Nestlé Portugal reduziu em 68% o volume de água utilizada nas suas operações

Linda-a-Velha, 22 de Março de 2017 - A Nestlé Portugal conseguiu, nos últimos cinco anos, reduzir em 68% a média de utilização de água (m 3 ) nas operações das suas três fábricas em território nacional: Porto, Avanca e Lagoa (Açores), nesta última conseguiu mesmo reduções da ordem dos 95%.

Este é o resultado do investimento de 6,5 milhões de euros em infraestruturas de ambiente que a Nestlé Portugal realizou nos últimos anos. Com este volume de investimentos, a Companhia economizou mais de 20% no consumo de água (por tonelada de produto terminado) em todas em fábricas do país, com destaque para a fábrica de leite em pó dos Açores, localizada na freguesia de Lagoa, na ilha de São Miguel, na qual, no decorrer destes cinco anos, eliminou por completo a utilização de água salgada, com a instalação do novo sistema de refrigeração, em funcionamento desde outubro de 2014.

Outro exemplo aplicado por esta fábrica de leite em pó é o projeto “Água da Vaca”, que consiste em aproveitar a água naturalmente presente no leite, retirada durante o processo de secagem para o fabrico de leite em pó, e que é posteriormente utilizada na alimentação das caldeiras e em limpezas intermédias, evitando a captação de água da rede. Neste processo a Nestlé foi pioneira em Portugal.

Como reforça Gonçalo Granado, Diretor de Comunicação da Nestlé Portugal, “Estes resultados são fruto dos esforços que temos realizado nesta área e da preocupação da Nestlé em relação ao uso sustentável dos recursos naturais, quer os necessários ao fabrico dos nossos produtos, quer os necessários à sua preparação em casa dos portugueses. Esta é mais uma forma de a Nestlé contribuir para um futuro mais saudável, ao mesmo tempo que, através dos seus produtos, contribui para a qualidade de vidas das famílias portuguesas”.

Tags:

Sobre nós

Companhia Mundial de Alimentação, Nutrição, Saúde e Bem-Estar.

Subscrever