MSC Cruzeiros termina Programa Renaissance

A MSC Cruzeiros, companhia de cruzeiros líder de mercado na Europa, incluindo Portugal, América do Sul e África do Sul, anunciou hoje que terminou o seu programa Renaissance , no qual foram renovados os quatro navios da classe Lirica que irão liderar a aposta da companhia em novos mercados, bem como fortalecer a sua posição naqueles onde já é líder.
 
Gianni Onorato, CEO da MSC Cruises, afirmou hoje em conferência de imprensa, a bordo do MSC Lirica – último navio a completar o programa Renaissance – que o projecto reforçou os elementos que distinguem a experiência MSC Cruzeiros de uma forma tão singular: instalações e serviços adaptados para as famílias; ofertas gastronómicas requintadas e variadas; entretenimento espetacular a qualquer hora; uma ampla variedade de opções de relaxamento e bem-estar, e muito mais, concebido com um toque de charme e sabor mediterrânico.
 
Relativamente a alguns detalhes das inovações e melhorias a bordo, Gianni Onorato afirmou que grande parte do programa Renaissance foi realizado a pensar nas famílias , e é por isso que cada navio tem agora cinco clubes diferentes, para jovens passageiros até aos 17 anos de idade, nos quais dois deles foram concebidos e equipados pela Chicco® e pela LEGO ®, duas marcas infantis líderes no mercado.
 
As refeições foram tornadas ainda mais flexíveis , com uma alargada gama de menus e restaurantes, enquanto o buffet se encontra agora disponível 20 horas por dia permitindo aos passageiros realizar o cruzeiro ao seu próprio ritmo.
 
As ofertas de entretenimento foram igualmente alargadas e reforçadas, com um programa de 20 horas de actividades durante o dia e a noite, música e dança ao vivo, e ainda eventos temáticos numa série de espaços de entretenimento melhorados, incluindo o espectacular teatro.
 
Os serviços de beleza e bem-estar dos navios sofreram também um grande melhoramento, tendo sido acrescentadas mais suites para massagens ao Aurea Spa, banheiras de hidromassagem redesenhadas, e ainda um Médico no spa, para um serviço discreto e altamente personalizado.
 
No que respeita directamente ao MSC Lirica, Gianni Onorato afirmou que o navio foi completamente ajustado, considerando o seu posicionamento em Xangai, na China, em Maio de 2016, com uma série de características adaptadas aos consumidores chineses. Entre elas, está incluído o serviço de Embaixador de Cruzeiro , pioneiro no mundo, tripulação líder na indústria fluente em mandarim até 80% e ainda uma oferta gastronómica completamente nova, que abrange requintadas cozinhas Asiáticas e internacionais.
 
Ao finalizar a conferência de imprensa, Gianni Onorato afirmou: “O programa Renaissance é o primeiro pilar da segunda fase de crescimento da MSC Cruzeiros, enquanto a construção dos sete novos navios de próxima geração, entregues entre 2017 e 2022, será a segunda. O Renaissance proporcionou quatro navios melhorados de uma forma global, que servirão segmentos estratégicos do mercado mundial de cruzeiros mantendo as experiências e características, instalações e serviços base que caracterizam a MSC Cruzeiros hoje em dia.”
 
O programa Renaissance, que representa uma nova fronteira na engenharia marítima, foi imortalizado num novo livro fotográfico, que foi também hoje apresentado. Produzido pela editora italiana Gribaudo (Grupo Feltrinelli), "Renaissance" será possível ser adquirido a bordo dos quatro navios Renaissance e nas livrarias a nível mundial a partir do dia 26 de Novembro.
 
Posicionamento dos navios Renaissance
CHINA
 
MSC Lirica terá Xangai como homeport a partir de Maio de 2016 . O navio foi completamente adaptado para servir os consumidores Chineses, incluindo a introdução de um serviço de Embaixador de Cruzeiro , pioneiro e personalizado. Esta hospitalidade altamente treinada e os profissionais de turismo, irão garantir que os passageiros do MSC Lirica desfrutarão de todos os benefícios das muitas opções de relaxamento, descoberta e entretenimento disponíveis no navio.
 
CUBA
 
O MSC Opera terá Havana como homeport a partir de Dezembro de 2015 . A MSC Cruzeiros é a primeira e única companhia de cruzeiros mundial a disponibilizar viagens pelas Caraíbas com partida e chegada à icónica capital Cubana, onde os viajantes poderão passar dois dias e meio a desfrutar do melhor da famosa cozinha e cultura da ilha.
 
MEDITERRÂNEO OCIDENTAL
 
O MSC Armonia terá Génova como homeport, onde ficará a navegar uma série de itinerários pelo Mediterrâneo Ocidental. Este navio é ideal para todos e os mais variados portos do Mediterrâneo, incluindo alguns menos acessíveis aos navios maiores, como Ibiza e o Porto Mahon, em Menorca.
 
SUL DE ÁFRICA
 
MSC Sinfonia está já posicionado em Durban, liderando o domínio estabelecido pela MSC Cruzeiros no mercado de cruzeiros Sul Africano, onde disponibiliza cruzeiros maravilhosos para Moçambique, Namíbia, Ilhas Reunião e Maurícias. O MSC Sinfonia está agora melhor equipado do que nunca, para corresponder à crescente procura regional por cruzeiros para férias e ainda fornecer níveis de serviços líderes na indústria.

Sobre o Programa Renaissance
 
O investimento de €200 milhões no Programa Renaissance teve início em Agosto de 2014, marcando o primeiro passo no segundo plano de expansão de frota da companhia, avaliado em mais de €5 mil milhões. Em termos de capacidade, este programa adiciona 800 novos e elegantes camarotes – maioria deles com varanda – aumentando a capacidade da frota da MSC Cruzeiros para cerca de mais 2.000 passageiros. Este plano de investimento inclui também a construção de sete novos navios de próxima geração, divididos em dois protótipos de última geração, que serão entregues pela STX France e pela Fincantieri entre 2017 e 2022. Desde 2003, a MSC Cruzeiros cresceu mais de 800%, transportando 1.67 milhões de passageiros por ano. Além disso, a capacidade da frota deverá duplicar até 2022, quando 3.4 milhões de pessoas por ano optarão por realizar férias com a MSC Cruzeiros.

Tags:

Sobre nós

Empresa de cruzeiros.

Subscrever

Media

Media