da construção naval. Gostaria ainda de salientar que o competitivo acordo assinado com os sindicatos foi decisivo para alcançar a assinatura desta carta de intenções”, declarou Laurent Castaing, Director Geral da STX France.

As duas unidades deverão estar prontas para ser entregues, respectivamente em 2017 e 2019. Os navios terão 315 metros de comprimento e 43 metros de largura, 167.600 toneladas de arqueação bruta, apresentando 2.250 camarotes para passageiros e cerca de 820 camarotes para a tripulação, o que representa uma capacidade para 5.700 passageiros e 1.536 tripulantes, no total.

“O novo protótipo será o maior navio de cruzeiro alguma vez construído por uma companhia europeia, e o mais versátil e flexível do mundo: não só fará escala na maioria dos portos e destinos do planeta, como terá também extraordinárias características que farão dele a escolha perfeita, no Verão e no Inverno. Os dois novos navios vêm reafirmar a dedicação da MSC Cruzeiros relativamente a ilustres e genuínos restaurantes, aliados a um entretenimento extraordinário com novos espaços panorâmicos, um teatro ainda maior e um espectacular parque de diversões ligado a um parque aquático ao ar livre, bem como um “promenade” interior de dois decks”, explicou Gianni Onorato, CEO da MSC Cruises.

Entre as novas características dos navios, haverá também camarotes especialmente concebidos para famílias, uma zona alargada no MSC Yacht Club, o clube privado inteiramente auto-suficiente situado na prestigiada parte dianteira dos decks, que será agora complementado com um enorme solário, um restaurante e sala lounge privada e suites duplex.

Este novo protótipo é o resultado de um longo processo de desenvolvimento realizado no âmbito do programa da STX ECORIZON ®, que tem como objectivo a criação de uma nova geração de navios mais limpos, mais eficientes e mais tecnológicos. Estes terão, assim, emissão de água livre, enquanto o seu hull e sistema de propulsão será optimizado para uma eficiência energética. A instalação de purificadores permitirá que os fumos sejam neutralizados e as emissões de CO2 estarão de acordo com as mais recentes evoluções dos regulamentos marítimos internacionais.

O contrato vale 16 milhões de horas de trabalho para a STX France e os seus subcontratados, 9 milhões para o protótipo e 7 milhões para a segunda unidade. O início da construção está previsto para a Primavera de 2015.

O contrato será vinculativo quando o pacote financeiro for garantido.

Tags:

Sobre nós

Empresa de cruzeiros.

Subscrever

Media

Media