Amor, trevas e mistério nos cinemas a 22 de outubro com “Crimson Peak - A Colina Vermelha”

Quando o seu coração é ‘roubado’ pelo misterioso Sir Thomas Sharpe, a jovem escritora americana Edith Cushing segue-o para a sua mansão em Inglaterra, no topo de uma colina de argila vermelha, um lugar repleto de segredos e assombrações. É entre o amor e as trevas, o segredo e a loucura, que se encontra a verdade por detrás de Crimson Peak e é igualmente entre o romance e o terror que se descobre, já a partir de 22 de outubro, “Crimson Peak - A Colina Vermelha”.

Nascido da imaginação do realizador Guillermo del Toro, “Crimson Peak - A Colina Vermelha” é um romance gótico, onde o terror psicológico, o amor e a beleza se enlaçam para confrontar medos ancestrais, do mesmo modo que a verdade fílmica e o imaginário se misturam, criando uma insidiosa ambiguidade de perceções.

Com um elenco repleto de talentos, onde não faltam Tom Hiddleston ( Vingadores e Thor ), Jessica Chastain ( 00:30 Hora Negra ), Mia Wasikowska ( Alice no País das Maravilhas e A Paixão de Jane Eyre ) e Charlie Hunnam ( Batalha do Pacífico e série Sons of Anarchy ), “Crimson Peak - A Colina Vermelha” faz-nos recuar aos grandes romances góticos dos anos dourados de Hollywood, lembrando o ambiente e narrativa de grandes obras, como O Solar Dragonwyck ,   Rebeca , A Paixão de Jane Eyre  e  Grandes Esperanças , que acabaram por ficar guardados na ‘gaveta dos clássicos’.

“Na realidade, passaram cerca de 30 anos desde que alguém produziu um romance gótico desta dimensão e estou orgulhoso por trazer o género de volta ao grande ecrã” , releva Guillermo del Toro. E é no grande ecrã que o espectador vai descobrir esta que será uma das mais admiráveis obras do criador e produtor de “Hellboy” e “O Labirinto do Fauno”, “O Orfanato” ou “Mamã”, um filme de grande intensidade dramática e artística, com uma estética única, personagens ricos, desempenhos emotivos e uma narrativa oprimente, que se prolonga até ao último minuto.

Quando o terror se alimenta da beleza

" Crimson Peak foi pensado como um filme belo, não apenas na sua vertente estética mas também na sua camada mais profunda, em que as personagens se tornam consistentes pelos seus traços psicológicos interiores”, diz Guillermo del Toro.

A beleza é uma constante em todo o filme, nos seus ambientes, nos cenários e, como sublinha o realizador, no seu extraordinário guarda-roupa , “que é um dos elementos mais marcantes para a sua beleza pictórica”. Assinado por Kate Hawley, este é assumidamente um guarda-roupa que remete para uma estética teatral vitoriana - que tem mais de simbólico e onírico do que de real, se considerarmos a época em que se passa a ação: 1901.

Baseado num argumento escrito por Guillermo del Toro e pelo seu amigo Matthew Robbins, o filme tem banda sonora de Fernando Velázquez, montagem de Bernat Vilaplana e design de produção de Tom Sanders. A fotografia é assinada por Dan Laustsen (DFF) e pelo seu produtor executivo Jillian Share. Guillermo del Toro integra ainda a equipa de produtores, que junta vários elementos de “Batalha do Pacífico”, como Callum Greene, Thomas Tull e Jon Jashni, e o produtor executivo Jillian Share.
 
Sinopse

“A COLINA VERMELHA” conta a história da jovem aspirante a escritora Edith Cushing (Wasikowska), que vive com o seu pai, Sir Carter Cushing (Jim Beaver) em Búfalo, Nova Iorque, no início do século XX. Edith cresceu literalmente assombrada pela morte da sua mãe e amaldiçoada com o poder de comunicar com almas antigas, é confrontada com um misterioso aviso vindo do mundo dos mortos: “cuidado com Crimson Peak”.

Edith acaba por se encontrar dividida entre dois pretendentes rivais: por um lado, o amigo de infância e brilhante intelectual Dr. Alan McMichael (Hunnam), e por outro lado, o estrangeiro, irresistível e sedutor Thomas Sharpe (Hiddleston) por quem realmente se apaixona.

Quando o pai de Edith morre em misteriosas circunstâncias, Thomas leva-a para a sua luxuosa propriedade da família, numas remotas colinas inglesas; uma enorme mansão gótica, envolta em perigo e mistério, localizada sobre uma mina subterrânea, de onde a argila vermelha emerge para tingir de vermelho a neve branca. Na imponente mansão, vive também Lucille (Chastain), a dissimulada irmã de Thomas.

À medida que Edith se instala na sua nova vida, a casa ganha vida própria, assolando-a com visões, pesadelos e fantasmas. Mas, apesar de todas as aparições, o verdadeiro mostro da Colina Vermelha é feito de carne e osso…

Será que Edith irá decifrar as suas misteriosas visões antes que seja tarde de mais? Será que Thomas vai salvar a sua mulher ou opta por proteger a sua família? Quão longe estará disposto a ir Dr. McMichael pelo amor da sua vida? E o que vai acontecer a Lucille quando o seu negro passado enredar o seu presente? À medida que o amor se torna loucura e os pesados realidade, todos aqueles que pisam o vermelho desta colina acabam por ficar em perigo de vida. Será possível relevar a verdade sobre esta armadilha mortal ou o seu destino ficará selado para sempre?
Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=6ugihAcEyjw
 
Conteúdos do filme: https://nos-audiovisuais.box.com/s/if55ysqq8ia7227mbrjnw0jmd8bs0c2x

Tags:

Sobre nós

Grupo empresarial que oferece soluções fixas e móveis de última geração, de televisão, internet, voz e dados para todos os segmentos de mercado.

Subscrever