MSC CRUZEIROS FAZ A SUA PRIMEIRA ESCALA EM SINGAPURA

Lisboa, 6 de Março 2015 – O MSC Orchestra chegou ontem pela primeira vez a Singapura, o sexto dos treze portos da exclusiva e inaugural Grand Voyage de 33 noites que o navio se encontra a realizar, com partida do Dubai e com destino a Perth, na Austrália.
De forma a homenagear a primeira escala do navio da MSC Cruzeiros na cidade Asiática, foi realizado um evento especial para os 2550 passageiros a bordo do MSC Orchestra, onde estiveram também presentes meios de comunicação social, agentes de viagem, autoridades locais, empresários de topo e alguns VIP’s, de modo a dar a conhecer a experiência MSC Cruzeiros.
Ao receber os convidados, Gianni Onorato, CEO da MSC Cruises afirmou: “Este é um momento histórico no percurso da nossa companhia – a primeira vez que um navio da MSC Cruzeiros faz escala na magnífica cidade de Singapura. Na verdade, os 13 portos de escala desta inaugural Grand Voyage do MSC Orchestra são estreias para a MSC Cruzeiros.”
“Estamos em Singapura para demonstrar o quanto acreditamos firmemente no potencial do mercado Asiático, que acreditamos que vai continuar a crescer cada vez mais num futuro próximo”, acrescentou ainda.
Liderando as apresentações do evento, Antonio Paradiso, Diretor Executivo para Mercados Emergentes da MSC Cruzeiros, afirmou que “a MSC Cruzeiros cresceu 800% desde 2004. Em 2014, transportámos 40.000 pessoas por dia na nossa frota, composta por 12 navios, e agora com os novos sete navios ultra modernos, em dois protótipos de última geração que estarão prontos até 2022, vamos duplicar a nossa capacidade atual. Começámos por transportar 80.000 passageiros por ano e passaremos a transportar 80.000 viajantes por dia quando o nosso plano de investimento terminar. Este crescimento vai-nos permitir potenciar novas oportunidades, incluindo novos mercados e regiões, bem como itinerários que ainda não foram navegados.”
2014 foi um ano repleto de comunicações de novos e grandiosos projetos para a MSC Cruzeiros. Com o progressivo regresso dos navios que estão ainda a ser sujeitos ao programa Renaissance , a companhia espera um crescimento adicional de 10% este ano. Para além disso, a MSC Cruzeiros está prestes a tornar-se, em 2015, líder indiscutível no Mediterrâneo, prevendo atualmente cerca de 810.000 passageiros para o ano inteiro.
Paradiso acrescentou: “A Ásia é já um mercado bastante sólido para os nossos cruzeiros em todo o mundo, e a MSC Cruzeiros é a companhia de cruzeiros de referência para milhares de viajantes Asiáticos que pretendem encomendar as suas aventuras europeias à maior empresa privada de cruzeiros do mundo.”
Neeta Lachmandas, Assistente Executiva do Chefe do Grupo de Desenvolvimento de Negócios do Gabinete de Turismo de Singapura, também elogiou o movimento, dando as boas vindas à chegada do MSC Orchestra a Singapura.
Afirmou: “Esta evolução é uma prova evidente do potencial do sudeste Asiático, onde Singapura constitui o principal porto regional de cruzeiros. A forte conectividade aérea e a aparentemente interminável rede de transportes potenciam os itinerários de cruzeiros e permitem que mais viajantes usem Singapura para descobrir o Sudeste Asiático.”
“Desconhecido para muita gente, o sudeste Asiático é um paraíso de cruzeiros à sua dimensão – com mais de 25.000 ilhas e um vasto leque de atracões que vão desde cosmopolitas cidades a maravilhosas praias ou até locais classificados como Património da UNESCO. É com muito entusiasmo que recebemos os passageiros do MSC Orchestra, vindos de todo o mundo, para que possam experienciar as maravilhas da Ásia.”
Antonio Paradiso, concluiu: “Queremos agradecer a todos os que participaram neste evento, e especialmente aos que vieram de locais mais longínquos. Estamos profundamente gratos pela calorosa receção que a cidade nos proporcionou.”
No dia 20 de Fevereiro, o MSC Orchestra partiu do Dubai até Bombaim , na Índia, dando início à Grand Voyage inaugural da MSC Cruzeiros até à Austrália, passando por 13 portos de escala ao longo de 8 países e em 3 Continentes diferentes. Após deixar o porto de Bombaim, o MSC Orchestra fez escala em Cochim , antes de chegar mais a sul a Colombo , Sri Lanka, a 27 de Fevereiro.
De seguida o navio seguiu para Phuket , na Tailândia, Langkawi , Malásia, até chegar a Singapura , onde ficou uma noite, e de onde partiu para Benoa , em Bali, na Indonésia, a última escala do navio na Ásia, onde chegará a 8 de Março. Seguem-se quatro dias de navegação com destino a Cairns , na Austrália.
Durante a estadia na Austrália o MSC Orchestra realizará ainda escala inaugural em Brisbane , Brisbane , Sydney , Melbourne e Adelaide , antes de chegar a Freemantle , o seu destino final que tem Perth como porto de escala.
O encantador horizonte de Singapura foi o cenário escolhido para este evento realizado no MSC Orchestra. Cruzando variadas culturas, permitiu aos viajantes da MSC absorver os encantos desta cidade onde a história e modernidade andam de mãos dadas - uma característica única disponibilizada pela MSC Cruzeiros e pelas suas já antigas tradições marítimas de compromisso com a modernidade em todos os aspetos da experiência a bordo dos passageiros.
A Grand Voyage do MSC Orchestra, foi o primeiro cruzeiro da MSC que registou escalas na Ásia. A MSC Cruzeiros torna-se também na companhia de cruzeiros de referência para os Asiáticos que pretendem visitar o Mediterrâneo e o Golfo.
 
Nota:
Este evento contou ainda com a presença dos seguintes dignatários:
 

  • Sr.º. Iswaran, Segundo Ministro para os Assuntos Internos e Segundo Ministro para o Comércio e Indústria do Gabinete do Primeiro Ministro da República de Singapura;
  • Sua Excelência o Sr.º. Thomas Kupfer, Embaixador da Suíça na República de Singapura;  
  • Sua Excelência o Sr.º. Alfredo Alberto Aponte Spiegel, Embaixador do Panamá na República de Singapura;
  • Sua Excelência o Sr.º. Gianluca Rubagotti, Chargé d’Affaires ad interim, Embaixada de Itália, República de Singapura.
 
A MSC Cruzeiros foi constituída com a sua forma atual em 2004, em Genebra, e opera uma das frotas mais modernas de cruzeiros do mundo. Os seus 12 navios de última geração estão divididos em três classes (Fantasia, Musica e Lirica) e oferecem experiências inigualáveis com itinerários que viajam até aos destinos mais desejados do mundo.
A MSC Cruzeiros investiu €5,1 milhões para renovar e modernizar quatro dos seus navios já existentes (programa Renaissance ) bem como para construir até sete novos modernos e futuristas navios, divididos em dois protótipos de última geração, a serem entregues entre 2017 e 2022.
 
 
www.msccruzeiros.pt .

Siga-nos no Facebook em /msccruzeirosportugal.
 
 
Sobre a MSC Cruzeiros
 
A MSC Cruzeiros é líder mundial de mercado no Mediterrâneo, África do Sul e Brasil e navega durante todo o ano no Mediterrâneo. Oferece ainda uma vasta gama de itinerários sazonais no Norte da Europa, no Oceano Atlântico, Caraíbas e Antilhas Francesas, América do Sul, África do Sul, bem como no Dubai, Emirados Árabes Unidos e Omã.
 
A MSC Cruzeiros sente uma grande responsabilidade pelo ambiente do qual faz parte e foi a primeira companhia do mundo a receber o prémio “7 Golden Pearls” (7 Pérolas Douradas), atribuída pelo Bureau Veritas, em reconhecimento ao seu alto nível de gestão de qualidade e protecção ambiental. Em 2009 a MSC Cruzeiros estabeleceu uma duradoura parceria com a UNICEF destinada a apoiar vários programas de modo a assistir crianças por todo o mundo. Até aos dias de hoje, a MSC Cruzeiros angariou já 3 milhões de euros em donativos de passageiros.
 
A MSC Cruzeiros nasceu no Mediterrâneo e inspira-se nessa herança de modo a criar uma experiência única para os turistas de todo o mundo. A sua frota é composta por 12 modernos navios: MSC Preziosa ; MSC Divina ; MSC Splendida ; MSC Fantasia ; MSC Magnifica ; MSC Poesia ; MSC Orchestra ; MSC Musica ; MSC Sinfonia ; MSC Armonia ; MSC Opera e MSC Lirica .
 

Tags:

Sobre nós

Empresa de cruzeiros.

Subscrever

Media

Media