NISSAN ANUNCIA RESULTADOS DE PRODUÇÃO, VENDAS E EXPORTAÇÕES PARA OUTUBRO DE 2014

- Vendas globais aumentaram 1,5% face ao período homólogo

- Com um crescimento de 14,3% a Europa foi o segundo mercado mais dinâmico, a seguir ao México (+23,5%) e na frente dos EUA (+13,3%)


A Nissan anunciou os seus resultados de produção, vendas e exportação de Outubro de 2014.
 

1. Produção

A produção global da Nissan diminuiu 0,7% em Outubro, comparativamente ao mesmo período do ano anterior, para 462.397 unidades.

A produção no Japão diminuiu 10,0%, comparativamente ao mesmo período do ano anterior, para 73.111 unidades, sobretudo devido à mudança da produção do Rogue e do Murano do Japão para os Estados Unidos.

A produção fora do Japão aumentou 1,3% comparativamente ao mesmo período do ano anterior, para 389.286 unidades, representando um recorde absoluto para o mês de Outubro.

Nos EUA, a produção aumentou 18,2%, comparativamente ao mesmo período do ano anterior, para 93.101 unidades, principalmente devido a um aumento da procura pelo Rogue, representando um recorde absoluto para um único mês.

No México, a produção aumentou 16,5%, comparativamente ao mesmo período do ano anterior, para 76.762 unidades, principalmente devido a um aumento da procura pelo Sentra, representando um recorde absoluto para um único mês.

No Reino Unido, a produção desceu 3,4%, comparativamente ao mesmo período do ano anterior, para 50.622 unidades.

Na Espanha, a produção diminuiu 14,9%, comparativamente ao mesmo período do ano anterior, para 9.710 unidades, principalmente devido à descontinuação das anteriores gerações da Nissan Primastar e da Renault Trafic, mas registou um aumento de produção do novo Pulsar.

Na China, a produção diminuiu 16,4%, comparativamente ao mesmo período do ano passado, para 98.816 unidades.

A produção noutras regiões aumentou 4,6%, comparativamente ao mesmo período do ano anterior, para 60.275 unidades.

 

2. Vendas

As vendas globais aumentaram 1,5%, comparativamente ao mesmo período do ano anterior, para 421.044 unidades, representando um recorde absoluto para o mês de Outubro.

Incluindo os mini-veículos, a Nissan vendeu 41.266 unidades no Japão, o que equivale a um decréscimo de 19,2% comparativamente ao mesmo período do ano anterior.

No Japão, o registo de veículos em Outubro diminuiu 18,3%, comparativamente ao mesmo período do ano anterior, para 27.778 unidades.

As vendas de mini-veículos no Japão diminuíram 21,0%, comparativamente ao mesmo período do ano anterior, para 13.488 unidades.

As vendas fora do Japão aumentaram 4,4% comparativamente ao mesmo período do ano anterior, para 379.778 unidades, representando um recorde absoluto de vendas para o mês de Outubro.

As vendas nos EUA aumentaram 13,3%, comparativamente ao mesmo período do ano anterior, para 103.117 unidades, representando um recorde absoluto de vendas para o mês de Outubro, principalmente devido a um aumento da procura dos modelos Sentra, Versa, Rogue e Altima.

No México, as vendas aumentaram 23,5%, comparativamente ao mesmo período do ano anterior, para 27.004 unidades, representando um recorde absoluto de vendas para o mês de Outubro, principalmente devido a uma forte procura pelo novo X-Trail e March. A Nissan é  a líder de vendas no México há 65 meses consecutivos.

Na Europa, as vendas aumentaram 14,3%, comparativamente ao mesmo período do ano anterior, para 62.318 unidades, principalmente devido a um aumento de vendas do novo X-Trail e do Almera, representando um recorde absoluto para o mês de Outubro.

Na China, o volume de vendas diminuiu 9,0%, comparativamente ao mesmo período do ano anterior, para 104.423 unidades.

As vendas noutras regiões aumentaram 0,4 %, comparativamente ao mesmo período do ano anterior, para 73.506 unidades.

 

3. Exportações do Japão

As exportações da Nissan em Outubro caíram 25,5%, comparativamente ao mesmo período do ano anterior, para 37.070 unidades.

Tags:

Subscrever